.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

JANELAS FLORIDAS

© João Menéres

25 comentários:

  1. e tão bonitinhas no seu friso esperançado de flores.

    ResponderEliminar
  2. Uma obra de arte!

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  3. Tão Lindas !
    E a sacada com suas belas espirais ?
    Lembra-me uma gôndola, não fossem elas, passeando por ali a graciosidade das janelas.
    Um conjunto de sonho num enquadramento perfeito.
    Beijinhos, João.:)

    ResponderEliminar
  4. Emparelhadas!
    Simetricamente posicionadas.
    O olhar?
    Aaahhhh! O olhar alinhou na beleza e trouxe-nos mais um registo de um foto incomum.
    Bjnhs de hoje

    ResponderEliminar
  5. Duas janelas, sempre duas novas oportunidades de contemplação, de sonhar, de renovar a fé.
    Lindas essas janelas, estão bem conservadas e engalanadas, prontas a servir esperança e alegria.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. João,
    Adorei estas janelas irmãs floridas. Deve ter uma bela fachada esta casa.

    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
  7. BEA

    Saliento a tua expressão : friso esperançado de flores.


    Um beijo florido, então.

    ResponderEliminar
  8. ATYLY

    Como agora já nemsabem fazer...

    Um beijo grato.

    ResponderEliminar
  9. MARIA MANUELA

    E não é que tens razão quanto às gôndolas ?
    Uma das mais bonitas desta cidade na minha opinião.

    Um beijo gratíssimo.

    ResponderEliminar
  10. LUÍSA

    Ha anos que andava para fotografar...
    Calhou ser finalmente agora.

    Um beijo amigo e agradecido.

    ResponderEliminar
  11. MARIA

    A esperança tem que se manter, porque ALEGRIAS hão-de vir !

    Um beijo e muito obrigado.

    ResponderEliminar
  12. ANA

    A moradia bem as merecia !

    Um beijo muito amigo e grato.

    ResponderEliminar
  13. EDUARDO

    Às vezes o equilíbrio é a salvação...

    ResponderEliminar
  14. É um belíssimo olhar ... daqueles que nos convidam à contemplação de tão interessante recanto!
    Bj

    ResponderEliminar
  15. GRACINHA

    Não duvides !

    Um beijo muito grato.

    ResponderEliminar
  16. ELVIRA

    Muito, mesmo !

    Um beijo amigo e obrigado.

    ResponderEliminar
  17. PEDRO COIMBRA

    É sem dúvida uma pérola !


    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. Belíssima janela, esta! Quanta sensibilidade imortalizada na pedra, no vidro, no todo que a materializam.

    Que saudades, João, em que o bom gosto, o requinte, o gosto pelo belo era transversal à vida, não se limitava, por exemplo, a carros topos de gama, a "trapos" de costureiros de renome.

    Obrigada, por este pedacinho de sonho que aqui deixas: é que é, também disso, que se trata.

    Beijinho, Amigo.

    ResponderEliminar
  19. GL

    Sabe tão bem receber um comentário assim, GL !...

    Fico feliz, muito feliz, por teres escrito o que me vai na alma.

    Um beijo muito amigo e mil vezes agradecido.

    ResponderEliminar
  20. São janelas com sobrancelhas, brincos e um repenicado bigode.
    :-D

    Pormenor bem visto e retratado, com um enquadramento bastante simétrico e com todas a linhas irrepreensíveis.

    ResponderEliminar
  21. REMUS

    Muito bem interpretado, sim senhor !
    O Salvador Dali nunca se lembrou de pintar umas janelas a la REMUS !


    Muito obrigado.

    ResponderEliminar
  22. São lindíssimas!
    Feliz de quem ali mora!

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar