.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

MONSARAZ

© João Menéres



QUANDO O AZUL SE AUSENTA DO CÉU,
VAMOS À SUA PROCURA.
E SE ENCONTRARMOS UM CORAÇÃO
LOGO ACHAMOS O QUE BUSCÁVAMOS.

29 comentários:

  1. Uma aldeia linda. Do melhor que o Alentejo pode ter. Que visito às vezes por ter perto um desses corações.

    ResponderEliminar
  2. BEA

    Quando não havia a AE para o Algarve, fazia aqui muitas paragens.
    Um verdadeiro encanto !


    Um beijo e obrigado.

    ResponderEliminar
  3. E neste recanto português encontramos "algo" que é difícil encontrar em outros belos recessos!!!
    Bj e gosto muito desse olhar

    ResponderEliminar
  4. GRACINHA

    Em lugares mais recônditos, ainda nos deparamos com tradições seculares...

    Um beijo amigo e bfs.

    ResponderEliminar
  5. FRANCISCO OLIVEIRA

    Idêntica opinião !


    Um abraço e bfs.

    ResponderEliminar
  6. Fotografia com a força do tempo.
    Quanto tempo! Quanta cal há ali capturada, camada a camada, de branco? Imaginem-se as cenas animadas, um filme (Fellini) que nos transportasse através da existência do local.
    E, com o tempo, o branco fez-se mais branco na presença do azul.
    Bom fim de semana, JM.

    ResponderEliminar
  7. AGOSTINHO

    E sabe que este slide data de Fevereiro de 1975 ?...
    Já umas quantas demãos se devem ter sobreposto...
    Ando à procura de motivos na arca do passado.

    Fellini : Não perdia uma película com as minhas queridas stars!

    Um bom abraço e obrigado.

    ResponderEliminar
  8. Já fui muito feliz em Monsaraz !

    Bela foto, vestida de branco com olho azul.
    E as típicas lanternas espreitando pelas esquinas a calçada deserta...
    Gostei muito ! E de recordar.
    Beijinhos João.:)

    ResponderEliminar
  9. MARIA MANUELA

    Só não é feliz em Monsaraz quem não pode ou não quer.
    Mas, como sabes, é de evitar os fins de semana, pois há muito turismo...
    E Monsaraz é para ser degustado com calma, sossego e paz de espírito.

    Fico muito satisfeito com o que dizes no teu comentário, Maria Manuela.

    Um beijo muito amigo.

    ResponderEliminar
  10. Gosto muito de Monsaraz. Há por lá sítios lindos.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. ELVIRA

    Tudo o que Monsaraz possui é uma beleza que nos preenche o espírito e invade o olhar.

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  12. A parte do Monsaraz, do azul, da procura... isso eu percebi. Mas agora a parte do coração, não faço ideia onde ele estará. E até nas pedras da calçada eu procurei. Mas se calhar até será um coração metafórico. Se calhar é o coração está dentro de nós.
    :-)

    E antes que me bata, repondo já aqui a pergunta que fez sobre onde tirei a minha fotografia "205 vs. 131", mas nunca pensei que o João não o descobrisse... A fotografia foi tirada na Praça de Parada Leitão, mesmo ao lado da antiga Faculdade de Ciências da UP.
    ;-)

    ResponderEliminar
  13. gosto de Monsarz
    gostei da foto
    bom fim de semana
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  14. REMUS

    Olhou para a calçada ?
    E para a chaminé ?
    Sei que é só meio coração, mas como estão à vista duas metades...

    *
    Vou reolhar o 22 e depois digo da minha justiça.

    ResponderEliminar
  15. PIEDADE

    Mas haverá alguém que não goste muito de Monsaraz ?

    Obrigado pelo comentário e desejo-te um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. REMUS

    Que mais ne atrapalhou foi ver aquela cúpula lá ao fundo !
    Sempre considerei que era de uma moradia e não da igreja...
    Ainda se se visse o Piolho...

    Muito obrigado pelo esclarecimento.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  17. E por vezes encontramos um par de corações :)
    Não conheço Monsaraz. Tanto ainda por ver em Portugal...
    Beijo querido.

    ResponderEliminar
  18. LI

    Eis como : olhar para a chaminé.

    Portugal é pequeno mas tem muito para ver !

    Um beijo, querida LI.

    ResponderEliminar
  19. Fico contente por o Remus ter respodido à tua pergunta, até já estava a ficar nervosa com a dúvida :):)
    Quanto a este recanto de Monsaraz, mostra bem o quão deliciosamente bela ela é. Um encanto para os olhos, para a alma e para os corações em busca de céu.

    ResponderEliminar
  20. ... bom Monsaraz é assim ... passa-se por lá ... fica-se por lá ... e volta-se lá ... mas de facto nunca a um fim-de-semana ...

    ResponderEliminar
  21. L.REIS

    Ando em falta com os agradecimentos !

    O céu é um lugar muito desejado, não é ?



    BjKa.

    ResponderEliminar
  22. RASURAS

    Só se fôr um fim de semana de inverno e mesmo assim é de recomendar que a visita seja durante a semana !


    Um abraço.

    ResponderEliminar
  23. Estou a aperceber-me que há imenso tempo não comentava...tenho andado muito, muito ocupada.

    Muito bonita esta foto:)

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  24. Uma imagem fantástica! E mais admirável... sabendo que a mesma foi feita em 1975...
    Provavelmente se se fosse lá fotografar, actualmente... haveria cabos e fios de toda a espécie... sempre a minha grande dificuldade, ao tentar retratar edifícios com alguma história...
    Uma vila lindíssima... que facilmente nos fica mesmo no coração!
    Adorei a imagem... e de descobrir o coração, que se vislumbra na decoração da chaminé!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  25. ISABEL

    Já tinha dado conta...
    Nemsempre é possível fazer só o que mais nos agrada ou que desejamos.

    Não te preocupes, pois sei que se não comentares é porque não podes.

    Um beijo grato.

    ResponderEliminar
  26. ANA FREIRE

    Era muito novo, Ana !
    Só ainda tinha 40 anos e bufava energia por todos os poros !!!
    Ainda hoje sou muito romântico e, talvez por isso, não fique alheio a corações...

    Um beijo muito amigo.

    ResponderEliminar