.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

JANELAS


© João Menéres

POR QUAL ENTRA A LUZ DO LUAR ?
E A LUZ DO AMOR QUAL PREFERE ?

31 comentários:

bea disse...

Serão janelas, paisagem simétrica num bocadinho de parede. Ou quadros de duplo rebordo. O que for parece algo esquivo a qualquer luz.

Rasusras do Aparo disse...

... a luz do luar será sempre a preferida ... será aquela que permite o vislumbre do sorriso ... face á palavra inserida em meia frase, a tal que não seu deu por terminada mas cujo luar no seu doce olhar ... entrou devagarinho iluminado janelas finalizando argumentos ... é assim o luar ... quando encontra o amor ... e será assim o amor quando visitado pelo luar ...

Ana Freire disse...

Eu acho que pertencem àquela casa grande, mesmo ao lado da Capela da Nossa Senhora da Boa Viagem!... Sei que já passei por elas!...
A Ericeira é pródiga em portas e janelas muito bonitas!... Contudo as ligações inestéticas que lhes aplicam de luz e telecomunicações... inviabilizam uma grande maioria... é sempre este o problema, com que me deparo por lá!
Espero este ano, conseguir fotografar umas janelas lindíssimas, mesmo no centro da vila, em alguns edifícios que estavam em obras, para integrarem o complexo Villa Margarida...
A imagem está perfeita!!! Enquadramento irrepreensível!...
Beijinhos! Desejando já com alguma antecedência um bom fim de semana... pois amanhã estarei ausente da blogosfera... Exames de mãe, Parte 2... desta vez, a parte vascular... e lá se vai a maior parte da disponibilidade do meu dia...
Ana

Remus disse...

Por qual entra a luz do luar?
Por nenhuma... Porque elas têm cortinas e a luz do luar é perigosa para os ácaros.

E a luz do amor qual prefere?
O amor tem luz? Se calhar é por isso, que ao fim do mês algumas vezes as contas da electricidade são quase astronómicas.
:-)

Em relação às perguntas, é verdade que não sei responder.
Em relação às janelas, eu diria que uma é mais gorda que a outra. Não sendo isso sinal de defeito, mas sim de feitio.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, a foto é perfeita no enquadramento, pelas duas janelas entra a luz, depende da escolha para entrar o amor.
AG

Ana Freire disse...

Esqueci de acrescentar...
A luz do amor sempre entra... onde a deixam entrar...
Fuuuuuui... ainda um montão de vistas aos blogues, super atrasadas, hoje... e por isso já a mil...
Beijinhos a correr...

Ana Freire disse...

Vistas?... É visitas... Já perco letras e tudo...
Vou no ir...

Isabel disse...

Em perfeita simetria
Nas duas pode passar
A luz do Amor por uma
Na outra a luz do Luar...

(...e vice-versa!)


Bela fotografia:)

Um beijinho:)

Agostinho disse...

Num mar de azuleijo, de muito bom gosto (há por aí coisas horríveis), o exercício de simetria de um par de janelas.
Não sei se são fixas - vitrais?. O que sei é que a fotografia está perfeita, enquadramento e luz.

Abraço

Luísa disse...

Por ambas entra a luz do amor, ao luar!
Vês aquele veio de seiva da tulipa vidrada?
- É um pouco de alimento à vida, para lá da parede tão bem ornamentada!
Entra por ambas! Tenho a certeza!

Beijinhos mil, de hoje, meu bom amigo das mil e uma belas imagens!

João Menéres disse...


ESTOU COM SÉRIOS PROBLEMAS NO MEU COMPUTADOR !

Luísa disse...

Virus???????

Fatyly disse...

Desculpa a minha sinceridade mas não gosto nada deste tipo de janelas, desculpa...janelinhas.

A luz do Luar e do amor entram sempre que a humanidade quiser:) com janelinhas ou sem elas:)

Beijos e bom fim de semana

graça Alves disse...

Em adivinhas quase nunca acerto
Porém...Ao luar bastam janelas sem gente
e o amor quer alguém por perto
para ser ardente...

beijinho

Presépio no Canal disse...

Gosto muito do conjunto das janelas e dos azulejos. Nós temos prédios muito bonitos!
Beijinho grande! E boa sorte com o computador.

João Menéres disse...

Depois de ter estado sem o Mac ( Memórias RAM e teclado morto ) mais de 20 horas, aqui estou...
€ 176,46 + € 59,00 ( com IVA !...)
mas parece que estou que estou com o Mac novo !
Até o teclado tinha morrido...


Agradecerei os comentários logo que me seja possíve...

João Menéres disse...

BEA

Achei interessante por serem bem diferentes das habituais janelas.
Quanto ao subtítulo, foi para escrever qualquer coisa.
Saíu este, como podia ter saído outro...

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

RASURAS

Um comentário 5* !
Mais um a juntar a tantos outros seus e que só vem confirmar que o amor não tem medidas previamente estabelecidas nem se compra em hipermercados.

Um abraço, meu caro poeta.

João Menéres disse...

ANA

A esta hora já deves ter notícias da Parte 2.
Faço votos que tenham sido satisfatórias.

Este ano vou parar dois dias,mas não na Ericeira...
O ano passado foi uma desgraça com o raio do tempo...

Pois, os fios !
Tens toda a razão.
Não há a menor sensibilidade...

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

REMUS

Quem está por trás das janelas vê o luar ( se houver, é claro ).
E o amor nem precisa de entrar por nenhuma janela ( antigamente, talvez... ).
Quanto a uma ser mais gordita do que a outra, não há dúvida que o REMUS tem olho e...régua !

Um abraço grato.

João Menéres disse...

A G

Agradeço o comentário, mas devo dizer que não foi fácil.devido ao desnível.

Quanto a preferência do luar ou do amor...


Um abraço muito grato.

João Menéres disse...

ANA FREIRE ( I e II )

E mesmo a mil, voltaste !!!
Só te posso agradecer e muito !

Um beijo, minha AMIGA.

João Menéres disse...

ISABEL

São tão igualzinhas, como dizes, que uma questão de mm não fará delas osso difícil de roer na hora.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

As molduras devem ser muito posteriores à construção da casa...
Mas não estou certo...
Muito obrigado pela sua presença amiga.

Um abraço.

João Menéres disse...

LUÍSA

Se não estou errado, os vidros são pirogravados para melhor receberem uma e outro.
Também se usa em taças para brindar um amor à luz do luar...

Um beijo muito grande.

João Menéres disse...

LUÍSA

RESOLVIDO !

Duas memórias RAM de 2 GB cada e um teclado novo,
O outromorreu !
Só se descobriu que o teclado se tinha ido depois de vir da RH ter colocado 2 novas memórias e eu ao trazer o computador para casa ( ao fim da manhã ) já a funcionar lá fiz as ligações eestava tudo na mesma como quando o levei.
Às 14:30, voltei e levei o teclado e a pen drive mais o Bamboo Fun ( não trabalho com o rato ).
Então, verificou-se o óbito do teclado que de manhã não levara, obviamente.
Além de ter agora o Mac como novo ( cheio de capacidade ), tenho um novo teclado.
Tudo isto tinha 9 anos...
Não duram tanto tempo como as tartarugas !...

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

FATYLY

Não tens que pedir desculpa, minha amiga !
Janelas, como chapéus, há muitos !...

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

GRAÇA

Amor carece de retribuição, preferencialmente.
Caso contrário é uma dor que dá dos diabos.
Evocaste o VAZ DE CAMÕES...

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

SANDRA

Como já contei à LUÍSA ( aí em cima ) está resolvido !
Mas foram horas de desespero, acredita.
E eu não sei que na Holanda quase cada janela é um encanto ?...

Um beijo, querida Sandra.

Maria Manuela disse...

Com uma dupla moldura...parecendo frágil uma delas e bem forte a que a rodeia... são realmente invulgares e especiais...

E as gravuras, resguardadas na sombra do vidro... e apenas timbradas de luar... lembram-me lírios... que, dizem... ser flores do amor... e, como ele, têm asas...
Por ambas, entra a luz do luar...
E com ela... pode voar e brilhar a luz do amor...
...E o arquinho de lua sorri...

Beijinhos, João, e bom fim de semana :))

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Com que carinho dedicas o teu tempo a tecer tão lindas palavras...
Agradeço o conteúdo que só algumas sensibilidades têm o dom de possuir e compreender.
Valorizas tantas vezes as minhas imagens com os teus comentários, MARIA MANUELA...

Um beijo e também te desejo um bom fim de semana ( embora o sol não prometa ).