.

terça-feira, 14 de setembro de 2021

E A BANDA A PASSAR...

 © João Menéres



ERA UM SÁBADO SOALHEIRO.
ESTAVA EM LISBOA E ALMOÇAVA
QUALQUER COISA NA R. DE BELÉM,
NUMA PEQUENA ESPLANADA.
COMECEI A OUVIR OS SONS
DE UMA BANDA MUSICAL.
LEVANTEI-ME DA MESA
E SÓ TIVE TEMPO DE DISPARAR.

15 comentários:

  1. É o que se poderia chamar (duplamente) um brilhante (à custa dos metais) instantâneo!
    Bom dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só foi pena passarem demasiado perto de mim...

      Abraço grato.

      Eliminar
  2. Excelente e sorte a tua apanhares algo que gosto tanto e que há muito não passam por aqui.
    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu lamento que o poder local não promova concertos nos coretos por esse Portugal fora...

      Obrigado com beijocas retribuidas.

      Eliminar
  3. ... eles sabiam que estava a almoçar por aqueles lados ... eles sabiam ...e queriam ficar na fotografia ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem os informou ?
      Na verdade - ainda no hotel -pensei comer qq coisa justamente na R. de Belém !
      Mas quem anda a espiar os meus pensamentos ???
      Por acaso desta vez levei comigo a Canon G16 ( cabe no bolso e não pesa ).
      Abraço amigo e grato.

      Eliminar
  4. "Estava à toa na vida
    O meu amor me chamou
    Pra ver a banda passar
    Cantando coisas de amor"
    :):)
    Lá ficou o arroz de marisco a meio...mas valeu a pena. E olha que eles têm os seus metais muito bem limpinhos, sim senhora!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A banda era muito bem vinda na véspera e mais um pouco para ocidente...

      O que fica a meio tem continuação, Lina.
      😍

      Eliminar
  5. Que surpresa !
    Estou a ver que agora é preciso ir à capital pra ver-se a banda passar...
    Já tinha saudades, mesmo sem ouvir... mas não de muito perto, claro.
    E vão bem empenhados estes trompistas, um ou outro, jovens.
    Um bom e oportuno click, João !
    Beijinhos.:)

    ResponderEliminar
  6. Maria Manuela :
    E em nenhuma campanha das campanhas autárquicas ouvi falar de dar vida aos coretos do nosso país...
    Só casas, mobilidade e toda essa lenga-lenga popularucha...

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  7. Nunca gostei de bandas filarmónicas.
    Feitios...

    ResponderEliminar
  8. Nos dias de hoje, com este texto, é preciso ter muito cuidado.
    É que sair da mesa e começar a disparar, pode dar azo a más interpretações.
    :-D

    Infelizmente em Portugal, muita gente não dá valor ao trabalho e ao mérito das bandas de música. NA maior parte das vezes são elas as únicas que ensinam música às pessoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vejo onde o texto possa colocar em perigo a minha integridade...

      " MUITA GENTE " ?
      - Conhece alguma autarquia que apoie uma banda musical ?

      Algumas corporações de bombeiros e também outras tantas forças militares.
      Um abraço.

      Eliminar
  9. Um momento inesperado... que não deixou de ficar muito bem apanhado!
    A saída da banda, daqui dos bombeiros da vila, era bastante regular, em determinados eventos... começou a pandemia... nunca mais ninguém os ouviu... Acho que a ultima banda que ouvi, foi mesmo nas Festas da Ericeira em 2019, por altura das minhas últimas férias, por lá...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana, com saúde, para si e todos os seus!
    Ana

    ResponderEliminar