.

terça-feira, 31 de maio de 2016

O CALDEIRÃO

© João Menéres



Trata-se de uma lagoa formada no interior da cratera do vulcãoque deu origem à ilha, cratera essa que apresenta 3400 metros de perímetro. 

42 comentários:

bea disse...

Parece um campo de futebol gigante que meteu água:).

Eduardo P.L. disse...

Qual é o nome da ilha?

Jorge Pinheiro disse...

Uma maravilha. Sete Cidades?

João Menéres disse...

BEA

Há quem queira ver nos cabeços a representação das 9 ilhas do Arquipélago.
E realmente estas estão rodeadas de água !

Tentei bordejar a lagoa, mas o terreno é perigoso pois os pés enterravam-se a cada passo.

Um beijo e obrigado pelo comentáro e por seres a 1ª !

João Menéres disse...

EDUARDO

Como a etiqueta informa é a Ilha do Corvo, a mais pequena do Arquipélago.
De lá só se avista a Ilha das Flores.

João Menéres disse...

JORGE

Como disse ao Eduardo, trata-se da Ilha do Corvo.

Presépio no Canal disse...

Que linda!!
Uma fotografia que prende e prende o olhar...
Beijinhos, querido João!

Marco C. disse...

E aqui na mais pequena ilha açoriana já eu vivi um ano da minha vida :) Muito boa gente os Corvinos.

ana disse...

Linda foto. Nunca estive no Corvo mas adoro os Açores, principalmente o Pico e o Faial, onde estive algum tempo.
Beijinho. :))

Manu disse...

Uma foto de sonho. Inicialmente até pensei tratar-se de alguma lagoa em S. Miguel onde já estive, no Corvo nunca, mas avaliar pela foto a beleza das paisagens açorianas é sempre maravilhosa.
Beijos João

João Menéres disse...

SANDRA

A ilha é longe de tudo e muito pequena, mas muito gira.
O transporte que arranjei prá hora, foi uma motorizada com uma carreta atrelada onde fiz o percurso de ida e volta carregado com o meu material fotográfico completo.
O percurso é lindo !
Aqui, no sítio da caldeira, está quase sempre encoberto.
Meia hora depois um manto tapava tudo !
Há ligações aéreas com a Ilha do Faial e a das Flores e por via marítima ( quando o mar o permite ), entre as Flores e o Corvo ( foi a minha opção ).

A Ilha do Corvo tem cerca de 17km2, com o comprimento máximo de 6,5km e a largura máxima de 4km.

Um beijo deste tão tão isolado quanto maravilhoso terreno pátrio.


João Menéres disse...

MARCO

Essa é que eu não sabia, Marco !
E que fazia lá ?

Um abraço.

João Menéres disse...

ANA

Cada ilha oferece as suas próprias belezas e encantos.
Não tenho preferência por nenhuma ( mas talvez me incline mais para a de S. Miguel e para a do Faial...).

Um beijo amigo e obrigado.

João Menéres disse...

MANU

Qualquer das ilhas vale a pena !
Tudo depende também dos objectivos que se procuram.

Um beijo amigo, MANU e obrigado pelo comentário.

Isabel disse...

Uma foto fabulosa e acredito que talvez não tenha sido nada fácil de obter.
Portugal tem sempre coisas maravilhosas para se descobrirem. Não conheço os Açores.

Um beijinho e votos de boas melhoras:)

João Menéres disse...

ISABEL

Agora com tantas promoções é muito mais económico viajar para os Açores.
Sugiro S. Miguel, Pico, Terceira, S. Jorge e Faial.

Obrigado pelo comentário sempre tão delicado.

Um beijo amigo.

Marco C. disse...

Como professor, João. Leccionei lá durante um ano :)

Presépio no Canal disse...

Que aventura, a tua viagem por lá!
Nunca pensaste em escrever um livro sobre as tuas viagens? Imagino as histórias giras e aventurosas que poderias contar...:-)
Beijinho!

João Menéres disse...

MARCO

Muto obrigado por satisfazer a minha curiosidade !


Um abraço amigo.

João Menéres disse...

SANDRA

Na altura estava a executar um trabalho para as SRD e como tinha prazos a cumprir ( e não estavas disponível para me secretariares ), além do tempo nem sempre ser o que mais desejava e ter um guião a cumprir, à noite só queria era descanso.
Na Ilha Graciosa, a Presidente da Camara disponibilizou-me o seu motorista e a sua própria viatura ( na altura, uma station de caixa aberta.
Havia poucas ilhas com Rent-a-Car.
Em S. Jorge andei de táxi...e noutra manhã, para fotografar o canal e o Pico, tropecei e fiquei meio preso na vegetação. Lá me consegui soltar e levantar...
Dessa vez não me magoei ! ( creio que foi o único tombo que não deixou mazelas ! ).
Nunca te esqueças que não pretendo juntar duas especialidades tão díspares.
Descrever uma viagem ou uma cidade por palavras é arte tua !
Procuro, isso sim, fazê-lo através do que os meus olhos vêem e o coração sente utilizando uma camera.

Um beijo e obrigado, querida Sandra.

Episódios engraçados ?
- Ai houve, houve !...

Majo Dutra disse...

~~~
Cada uma com um encanto especial!

Em todas, caldeiras diferentes.

Estou a precisar para a minha próxima postagem

de duas belas fotos do Faial, sendo uma tirada a partir do Pico

e ainda, de uma boa foto do canal...

~ Queres colaborar?

~~~ Beijinhos. ~~~

João Menéres disse...

MAJO

~~~~~~

Em Santa Maria não vi nenhuma caldeira.
Mas há, não admira que me tenha escapado, pois cheguei de manhã e regressei a Ponta Delgada ao fim da tarde ( e no cockpit ! ).

Um beijo amigo, MAJO.

~~~~~

Maria Manuela disse...

Uma foto linda !
E o céu estava de feição, ali mesmo rentinho ao mar.
Belo enquadramento !
Parece-me avistar no caldeirão o dorso da Ilha de S. Miguel(grosso modo...) que é a única que conheço.
Gostei muito da imagem ! E acho que não devia ter sido nada fácil de concretizar...
Beijinho, desde Coimbra, esperando que hoje se sinta melhor que ontem, partindo do princípio que aquele "hoje" ainda se refere a 31...

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Não foi muito difícil, mas eu preferia ter descido um pedaço mais.

A forma das 9 ilhas estará essencialmente submersa.

Hoje senti-me muito melhor, sem dúvida alguma !
O hematoma junto ao peito do pé continua a drenar sem parar. O que é bom.

Um beijo e muito obrigado, Maria Manuela.

Fatyly disse...

Não conheço o Corvo mas pela foto bem que gostaria de conhecer:)

Beijocas e um bom dia

João Menéres disse...

FATYLY

É longe e talvez não apreciasses assim tanto.
O Caldeirão é raro estar despojado de nuvens.
A vila do Corvo tem uma pista para aterrar e é curiosa.
Se tiveres sorte com o tempo, e chegares de manhã, ao fim da tarde poderás regressar.


Um beijo muto amigo.

Eduardo P.L. disse...

João, vou passar a prestar atenção e ler as suas ETIQUETAS. Obrigado pela informação. Um dia ainda irei conhecer os Açores.

tulipa disse...


Olá João

quanta aprendizagem eu levo daqui:
A ilha é longe de tudo e muito pequena, mas muito gira.
O transporte que arranjei prá hora, foi uma motorizada com uma carreta atrelada onde fiz o percurso de ida e volta carregado com o meu material fotográfico completo.O percurso é lindo !
Aqui, no sítio da caldeira, está quase sempre encoberto.
Meia hora depois um manto tapava tudo !

Obrigado pela partilha.

AÇORES estão na minha lista de viagem próxima!

Em resposta ao que disse no outro dia:
TULIPA
Já fui ver o teu principal blogue, o ORIENTE x OCIDENTE .
Também queria saber o nome do hotel onde ficaste em Bangkoque, mas não cheguei lá....

aqui vão os links:
http://orientevsocidente.blogspot.pt/2012/06/shanghai-mansion-china-town-bangkok.html
http://orientevsocidente.blogspot.pt/2012/06/shanghai-mansion-bangkok.html
http://orientevsocidente.blogspot.pt/2012/06/experience-romance-of-old-shanghai.html

Espero que goste!

Quanto ao SELO DARDOS, aqui vai o link:
http://tempolivremundo.blogspot.pt/2016/04/premio-dardos.html

As melhoras
Beijinho.

Remus disse...

Mas... Mas... Mas... Mas quem é que no seu perfeito juízo pode gostar desta fotografia?

Mas será que alguém achará que esta paisagem é bonita?
Quem gostar disto, tem obrigatoriamente de gostar dos buracos nas estradas. O principio físico é basicamete é o mesmo...

Mas será que alguém achará que estas cores são bonitas?
Quem gostar destas cores, só pode ser sportinguista. É que nem pelas cores do céu escapa.

Mas será que alguém gosta da beleza da natureza?
Quem? Quem? Mas quem é que gosta desse cheiro a ar puro? Meter esse ar nos nossos pulmões é um autêntico veneno. Nós não estamos habituados a respirar ar com essa qualidade.

Eu claramente não gostei nada desta fotografia. Até vou fazer uma queixa à Google, para que ela retire a fotografia da Internet e quem sabe, também da lista telefónica.

E nem vale a pena dizer mais nada.
:-D :-D

João Menéres disse...

EDUARDO

As etiquetas existem para alguma coisa, né ?

João Menéres disse...

TULIPA

Realmente com centenas e centenas de hoteis em Bangkok, era uma coincidência termos estado no mesmo !
Fiquei no Shangri-La Hotel Bangkok.
Uma maravilha !

Obrigado por tudo e um beijo.

João Menéres disse...

REMUS

Para esclarecimento de quem possa eventualmente ter ficado na dúvida :

Esta imagem do Caldeirão não foi retirada do Google. É de minha autoria e tenho outras com pequenas diferenças !

Um abraço, mesmo não tendo gostado nada.

Remus disse...

LOL LOL

E acha que alguém liga ao que eu digo?
E acha que alguém acredita no que eu digo?
E acha que alguém não viu logo que estava a brincar?
E acha que ...
Bem nem digo mais nada, porque ainda me doí os dois cotovelos desde ontem, desde que vi esta fotografia. Por isso, continuo a não gostar nada dela...
:-D :-D :-D

João Menéres disse...

REMUS

Bem sei que quando diz que não gostou mesmo nada de uma fotografia, escreveu com os cotovelos...
Muito obrigado.

Ana Freire disse...

Uma imagem fabulosa... de uma paisagem majestosa!...
Pelo que a combinação de ambas, só poderia ter produzido, assim um resultado incrível!...
Mais uma panorâmica extraordinária! De enquadramento e tonalidades, simplesmente perfeitas, e que é um privilégio poder apreciar!...
Beijinhos! Bom fim de semana, João!
Melhoras!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Como fui de boleia, e por favor para cima, não tive oportunidade para subir a um ponto mais alto que ficava nas minhas costas.
Daí, a imagem teria outra expressão, mas não podia transtornar a vida do simpático corvense.
Agora, há vários carros nesta ilha, mas na altura, não havia nenhum...
Tive sorte, pois arranjei boleia e o céu estava como vês.

Um beijo todo em verde e azul.

Maria Gloria D'Amico disse...

A foto passa beleza e grandiosidade, com o céu a enfeitar.
Beijocas caro João.

JANE GATTI disse...

Meu amigo, é um prazer aos olhos admirar suas fotos. Lugares de sonho, mágicos, tão distantes desta nossa realidade cinzenta... Mas é também um prazer ler os comentários e as réplicas de Remus... Perceber as entrelinhas, o que está velado, por trás das palavras é muito divertido! Minha admiração aos dois excelentes fotógrafos. Abraços, João, bom domingo!

Rasuras do Aparo disse...

... é um verde que se entranha ... um azul que se respira e inspira ... um olhar que cria afeição ...

João Menéres disse...

MARIA GLORIA

Embora tenha lá estado pouco mais de meia hora, comungo o que escreves :

"beleza e grandiosidade, com o céu a enfeitar. "

Um beijo, amiga !

João Menéres disse...

JANE GATTI

Peço desculpa do atraso, mas tinham-me passado alguns comentário e o teu estava incluído.
Infelizmente o REMUS faz da sua pessoa um segredo de estado.
Muito me agradaria conhecê-lo, até porque nem 20km no separam geometricamente falando.

Obrigado pelo teu comentário revelador do teu interesse e da tua atenção.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Se se entranha !
Eu ia sendo engolido...

Gostei imenso do seu " um azul que se respira e inspira ... um olhar que cria afeição ... "

Grande abraço e até já...