.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

MONSARAZ

© João Menéres




UMA DAS MAIS BELAS VILAS PORTUGUESAS.
ALIÁS, FOI RECENTEMENTE ELEITA
COMO A MAIS BELA ALDEIA / MONUMENTO.

18 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Sem dúvida Adoro Monsaraz. Tanto que até já a pintei em tela.
Um abraço e bom fim de semana


R: Não é Arrábida

João Menéres disse...

ELVIRA

Monsaraz e Marvão são a minha perdição.
E Leça da Palmeira de há 60 anos atrás !

Um beijo grato.

✿ chica disse...

Beleza de foto e deve mesmo ser uma linda vila! abração,tudo de bom,chica

João Menéres disse...

CHICA

Obrigado por teres gostado, Chica !

E é mesmo !!!

Um beijo, amigo.

Jorge Pinheiro disse...

Muito bonita.

Maria Manuela disse...

Uma joiazinha ali na colina ao sol do Alentejo...
Gosto da foto. Do contraste luz/sombra, nesta perspectiva tomada, parece, do Castelo.
Beijinho e bom fim de semana.:)

bea disse...

É linda. No Natal nocturno, profusamente iluminada,parece barco ancorado na colina. Já tive o privilégio de vê-la assim. E também à soalheira.

Remus disse...

Muito bem retratada,
Na minha modesta opinião, acho que está uma fotografia irrepreensível.

Rasuras do Aparo disse...

... uma imagem fresca e bela de uma terra que geralmente é quente ... e que belos vinhos nos proporciona ...

JANE GATTI disse...

Linda foto! Uma paisagem de sonho a se descortinar. O contraste do claro/escuro dá mais vida ao casario. Gostei muito. Abraços, Bom final de semana.

Li Ferreira Nhan disse...

Mais uma jóia portuguesa.
Beijo querido

Eduardo P.L. disse...

Preciso ir conhecer

Luísa disse...

Uma pérola lusa.
Beijinho

jose jaime disse...

Bela foto. Uma imagem que é um convite a uma visita. Abraços.

L.Reis disse...

Não posso estar mais de acordo!
E, como se não bastasse toda a sua beleza, aqui a temos, numa perspectiva exemplar, de jóia incrustada na Terra.

© Piedade Araújo Sol disse...

Monsaraz! também acho!
a foto está boa
beijinhos
:)

Isabel disse...

Maravilha de foto!

Ana Freire disse...

Uma imagem espectacular!
Com um enquadramento perfeito... dissipando-se a moldura de pedra, nos efeitos das nuvens...
Beijinho
Ana