.

quarta-feira, 15 de maio de 2019

QUEM JÁ LÁ ESTEVE...

© João Menéres


...SABE ONDE É !


O PRIMEIRO A DIZER O NOME EXACTO
TEM DIREITO A UM MIMO !

11 comentários:

  1. Nunca lá fui, mas penso que se trata de Railay Beach na Tailândia.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Tenho a certeza que é o paraíso. Pena não me ter cruzado com ele.
    Duas vezes penalizada. 🤔

    ResponderEliminar
  3. Tenho a absoluta certeza de que nunca vi essas rochas ao vivo e a cores, não pisei essa areia, nem provei a água de mar tão oferecido a barcos.
    Por mim, será em qualquer lugar, mas, pela vegetação que se distribui na encosta rochosa, não me parece Portugal.

    ResponderEliminar
  4. A única certeza que tenho é que se trata de uma praia cheia de barcos.

    ResponderEliminar
  5. Sei apenas que não conheço e que a onda "desafio do grifoplanante" era uma onda simpaticamebte acolhida por todos.
    Vais voltar à Tunísia?????

    ResponderEliminar
  6. Krabi, Tailândia.
    Andei ali a remar com a minha mulher, até encontrar uma enseada para fazer um piquenique, muito recentemente.

    ResponderEliminar
  7. AGRADEÇO AOS QUE CORRESPONDERAM A ESTE DESAFIO.
    A ELVIRA CARVALHO FOI LOGO A PRIMEIRA E BEM CERTEIRA !
    AGORA, DURANTE O DIA, VOU DIALOGAR COM ELA PARA ACERTAR EU NO MIMO PROMETIDO.

    ResponderEliminar
  8. Como numa lá fui, nunca iria acertar.
    :-D

    Mas se estes barcos forem todos para turista andar, então a zona já está empestada de turistas. É como no rio Douro no Porto. Com tanto barco que anda por lá, qualquer dia já nem conseguimos ver a água do rio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ELVIRA nunca lá foi e ACERTOU ( e logo às primeiras horas da manhã !...).

      São barcos de pescadores e para a...PESCA.

      Eliminar
  9. ... não sabia ... mas de balanço entre a beleza do lugar ... enquadramento dos barcos está fantástico ... agora o seu numero ser exponencial ao transporte de turistas torna a coisa ruidosa ...

    ResponderEliminar
  10. Essencialmente, pesca !
    Não há poluição sonora.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar