.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

OS BOIS

© João Menéres



DEPOIS DO TRABALHO,
UM TANQUE ESPERA-OS
PARA SE DESSEDENTAREM.


30 comentários:

  1. BEA

    Pois é !
    Muito obrigado !

    Um beijo muito agradecido.

    ResponderEliminar
  2. Linda imagem, e um termo nunca usado no Brasil: Dessedentarem.

    ResponderEliminar
  3. EDUARDO

    Também aqui não é muito empregue...

    ResponderEliminar
  4. Cena que não é muito frequente nestes nossos dias. Adivinha-se que a junta mai'la condutora viriam duma jornada se lavoeira. Com a língua de fora!
    Avraço.

    ResponderEliminar
  5. AGOSTINHO

    Pois vinham.
    Isto é em Vilela, cá bem no NW.
    Um testemunho vivo em pleno Séc. XXI para os vindouros.

    Abraço grato.

    ResponderEliminar
  6. Também desconhecia essa palavra.

    Teu olhar de mestre!
    A foto é fantástica pela força que ela traduz! Brava e admirável gente!
    Beijo querido.

    ResponderEliminar
  7. LI

    A língua portuguesa é muito rica, querida Li.
    E os lusos são muito voluntariosos.
    Pouco mais temos...


    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  8. Minho que te vejo Minho
    de jugos e de bois
    De mulheres maravilhosamente rurais
    E de caminho estreitos calcados em pedra!

    Amo!

    ResponderEliminar
  9. LUÍSA

    E quando chiavam as rodas dos carros de bois ?
    Já não ouço essa " música " há muito !
    Se fosse agora, num vídeo até essa permanecia.


    Um beijo e muito obrigado.

    ResponderEliminar
  10. ... ainda se pode dizer " que se chamam os bois pelos nomes " ... um belo testemunho de ruralidade ...

    ResponderEliminar
  11. RASURAS

    E na vindimas os diálogos atrevidos entre homens e mulheres valem ouro !

    Um grato e amigo abraço.

    ResponderEliminar
  12. E bem merecem...
    O vigor desta mulher até parece encorajá-los a prosseguir...

    Lembra um quadro naturalista, de museu, esta ainda realidade tão bem retratada.
    Beijinho, João.

    ResponderEliminar
  13. MARIA MANUELA

    Uma mulher de armas, sem dúvida !
    Aquele boi ao funda cismou que me havia de estragar o clique !

    Obrigado, Maria Manuela, pelo elogio pictórico.

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  14. Lembro momentos semelhantes na minha juventude.
    Já nem o fontanário onde iam beber existe.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  15. PEDRO COIMBRA

    Também o bucólico sítio das lavadeiras do Rio Leça, eternizado pelo Agostinho Salgado em várias telas a óleo, deu lugar à doca nº 2 do porto de Leixões...

    Um abraço com amizade.

    ResponderEliminar
  16. Um olhar que com o tempo irá desaparecer ... por isso eternizá-lo em belo registo é uma excelente opção!!!bj

    ResponderEliminar
  17. GRACINHA

    A Kodak tinha como slogan :

    PARA MAIS TARDE RECORDAR.

    E cada vez mais se torna imperioso.


    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  18. Com esta fotografia, aprendi uma palavra nova: "DESSEDENTAREM". Não fazia ideia o que seria...
    :-D

    Uma bonita fotografia, cheia de ruralidade. Em perfeita harmonia com o desafio da próxima semana.

    ResponderEliminar
  19. UAU
    que foto espectacular!
    gostei muito
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  20. Há tanto tempo que não vejo uma junta de bois... Estas imagens fazem-me viajar ao passado.

    ResponderEliminar
  21. REMUS

    Então saiu-lhe o Euromilhões, porque aqui no Grifo ninguém aprende nada.

    *

    Devia ( tenho a certeza ! ) seguir a sua opinião, mas vou por outra...

    ResponderEliminar
  22. PIEDADE

    Já ganhei a semana com o teu grande elogio, Piedade !

    Fico-te muito grato, acredita.

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  23. Adivinha-se a vida dura desta gente, puxada a braços em caminhos de pedra entre os dias que duram entre sol e sol deixando na mãos e na pele e no corpo a dureza de um cansaço que não tem fim. Mas, apesar de tudo isso, cresce uma inveja da simplicidade destes lugares onde tudo parece tão mais vivo, real e verdadeiro.

    Acho que a fotografia está fantástica e a força de expressão e postura da mulher merece bem o seu primeiro plano.

    ResponderEliminar
  24. L. REIS

    Tão árdua é a vida que demorei dois dias...

    Mas as pessoas vivem felizes, e isso é fundamental.

    BjKa.

    ResponderEliminar
  25. Uma foto muito interessante e que já não é muito fácil fazer, hoje em dia, pois não?

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  26. Excelente captura! Do lugar, das expressões... Pbs!

    ResponderEliminar
  27. ANA LÚCIA

    Só hoje dei conta que o teu comentário de 12 de Maio estava para trás !
    As minhas desculpas muito sinceras.
    Em Trás-os-Montes e no Minho ainda se veem...


    Um beijo gratíssimo.

    ResponderEliminar
  28. ISABEL

    Ainda é possível, sim !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  29. MARIA

    Cada palavra tua uma loa !

    MUITO OBRIGADO !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar