.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

A CASA MAIS ESTREITA

© João Menéres


ESTA É A CASA MAIS ESTREITA DO PORTO !

DURANTE TODA UMA VIDA, ESTA CASA
PASSOU DESPERCEBIDA AOS MILHARES QUE DIANTE DELA  PASSAVAM.
VERDADEIRAMENTE, SÓ COM A COLOCAÇÃO
DE UM PAINEL INFORMATIVO, ATÉ PAGAM O INGRESSO PARA A VISITAREM.

SITUA-SE COMO QUE ENCRAVADA ENTRE AS IGREJAS DOS CARMELITAS E DO CARMO E É CONHECIDA PELA CASA ESCONDIDA.
COMO O VATICANO NÃO ESTARIA DISPONÍVEL PARA  AUTORIZAR A CONSTRUÇÃO CONTÍGUA DAS IGREJAS DAS CARMELITAS E A DA ORDEM DO CARMO, FOI TOMADA A DECISÃO DESTA CONSTRUÇÃO QUE ASSIM AS SEPARAVA. 
CHEGOU A SERVIR DE RESIDÊNCIA PARA ALGUNS CAPELÕES OU ATÉ PARA RESIDÊNCIA DE UM OU OUTRO ARTISTA QUE VEIO A REALIZAR TRABALHOS DE DECORAÇÃO NA GRANDIOSA OBRA DA ORDEM TERCEIRA DO CARMO.
SERVIU TAMBÉM DE RESIDÊNCIA A UM ZELADOR E SACRISTÃO QUE AÍ VIVEU COM OS SEUS SETE FILHOS.
A SUA ESCADARIA É A QUE PERMITE O ACESSO À TORRE SINEIRA.
À HISTÓRIA DESTA ATÉ BEM POUCO TEMPO
IGNORADA CASA, AINDA SE PODE DIZER ALGO MAIS :
POR OCASIÃO DAS INVASÕES FRANCESAS DO PERÍODO DE 1807-1811, SERVIU PARA REUNIÕES  SECRETAS E IGUALMENTE NO PERÍODO DO LIBERALISMO ( 1824-1834 ).
MAS NÃO SE FICOU POR AQUI, POIS POUCO DEPOIS DA IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA, E DADA A PERSEGUIÇÃO À ORDENS RELIGIOSAS, VOLTARAM NELA A TER LUGAR OUTRAS REUNIÕES SECRETAS.

E ASSIM UMA TÃO ESTREITA CASA É CAPAZ DE CONTER TANTA HISTÓRIA !










34 comentários:

  1. Desconhecia completamente e como aprendo tanto contigo, pelo que digo obrigado João:)

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  2. FATYLY

    São todos vós que me motivam a aprender e a mostrar !

    Um beijo amigo, Fatyly.

    ResponderEliminar
  3. EDUARDO

    E não são muitos os portuenses que a conhecem !

    ResponderEliminar
  4. Sendo tão estreita, é compreensível o uso histórico que lhe deram. Mas, além dele, abrigou uma família numerosa e de certeza pobre que ali acatitou. Não terá sido fácil a vida em tal estreitura. Mas a pobreza é criativa, inventa subterfúgios que não lembram ao diabo:). Quem sabe se não foi para eles a melhor casa. Ou mesmo a única.
    Boa Semana.

    ResponderEliminar
  5. Desconhecia, grato por toda a informação, numa próxima oportunidade vou estar mais atento!
    Abraço

    Olhar d'Ouro - bLoG
    Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

    ResponderEliminar
  6. BEA

    Não consta que fossem assim tão pobres, Bea...
    Era e é estreita. Mas não pequena. Se um dia a visitares, a tua impressão logo muda, certamente.
    Além disso, nem todas as casas eram palácios ou solares.

    Um beijo e obrigado pela tua presença sempre muito aguardada.

    ResponderEliminar
  7. RUI PIRES

    Em Agosto não estarei no Porto.
    Mas noutra altura, terei o maior prazer em o acompanhar a este ou outros sítios !


    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  8. Desconhecia na totalidade!
    Estreito conhecimento o meu!!!!
    Bjnhs

    ResponderEliminar
  9. Tão interessante!
    Era bom se conseguisse umas fotos do interior. Gostava de ver. Não é possível?

    Beijinhos e folgo em saber que já está na recta final de recuperação! :))

    ResponderEliminar
  10. LUÍSA

    No caso da portagem, são muito poucas as pessoas cá do velho burgo que a conhecem e muito menos as que sabem alguma coisa sobre a sua história.
    Não confundas a estreiteza da casa com a vastidão dos teus múltiplos saberes !

    Um sorriso bem largo.

    ResponderEliminar
  11. ISABEL

    Se não for em Julho, será em Setembro !

    Muito obrigado pelas palavras amigas.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Vou-me juntar à Isabel... uma casa tão surpreendente... que adoraria vê-la por dentro!... :-)
    Folgo, em vê-lo por aqui, tão activo, João!... Que bom, constatar que estará a recuperar muito bem!... E que certamente, correu tudo lindamente!...
    Grata por esta formidável, e super interessante partilha... duma casa... onde aparentemente, o espaço não será problema... pelos vistos nem tudo o que parece, é... :-) e a casa não será assim tão pequena...
    Beijinhos, João! Votos de uma excelente semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  13. E continuação de uma boa recuperação!...
    Já não fui a tempo de acrescentar, em cima...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  14. E uma história muito interessante.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  15. ANA FREIRE ( I e II )

    Na verdade, da forma como me sinto, só posso concluir que a intervenção conheceu um tremendo êxito !
    Mas, sendo racional, só a opinião do cirurgião conta e essa só a ouvirei na 6ª de manhã quando me forem retirados os agrafes das virilha e os adesivos que sustentam os pensos.
    Mas estou certo que cirurgião e eu vamos coincidir : eu no prognóstico, ele no resultado !

    O que estou é a dormir não mais do que 4 horas...Deito-me sempre depois da uma ( esta última noite já passava das duas ) e acordo entre as 6 e as 7 e logo me levanto pois estou sem sono e assim sigo cedinho para a Net, o que me rende imenso.
    As capas dos jornais ( 3 são os desportivos ) ficam logo vistas e lidas as notícias que destacam
    ( se me interessar o assunto ).
    Depois, vou ver os blogues que sigo com mais frequência e logo deixo algum comentário.
    Ainda não falei dos emails que a todo o momento entram...
    Há os que interessam, há os que quero responder e ha os que não interessam e dos quais logo me liberto.
    Acabo por tomar o duche cerca das 9 e tomar o p.a. já depois das 9:30.
    Entretanto folhei o PÚBLICO que acabo a ver/ler sentado num maple, onde, aí sim, me volta o sono e adormeço cerca de uma hora ( o que me sabe muito bem ! ).
    Cerca do meio-dia lá vou à esplanada do café ( aqui em frente ) tomar o dito café cheio.
    Tomar e vir logo para o computador até chegar a hora do almoço (depois das 13:30 ).
    Está feito o relato do dia a dia das minhas manhãs, Ana!
    Tardes ( se não tiver que sair ) e noites uso as horas maioritariamente no computador.
    E Fotografia ?
    - Por hábito, aproveito saídas de carro para clicar para onde for.


    Um beijo ( bem merecido se me leste até aqui ! ).

    ResponderEliminar
  16. ELVIRA

    Se as paredes dessa casa falassem...

    Um beijo e obrigado.

    ResponderEliminar
  17. Que segredo tão bem guardado à vista de tanta gente !... Muito interessante... desvendado em pleno século XXI. Uma mais valia.
    Ah, sim, o turismo...
    Óptimo post !!!
    Bj e uma Boa Noite, João.

    ResponderEliminar
  18. Hoje é só para dizer que já estou de volta.
    Amanhã já haverá comentários.

    ResponderEliminar
  19. PEDRO COIMBRA

    E para o Mundial da Rússia fomos com exageradas cautelas.
    Regressámos com a certeza que podíamos ter ido muito mais além !
    O seleccionador, para além dos muitos conhecimentos que tem, precisa ser muito mais audaz !

    Bom regresso ao Oriente, Pedro,e então até amanhã !

    ResponderEliminar
  20. Preciso conhecer!
    Obrigada pela informação!!!

    ResponderEliminar
  21. Eu sou um dos milhares de ignorantes que já passou por aí centenas (se não mesmo milhares) de vezes, mas que nunca tinha reparado em semelhante coisa. Desconhecia por completo da sua existência. Quando for por esses lados, vou tentar "esfrinchar" um pouco para vê-la melhor.

    O formato que deu à fotografia está excelente. Está em perfeita harmonia com o motivo retratado.

    ResponderEliminar
  22. REMUS

    E se pagar o bilhetinho vai consolar-se de esfrinchar !

    Obrigado pelas palavras de apoio.

    ResponderEliminar
  23. É caso para se dizer que "as casas não se medem aos palmos" :) Uma singularidade que me faz lmbrar a aquela de Amsterdão que também só tem um metro e qualquer coisa de fachada.
    Esta nossa parece compensar em história o que lhe falta em largura...estou a ver que tenho que ir ao Porto, para também lhe descobrir estes segredos estreitinhos :)

    Concordo em absoluto com o Remus: este formato foi muito bem escolhido e permitiu dar a exata dimensão (ou falta dela) desta casa ali aconchegadinha entre paredes.

    ResponderEliminar
  24. L. REIS

    Tens que vir ao Porto, sim !
    Mas agora não te posso oferecer o que tinha na Boavista...mas sempre se arranja qualquer coisa, está descansada.
    Tens que te reformar, é o que é !
    ..mas quando o fiz, passei a não ter tempo para nada...

    Eu para estar bem aconchegadinho não escolhia granito...

    BJKa.

    ResponderEliminar
  25. João, de certeza que a casa não tem só um corredor? Como é que numa coisa tão "magrinha" é possivel caber uma caminha, uma mesita, uma cadeirita, etc.? :))

    Continuação das melhoras.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  26. GL

    E no coração não cabem grandes amores ?


    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  27. ... e será que se vai manter fiel ao histórico passado ... ou virar "hostel" ?! que será sem dúvida para pessoal com muito ginásio ...

    ResponderEliminar
  28. RASURAS

    Pertence à Igreja !
    Não corre o perigo de se tornar um AL !


    Ab.

    ResponderEliminar
  29. A curiosidade foi aguçada pela apresentação da casa e das vivências.
    Em próxima oportunidade não escapa a visita.
    Se couberam 7+2, não serei eu a ficar apertada no espaço, espero.

    Dida

    ResponderEliminar
  30. DIDA

    Ora aí está uma decisão muito acertada !

    Beijo amigo.

    ResponderEliminar
  31. Li tudinho!!!!
    Muito bom, saber, que está tudo a correr muito bem, João!
    Um beijinho grande... e apressado... nestes dias mais corridos e preenchidos... :-))
    Ana

    ResponderEliminar
  32. ANA FREIRE

    MUITO OBRIGADO !!!
    Realmente, sinto-me MUITO BEM !!!

    Beijo gratíssimo.

    ResponderEliminar