.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

À FEIÇÃO DE REFLEXOS ( Versão 2 )

© João Menéres

( QUEM DESEJAR VER TODOS OS PORMENORES, PODE CLICAR )


COMO SABEM ( OS QUE SABEM...),
ONTEM EDITEI ESTA IMAGEM,
MAS TINHA ALGUMAS DÚVIDAS :
DEVIA OU NÃO OPTAR POR 
ESTE ENQUADRAMENTO ?

AGRADEÇO QUE SE PRONUNCIEM !


25 comentários:

GL disse...

Sem dúvida, opto pela anterior!
As nuances de cor são muito mais ricas, uma vez que não se cingem quase exclusivamente ao vermelho. O "dourado" que o antecede, realça-o.
Beijinho.

P.S. Ai, ai! Nâo te esqueças que uma super leiga.:))

ana disse...

João,
Também gosto mais da anterior mas este enquadramento é igualmente bonito.
Beijinho. :))

ana disse...

João,
O anterior fez-me lembrar a tela de Claude Monet, Impressão do Sol Nascente que marcou o início do impressionismo.
Beijinho. :))

Remus disse...

Pessoalmente prefiro a versão anterior.
Acho que os "topos" mais escuros, como aparece na anterior, harmonizam a fotografia.

Luísa disse...

Prefiro o primeiro pela surpresa, pela cor proeminente.
Prefiro o primeiro porque dele soube falar, tal discurso cardíaco que pulsa e bate ao vir te visitar!
Posso pelo primeiro me ficar?

Beijinhos mil, senhor das mil e uma belas imagens!

Maria Manuela disse...

Entre o gostar muito, João, e o gostar menos, o meu voto vai para o da anterior...
E porquê ?
Gosto de ver o vermelho entre o cor de terra seca, fracturada e o azul profundo que poderia ser do mar.
Até me lembra, não "uma pedrada no charco"... mas um grito enorme, entre espumas, alertando os ouvidos da Terra...
E parece-me ver nela maior equilíbrio de proporções, mas ambos os enquadramentos apresentam duas belas imagens.
Um beijinho e uma boa noite.

Questiuncas disse...

Fartei-me de olhar para as duas fotografias, se ficar pitosga a culpa é do João.
Acho que gosto mais da primeira, gosto de ver o vermelho mais ao centro.

João Menéres disse...

GL

Obrigado pela tua valiosa opinião .
Durante esta tarde, vi e revi.
Estou de acordo contigo.

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

ANA

Já agora, entre "REGATAS EM ARGENTEUIL" e o "PARLAMENTO TRESPASSADO PELO SOL " ou mesmo o "CRESPÚSCULO EM VENEZA", continua a lembrar-te o "NASCER DO SOL" ?

Ainda não recebi nada via W. T.


Um beijo, querida Amiga.

João Menéres disse...

REMUS

Dou-lhe total razão !
Agradeço a ajuda preciosa da sua opinião.


Grande abraço.

João Menéres disse...

LUÍSA

Claro que podes ficar-te pelo anterior !

Que bom saber o primeiro porque dele soube falar, tal discurso cardíaco que pulsa e bate ao vir te visitar!

Um beijo de AMIGO.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Importas-te de ler o que escrevi à ANA ?
Penso que terás possibilidade de ver as telas em causa...

Um beijo muito grato.

Li Ferreira Nhan disse...

O primeiro, sem o recorte. A composição fica mais harmoniosa.
Beijo querido!

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Espero que não fique com nenhuma moléstia nos olhos !

Também estoamos de acordo em relação à de ontem !

Obrigado e um abraço.

João Menéres disse...

LI

Eu sabia que ias pela versão original !
Porque raio de coincidência fui logo incluir aqueles tons terrosos ???

Li, minha querida, deixo-te um beijo e o meu agradecimento.

L.Reis disse...

….pois eu não sei…gosto da primeira por teres aproveitado as diferentes nuances da cor da água, e gosto desta por descentrar a mancha vermelha e nos dar um primeito plano de limpo azul.Optando por esta teria, talvez, escolhido o formato vertical.

Rasuras do Aparo disse...

... neste a ondulação de uma visa em azul tendo sempre por perto o vermelho da paixão ...
( gosto mais deste é tudo mais intenso )

João Menéres disse...

L. REIS

E a minha vontade era encostar a mancha vermelha aolado direito...
MAS, NÃO !
Já viste o que se ia perder dos arabescos que estão aqui à nossa direita ?
Na vertical ?
Vou experimentar...


Um beijo muitísssimo grato.

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Finalmente um SEGUIDOR a dar a sua opinião divergente !...

Nesta, o trio cromático está mais concentrado, de facto.
Mas nós não temos tendência para uma busca permanente ?


Um abraço e obrigado.

Rute disse...

Na minha modesta opinião de leiga, a anterior versão é mais harmoniosa e enche-me mais o olho.

1 beijo

Maria Manuela disse...

João, de entre os títulos que sugeriu à Ana e me disse que lesse, tenho uma simples reprodução de um, há vários anos... Um encanto!

Se ocultássemos, por um instante, os veleiros tão luminosos e seus reflexos de "REGATAS DE ARGENTEUIL"... e aquela parte do rio... e ainda as duas casas, com seus telhados vermelhos... obteríamos "grosso modo" a 1ª versão de "À FEIÇÂO DE REFLEXOS"!...
Ou não ?

Um beijinho e uma boa noite

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Pessoalmente, já sabes, que concordo inteiramente !
Referia-me como é óbvio, apenas à parte dos reflexos que se situam na parte direita.

Obrigado por teres tido a amizade e o interesse em ir analisar !

Um beijo muito amigo.

Selena Sartorelo disse...

Toda cor tem seu significado, não adianta, não queria não dizer, não saberia. Prefiro pensar assim. O azul sobriedade da própria e tão normal loucura. Vermelho que revela dor, amor e uma angústia que não sacia. Nada diz mais que aquilo que sente...mesmo quando mente.
Cores..focos, quadros desavisados que chegam e revelam tudo aquilo que cega.

Selena Sartorelo disse...

Ouço a mesma música mul vezes. Vejo a mesma imagem um pouco mais em silêncio.

Selena Sartorelo disse...

Ouço a mesma música mul vezes. Vejo a mesma imagem um pouco mais em silêncio.