.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

LUA CHEIA ( 4 de Setº de 2017 )

© João Menéres




Lua Adversa

Tenho fases, como a lua. 
Fases de andar escondida, 
fases de vir para a rua... 
Perdição da minha vida! 
Perdição da vida minha! 
Tenho fases de ser tua, 
tenho outras de ser sozinha. 

Fases que vão e vêm, 
no secreto calendário 
que um astrólogo arbitrário 
inventou para meu uso. 

E roda a melancolia 
seu interminável fuso! 

Não me encontro com ninguém 
(tenho fases como a lua...) 
No dia de alguém ser meu 
não é dia de eu ser sua... 
E, quando chega esse dia, 
o outro desapareceu...

Cecília Meireles

ESTAREI A PENSAR ALTO ?A ALGUÉM QUE REGRESSOU DE FÉRIAS.




30 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

É o seu lado romântico a "funcionar"
Belíssimo luar e escolha poética maravilhosa!!!bj

João Menéres disse...

GRACINHA

Nem tenho tempo para puxar por essa veia dita poética...
A Cecília Meireles disso se encarregou.
Quanto à Lua, distraí-me um tanto com as horas...

Um beijo grato.

APS disse...

Acabam sempre por se encontrar afinidades, neste caso talvez por causa do signo (astrológico) comum aos dois, do Escorpião..:-)
Uma boa tarde!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Interessante publicação!
Abraço

João Menéres disse...

ARPOSE

Pois é...os escorpiões são danados !...
Elas ( não quer dizer que seja o teu caso ! ) são muito mandonas...

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

RUI PIRES

Refere-se à simbiose imagem/poema ?

Penso que é isso.

Um abraço e obrigado.

APS disse...

Não é que eu ligue excessivamente aos géneros, nem dê muita importância aos manuais sexuados da Porto Editora, mas acontece que sou do sexo masculino..:-)
Saudações,

Alberto Soares (Arpose)

João Menéres disse...

APS

Oh diabo de confusão que eu fiz !
Eu a mandar um beijo para um cavalheiro ???

Um abraço nesses costados.

Remus disse...

A outra fotografia, a "A CAMINHO" da semana passada, ficou mais bonita. Ficou com melhor detalhe e o controlo da luz também ficou melhor.

João Menéres disse...

REMUS

Uma foi feita de madrugada e esta ao anoitecer.
Está explicado ?

Um abraço e diga sempre coisas, por favor.

Ana Freire disse...

Finalmente conseguindo passar por aqui... para deixar a escrita em dia... após estas últimas semanas, que foram bastante ocupadas, e incertas... entre exames, análises, e consultas... mas finalmente, já está tudo de novo a entrar nos eixos...
Pois gostei imenso deste lado lunar... em imagem e palavras, proporcionando um conjunto bem coerente... Ainda não conhecia este poema de Cecília... pelo que foi uma agradável descoberta!
Gostei desta lua, bem iluminada... mas eu... sou sempre suspeita!
Beijinhos, João! Vou espreitar então, o que não tive ainda oportunidade de ver, ultimamente...
Boa semana! Esperando que tenha tido umas óptimas férias, e um bom regresso!
Ana

João Menéres disse...

ANA

Ainda bem que seleccionei esta LUA ADVERSA !...

Muito estimo saber que tudo se encaminha para o normal com a tua Mãe.

As minhas férias foram mesmo FÉRIAS !
Apenas fiz uma imagem em Pêra que me tinha sido encomendada.
Na espreguiçadeira da praia ( e quase sempre à sombra ) dormia de manhã e à tarde...
Uns mergulhos de quando em vez ( a água nos 24º para te fazer inveja ) para prosseguir o sono !
Ainda não consegui restabelecer o meu ritmo biológico !

Um beijp muito amigo e igualmente grato.

ana disse...

João,
Tão bonita esta lua que ontem, realmente, brilhava com intensidade.
Beijinhos :))

João Menéres disse...

ANA

E foi esse o problema agravado com o facto de ter deixado que a noite ficasse negra !

Um beijo e muito obrigado.

Victor Barão disse...

Bonito conjunto foto e texto poético.
Parabéns ao estimado amigo João Menéres e à sempre admirável Cecília Meireles
Excelente resto de semana

Pedro Coimbra disse...

Excelência.
No texto, na foto, no post.
Aquele abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

A imagem estão perfeita e o poema de suporte ficou muito em sintonia.
beijinhos
:)

João Menéres disse...

VICTOR BARÃO

Agradeço as suas palavras dirigidas a esta postagem.

Um abraço.

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Muito estimo que tanto tenha apreciado.

Um abraço destes ares lusitanos.

João Menéres disse...

PIEDADE

E quando uma artista e poeta o diz o meu ego voa !


Um beijo amigo e muito grato.

Isabel disse...

Belíssimo conjunto!

Beijinhos:)

João Menéres disse...

ISABEL

Só esta LUA ADVERSA podia acompanhar esta imagem, não achas ?

Um beijo amigo e obrigado.

Luísa disse...

União perfeita da lua com a cecilia.
Estás numa boa fase...

Rasuras do Aparo disse...

... ora aqui está um retrato perfeito em verso ... perante uma luminosidade que mostra a vista desarmada e em relevo ... toda uma forma de estar ... será que a Cecília Meireles a conhece ?! ... será !

Agostinho disse...

Cada um tem.
Tem o João como teve a Cecília.
Com os os demais, também.
Sem Lua como seria?

Vale sempre a espera.


Abraço.

João Menéres disse...

LUÍSA

Estou numa boa fase ?
- É das férias !
Interrupções são benéficas, minha querida Luísa.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Há alguns Poetas com quem muito me identifico.
Não me lembro de prestar atenção à lua no Brasil. Há tanta coisa por lá...
Mas a Cecília deve ter conhecido...

Um abraço amigo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Sem Lua não havia poemeto.
Uma noite de Lua Cheia é propícia a divagações.
E a Cecília deve ter passado muitas noites em branco !...

Um abraço grato e amigo.

L.Reis disse...

Se as chegadas fossem sempre assim...um momento de redondo luar, iluminado pela luz da saudade.

João Menéres disse...

L. REIS

Como deixei escapar esta tua , ontem à noite ?

Sim, se todas as chegadas fossem sempre assim, bem te queria sempre à chegada !