.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

A PRAÇA DA RIBEIRA

© João Menéres



O RIO
A RIBEIRA
AS NUVENS
AS GAIVOTAS.

30 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Um local que eu e a família adoramos.
E Gaia, e as caves, ali ao pé.
Aquele abraço

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Só não mencionei as hordas de turistas por aqui não serem marcantes.

Obrigado e o abraço amigo.

Remus disse...

E sem barcos enormes a tapar a vista, o que hoje em dia já começa a ser raro acontecer.
:-|

E agora que olho para as aves que estão no céu, serão mesmo gaivotas?
Pela forma da silhueta, a mim parece que sejam garças. Mas posso estar errado. E agora para tirar as dúvidas, penso que só com um teste de ADN.
:-)

Momento bem fotografado.

Luísa disse...

E as cores quase nos fazem ouvir os sons da natureza...
Mil bjnhs outonais

L.Reis disse...

Pois não lhe falta nada...acho que a lista está completa! E apetece dizer que esta cidade se aninha sobre si própria num abraço entre céu e rio.

João Menéres disse...

REMUS

Eu estava mais atento a outros movimentos e as aves iam e, por conseguinte não lhes vi a "cara".
Mas como o REMUS é sabedor de muita ciência, não vou garantir que fossem gaivotas.
Como haverá dúvidas, tenho a certeza que não terei nenhum processo em cima por não apresentar a autorização por escrito de cada uma para aqui as mostrar ao mundo !

Obrigado pelo seu pertinente comentário.

João Menéres disse...

LUÍSA

Em compensação, atrás de mim estava um indivíduo com um rádio de som roufenho com uma música que
me enervava...
Não há bela sem senão !

Já sinto o frio a chegar. Isto depois de um Domingo quentíssimo e abafado ( mesmo junto à água ...).

Um beijo grato.

João Menéres disse...

L. REIS

Para não faltar nada mesmo, tinha que ter reflexos, não achas ?
Gostei muito desta tua definição :

E apetece dizer que esta cidade se aninha sobre si própria num abraço entre céu e rio.

Uma bjKa.

Maria Manuela disse...

Linda fotografia !
Todo o carisma e encanto... neste aglomerado colorido cheio de história...
Praça da Ribeira... Do fervilhar das gentes de antanho ligadas ao rio e ao mar...
Foi por ali que o coração do Porto começou a bater, não foi ?
E tudo rematado pela leveza de umas asas em inesperado (?) e belíssimo contraste.
Beijinhos.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

O teu comentário, como te é característico, perfeito e completo.
Por isso, to agradeço do fundo do meu coração que ainda não se esqueceu de quanto ao mar ( e até a este Douro ) esteve tão ligado.

Um beijo amigo.

myra disse...

meu amigao, agora vim te ver depos de tantos dias sem poder vir...nao estive mto bem...lindas - como sempre - tuas fotos!!!! descobriram que tenho agua no pulmao, e estou tomando um remedio que estraga outras coisas.... forte demais... espero que vai passar...parece que tenho anemia, etc.... por isto o meu cansancio, e o resto....amanha me tomam sangue,,,, velhice horrivel!
beijosssssssssssssssssssssssssss

Eduardo P.L. disse...

Cartão Postal.Lindo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso quarteto!
Resultando numa imagem que nos fica na retina!
Abraço

João Menéres disse...

MYRA

Verás que te retiram a água do pulmão e logo te sentirás rejuvenescida !
Tens que acreditar e para isso as forças são boa companhia.

Um beijo a agradecer-te estas notícias.

João Menéres disse...

EDUARDO

Muito obrigado !

João Menéres disse...

RUI PIRES

Agradeço o seu amigo comentário que muito me satisfaz.

Um abraço grato com amizade.

© Piedade Araújo Sol disse...

João

uma foto impecável, onde nada falta.

gostei!

beijinhos

:)

João Menéres disse...

PIEDADE

Muito te agradeço a apreciação.
Eu é que luto com a falta de tempo para os blogues !

Um beijo amigo.

bea disse...

Olho a foto - parabéns, está muito nítida e é bela - e parecem-me vidas sobre vidas, imbricadas umas nas outras. É assim que vejo a cascata sanjoanina que canta Rui Veloso.

João Menéres disse...

BEA

Para ser a cascata cantada, precisava de ter sido captada do tabuleiro superior da Ponte Luiz I...
Assim, fica só uma amostra feita com paciência.

Um beijo agradecido e amigo.

DiDa disse...

A foto tem um pouco de tudo e ainda nos tem a nós.
Nós os do Norte. E os outros todos, os que passam por aqui para ver esta beleza tão bem guardada e apresentada. E depois, os que passarão à procura deste pedaço de cidade a ser visitada.
Boa noite João,
Dida

João Menéres disse...

DIDA

E o meu acordar ainda foi melhor ao ler a simpatia do teu comentário !
Só o dia será cinzento e chuvoso...

Um beijo grato.

Jorge Pinheiro disse...

Excelente.

João Menéres disse...

JORGE

Obrigado !
Quando retoma a marcha ?

Os olhares da Gracinha! disse...

O olhar é lindo João!
Eu sei que a Foz do Douro é uma das freguesias!
A informação foi retirada da Internet e não a corrigi!
Obrigada e bj

João Menéres disse...

GRACINHA

Como vês, estou atento...

Um beijo e também agradeço.

Rasuras do Aparo disse...

... uma foto fresca e que olha para o o umbigo da cidade sendo coroada pelo que eu penso ser a Torre dos Clérigos ... ( o João corrigir-me-á se estiver enganado )

João Menéres disse...

RASURAS

S. Bento da Vitória à esquerda, logo a seguir a Cadeia da Relação ( actualmente Centro Português de Fotografia ) e ao cimo a altaneira Torre dos Clérigos, sim senhor !
À direita, a Igreja de S. Lourenço ( conhecida vulgarmente como Igreja dos Grilos ).
Ao centro e cá em baixo, a Pç. da Ribeira com o S, João do Cutileiro, à frente do qual e na margem esquerda do rio está este seu amigo.

Grande e grato abraço.

Ana Freire disse...

Espectacular... o efeito das nuvens... que parecem ter origem, naquela torre à direita...
Uma belíssima panorâmica do Porto... onde todos os elementos da imagem estão no sítio certo... até as aves esvoaçando... é impressionante!!!
Belíssimo trabalho fotográfico, João... com um apuradíssimo olhar!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

ANA

Um momento feliz, sem dúvida.
Duas ou três manhãs foi o preço desta, Maria.


Um beijo gratíssimo.