.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

ALBUM DE FAMÍLIA


© João Menéres



A ISABEL VAZ PEDIU 
E EU FOTOGRAFEI !

( A espessura das páginas tem um banho de ouro )

33 comentários:

Isabel disse...

Muito obrigada!
É ainda mais bonito do que imaginei. É lindíssimo! Uma preciosidade. Deve ser bem antigo e está muito estimado.

Lindo!
Muito obrigada por tê-lo mostrado :)
Um beijinho e um bom dia :)

João Menéres disse...

ISABEL

Foi um prazer, acredita !
Se não fosse o teu interesse, eu não teria muitas oportunidades para mostrar e também tinha vontade de apresentar o requinte com que antigamente se faziam as coisas.
Portanto, estou -te muito grato pela justificação deste post.

Um beijo e bom Agosto ( sigo amanhã e não hoje ).

Remus disse...

É um álbum de alto gabarito.
Mas esconda-o bem. Porque se a ministra das finanças e o excelentíssimo primeiro Coelho sabem que tem ouro, é bem capaz de lhe irem bater à porta e confisca-lo com a desculpa de ser do interesse nacional para ajudar a pagar a Troika-BPN-BES e afins.
;-)

João Menéres disse...

REMUS

Além do ouro, tem as do Biel !
Património cultural.
Impedem-me de o vender em Londres !
Estou lixado, sabe ?
É que se escondo, vão considerar que está num paraíso fiscal...

Um abraço e boas férias !

Isabel disse...

Então ainda bem que assim foi! Porque o álbum vale a pena ser visto e apreciado!

Desejo-lhe um bom descanso e umas boas férias :)

João Menéres disse...

ISABEL

Muito obrigado !

Um beijo mais.

Li Ferreira Nhan disse...

E há uma andirinha!!!!
Fantástico e precioso!
Beijo querido!

João Menéres disse...

LI

Não a tinha referido de propósito !...
Mas és muito sensível e não te escapou !

Um beijo, querida Li.

L.Reis disse...

A modernidade tem muita coisa boa e que dá imenso jeito, mas que lhe falta o requinte dos outros tempos, lá isso falta. Não consigo imaginar a minha drive externa a ser fotografada daqui a 100 anos e a ter este aspeto de extrema delicadeza e elegância. Enfim...

Ana Bailune disse...

Que coisa linda... queria ter um igual (inveja branca... rsrsrs...)
Um abraço, João.

Eduardo P.L. disse...

Um álbum para se ver por fora. Nada que se ponha no interior será tão belo e importante quanto seu exterior.

João Menéres disse...

L. REIS

O melhor é fotografares já ! Daqui a dez anos é uma relíquia !

Um beijo na tua direcção ( amanhã, atravesso o Tejo, mas mais para montante...).

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Fico bem contente por teres gostado dessa forma.

Um beijo antes de me despedir ( por uns dias, já que todos vós me fazem muito bem e sinto a vossa falta ! )

João Menéres disse...

EDUARDO

Se não fossem os meus antecessores, não havia album ...muito menos um determinado grifo !

Branca disse...

Belíssimo!

Beijos

Li Ferreira Nhan disse...

:) As andorinhas não me escapam; adoro!
Beijo querido!

ana disse...

João,
Realmente é muito mais bonito do que podemos imaginar.
Um tesouro de família a requerer uma estante que o suporte.

Confesso que também tinha uma curiosidade enorme.

Não tenho o marcador do Grifo Planante, tem a sua imagem de marca este belo muro com um olho?

Beijinho grato pela partilha. :))

João Menéres disse...

BRANCA MARIA

Obrigado !

Boas férias !

João Menéres disse...

LI

Mas esta está bem presa...
Não a agarras !

Outro beijo.

João Menéres disse...

ANA

Então a curiosidade ficou satisfeita.
E não pedias como fez a Isabel ?

Em Setembro, envio-te um marcador !
( Mas fala-me nisso, à cautela ! )


Um beijo amigo.

Maria Manuela disse...

João, realmente, é de um enorme requinte !
Até o fecho ganhou ainda maior beleza, fechado, com sua sombra caindo sobre o dourado...
Com esta perspectiva e essa luz da direita, está um sonho, esta fotografia!...
E a andorinha, símbolo de amor, esperança, fertilidade, renovação.... que melhor mensagem, entre flores delicadas...para uma Família ?
Bem haja, João, por ter encerrado com chave de ouro esta fase de pré-férias !
E bem haja também à Isabel pela bela ideia deste pedido !
Um beijo e muito Boas Férias com merecido descanso e diversão !

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Foi feita à pressa mesmo !
Em menos de um minuto, coloquei a cartolina, pousei o album ( pensando na fonte luminosa solar ) e cliquei !
Nem recolhi as folhas que estão à vista no interior do album !
Ficou mais autêntico, digo eu..

Um beijo e obrigado por tudo.

Maria Manuela disse...

E diz bem, João !
Autenticamente autêntico !...
A folha azulada (separada, creio eu, por se ter despegado com o tempo)ficou igualzinha à da foto anterior...

Uma preciosa jóia de família !
Por dentro, onde até nos mais novos de hoje... corre um pouco de sangue dos antepassados do Avô, e pela mão de Biel...
E exteriormente (...fino esmalte em incrustações belíssimas ou em relevo ?).
Beijinhos.))

Agostinho disse...

Penso que ainda venho a tempo de dizer isto:
QUE PEÇA FABULOSA!!!
Este álbum representa um tempo em que a ponderação das coisas tinha solidez e a perfeição era fruto de paixão. Os materiais, as delicadas formas eram motivo de longas conversas, digo até, porque não, de namoro entre o artesão e o cliente. Poderemos imaginar o requinte do seu interior, imaginar apenas, o ver é reservado àqueles que mereceram esse direito.

Quero pôr uma simples questão ao João Menéres, que tem o saber e o direito de a achar disparatada. A imagem não respiraria melhor se não estivesse confinada/refém à cartolina? Quero dizer, se a margem da cartolina fosse maior?

Presépio no Canal disse...

Lindo e requintado! Gosto muito deste tipo de álbuns. Belíssimo!

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Tudo em relevo ( autêntico ! )

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Um esclarecimento à cabeça :
Desde que os comentários não sejam feitos com mais de oito dias da data da postagem, quase posso garantir que a todos respondo.

Ainda me lembro das visitas a casa de tios e vice-versa.
Uma tia, irmã do meu Pai, tinha uma pianola que fazia as minhas delícias.
Aí eu era um excelente pianista !
:)

Quanto ao respiro :
Preferi dar enfase aos pormenores da capa...
Agradeço a sua questão, creia.
Mas foi para a ISABEL ( e não só ) poderem apreciar melhor.

Um abraço a ver o mar na Praia da Rocha.

João Menéres disse...

SANDRA

Muito obrigado por apreciares coisas assim !


Um beijo.

Rasuras do Aparo disse...

...a capa é algo de estonteante ... confirmando a qualidade do interior ... e como estamos no Porto quase se poderia dizer que a "colheita apresentada no interior foi de alta qualidade " assim atesta o produto final e já se vislumbra a nova casta ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Invejo a sua inspiração !
Obrigado pelo comentário.

Um abraço.

GL disse...

Nem imaginas a nostalgia que peças desta beleza me causam. O que se faz hoje não tem alma, é tudo padronizado, impessoal. Dizem ser fruto da globalização, e talvez seja, mas não só. Perdeu-se o gosto pelo belo com requinte, vive-se uma época do "quanto mais simples melhor". Uma tristeza!
Valha-nos o amigo João Menéres que tem a amabilidade de partilhar estas preciosidades com todos nós.
Um grande obrigada!
Votos de boas férias.

Abraço, Amigo.

João Menéres disse...

GL

É uma realidade !
Tudo feito em série, tudo padronizado, tudo formatado !

Obrigado pelas tuas palavras que vão ao encontro do que penso.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

DEVERIA TER PARTICIPADO NO FLINPO COM ESTA E NÃO COM A QUE PARTICIPEI...