.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SERRALVES

© João Menéres

25 comentários:

  1. Excelentes linhas arquitetónicas. 1bj amigo

    ResponderEliminar
  2. CARIN

    BOM DIA !

    Muito te agradeço o teu amigo comentário.
    É um incentivo muito importante.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Eis o resultado de quando o arquitecto e o fotógrafo se dão as mãos e os sentires... e olham na mesma direcção...
    Uma categoria de fotografia !
    Beijinhos, João, e um Bom Dia.

    ResponderEliminar
  4. MARIA MANUELA

    Que elogioso comentário !!!

    MUITO OBRIGADO, Maria Manuela.

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  5. Visto assim à noite, tem de facto outro encanto. O pormenor da luz amarelada ali ao fundo, é como uma metáfora para um tesouro que reluz e que existirá escondido naquele sitio. Bem... Se calhar já estou a ver coisas a mais.
    :-D

    Bonito grafismo e tecnicamente não tenho uma ponta por onde possa dizer menos bem. Está tudo no ponto!

    ResponderEliminar
  6. REMUS

    Muito grato pelo seu PONTO DE VISTA !

    E agora que faço ???...

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Mestre João, esta sua fotografia é mesmo de Mestre! A composição está perfeita e ilustra bem o tipo arquitectónico do Edifício de Serrelves. Gostei muito :)

    P.S - tenho andado um pouco longe da net...mas prometo que vou aparecer mais vezes...:)

    1 beijinho

    ResponderEliminar
  8. Conheço o local e a harmonia de Siza mas a fotografia acrescenta-lhe a vertigem da profundidade.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  9. RUTE

    Muito obrigado pela tua bondade no julgamento desta imagem.
    Pois, o MdS é todo muito linear e "transparente".

    Também tenho falhado muito a visita a imensos blogs de muito interesse mas, no momento actual, não me é possível acompanhar e fazer tudo quanto deveria e gostaria.

    Um beijo amigo e grato.

    ResponderEliminar
  10. AGOSTINHO

    Fico imensamente feliz com o seu comentário !
    Acho que as dúvidas se esvanecem...

    Um abraço muito grato.

    ResponderEliminar
  11. Cheguei em linha reta!
    Beijinhos mil,
    Luísa

    ResponderEliminar
  12. LUÍSA

    É verdade...
    ...e como estava escuro nem piaste...

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  13. ... gosto de pensar que há sempre uma luz que brilha lá ao fundo ... penso que nem o próprio Siza perspectivou tal luminosidade ... um não finito tão luminoso como próprio olhar de quem vislumbrou por detrás da lente ...

    ResponderEliminar
  14. RASURAS

    O Siza pensa em tudo, meu caro...
    Eu é por instinto, se há alguma virtude.

    muito obrigado e um abraço.

    ResponderEliminar
  15. Em termos técnicos sou uma nulidade nesta arte, já no que respeita à estética, enfim, pelo menos digo aquilo que "vejo"/sinto. E o que é que sinto perante esta foto? Magia, magia pura. Mais do que aquilo que se vê de forma explicita, a luz que surge em fundo como que nos convida a descobrir novas realidades.
    Muito, muito bonita esta fotografia.
    É caso para dizer: "quem sabe, sabe", ou melhor, "quem sabe, sente".

    Beijinho, João.

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  17. Uma foto que além de bela é muito original.
    O contraste de luz, cor e geometria captou logo a minha atenção.

    Um beijinho e bom fim de semana amigo João

    ResponderEliminar


  18. Nem tudo corre mal neste dia, FÊ !
    O teu comentário gentilíssimo animou-me a alma !
    Por cada palavra por ti escrita, UM BEIJO GRATO.

    E também te agradeço e retribuo os votos de um HAPPY WEEK END.

    ResponderEliminar
  19. Uma perspectiva perfeita. O espaço, a luz e a foto: perfeito!

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  20. ISABEL

    Muito obrigado por sentires o mesmo do que eu, querida amiga.

    Um beijo.

    ResponderEliminar