.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

VIAGEM 2017

© João Menéres



VISTA PARCIAL DA 
PONTE DA MULHER,
DE SANTIAGO CALATRAVA.
FOI INAUGURADA EM 2001.

18 comentários:

Rasuras do Aparo disse...

... de um elegância arquitectónica fabulosa ... quase feminina ... fazendo juz ao nome ...

João Menéres disse...

RASURAS

A arquitectura do Calatrava é mais ao meu gosto, talvez devido às curvas insinuantes !
E mais não digo para o Siza não se chatear comigo !...

Um abraço amigo, como sempre.

Elvira Carvalho disse...

Original esse golpe de asa. Será que a mulher era um anjo?
Abraço

João Menéres disse...

ELVIRA

Como está representar a figura de uma dançarina do tango, fica a eterna dúvida...


Um beijo amigo.

bea disse...

Parece tão frágil e desprotegida, quase sem guardas... o nome estará a fazer pendant. Na verdade ela dança sobre a água.

João Menéres disse...

BEA

É na realidade a sensação transmitida : a sua leveza.
Tal como o cavalheiro conduz a parceira num tango.

A própria ponte não se levanta para deixar passar as embarcações : é rotativa, e até nisso me fez lembrar um movimento que eu dava quando dançava bem o tango. Foi um passo que nunca vi ninguém fazer.

Um beijo amigo e agradecido.

Pedro Coimbra disse...

Tudo o que sai da imaginação de Santiago Calatrava é simplesmente espectacular.
Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA


Ao contrário da opinião do Siza, admiro imenso tudo o que o Calatrava projecta !


Um abraço.

Remus disse...

Tanto a arquitectura da ponte como do edifício que aparece ao fundo são bastantes arrojados. Enquanto que a ponte é num estilo mais curvo, até diria mais feminino, o edifício é claramente mais recto e mais masculino. Para mim é uma boa surpresa de Buenos Aires.

João Menéres disse...

REMUS

O edifício é muito ERECTO.
Tem toda a razão !
Coitada ( ? ) da frágil ponte...

Um abraço grato.

L.Reis disse...

Pois ...só podia ser uma ponte feminina: elegante, carismática e surpreendente :):)
Gosto do Calatrava!
Gosto desta composição a permitir que a ponte se atravesse (diagonal, uma vez mais) contra o espelhado do edifício.

João Menéres disse...

L. REIS

Com mais este teu comentário começa o convento a não perder a sua honra !
E na portagem do ainda dia de hoje ( 23 ), já não posso dizer o mesmo...

Quando estava a fotografar esta peça, pensei : Com esta a L. não a estragalhaçava !...

Obrigado pelas palavras que tanto significam para mim.

BjKa.

Maria Manuela disse...


Grande Ponte, simbólica e arquitectónicamente !!!

Grande Calatrava !

Grande Foto !!

Beijinho e Bom Sábado.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

E ao olhar é tão leve, Maria Manuela...
É uma das muitas razões que o Santiago Calatrava é um dos meus arquitectos favoritos.


Um beijo muito amigo e grato.

DiDa disse...

Passa homem também? Passa carro? Cachorro?
- Só mulher? :-)
Uauuuu
Quero ser ponte que nem essa. Todinha para mim.
Beijinhos João

João Menéres disse...

DIDA

Só peatones !
Mas se quiseres, dou-ta.
Mesmo só para ti !!!
...mas tens que dançar um tango comigo !


Um beijo amigo e obrigado.

DiDa disse...

Um tango eu?
ahahahah
Adorava.
É muito sensual, ousada e uma tentação.
O João é que não acharia graça. Sou uma desgraça.
Se prometer ensinar.
Prometo que me empenho.
Beijinhos

Ana Freire disse...

Uma cidade, que surpreende em cada enquadramento, com os seus monumentos, pontes e edifícios... e os seus contrastes de estilos... mas sempre num mix harmonioso!
Mais uma fantástica imagem, que adorei apreciar!
Beijinhos
Ana