.

terça-feira, 29 de abril de 2014

E ASSIM SE CORREM MUNDOS


© João Menéres

( Clicar em cima da imagem para ampliar )

24 comentários:

Remus disse...

Está linda!
Uma fotografia com um "toque" antigo e a névoa, que existe em toda a fotografia, só veio embeleza-la ainda mais.
Diria que temos aqui fotografia para ficar no top 5, mas também é certo que ainda vamos a meio da semana e outras fotografias poderão surgir...
;-)

João Menéres disse...

REMUS

Bem deve imaginar o desencanto que muitas votações me trouxeram...
Veremos se é desta...

Um abraço agradecido.

Maria Manuela disse...

João,
Magnífico !
Para imagens destas, não há palavras! Já lá estão todas !
Mas este título, estas pregas do Mar, esta beleza de tonalidade envolvente e misteriosa... a embalar, no caminho para o desconhecido, são-me irresistíveis !
Beijinhos.

Luísa disse...

Imagina-me a escreve em papel e lápis sob a água! Quantas palavras diria por mares tão serenamente navegados.
Sairiam caravelas de inspiração, sopradas pelo vento do norte...
E mais não digo. A Imagem fala por si.
Bjnhs

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Embalado estou eu com as tuas palavras !
esta era uma das que iria figurar na exposição colectiva na Alfândega do Porto e que, à última hora, por razões imprevistas me forçaram a não participar.
Ainda bem que tomei essa decisão !

Um beijo muito sensibilizado pelo teu comentário que tão feliz me deixou.

Questiuncas disse...

Simplesmente fantástica.
O tom da fotografia, os barcos, certamente que vai ficar nos lugares cimeiros do Flinpo.
Caso assim não seja é porque há gente só a votar nas fotografias dos amigos. O que não augura nada de bom ao Flinpo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Tens a certeza que não enjoas no mar alto ?
… ]  …]

Quanto eu gostaria de ver a tua escrita escorreita !...

Nesta tarde, num pneumático com dois tanques de gasolina, fui atrás dos veleiros maiores.
O vento foi caindo aos poucos e foi entrando uma neblina, cada vez mais densa.
O rumo era para a Corunha mas estas barcos de grande porte, foram descaindo para Sul e ao fim da tarde a reserva do combustível estava atingida !
Estava a 14 milhas a oeste de Espinho !
Orientado pela ondulação marítima que era de NW rumei para Nascente. Foi a sorte, porque de repente a 2 milhas surgiu uma mancha enorme !
Era um barco da Marinha Portuguesa !
O combustível deu para chegar ao draga minas cujo comandante, de uma simpatia sem fim, disse onde esta , mandou abastecer os dois tanques de gasolina e me orientou para regressar a Leixões, onde entrei já com a iluminação do Porto de Leixões ligada.
Um milagre, digo eu.

Esta é a história real desta e doutras imagens que fiz !

Um beijo.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Pode ser que haja um ponto de viragem...

Já por várias vezes pensei não participar mais, mas vou continuando...

Um abraço muito grato pela amizade que as suas palavras traduzem.

ZEKARLOS disse...

Que grande momento, está é sem dúvida uma vencedora. Grande, grande foto. Grande abraço.

Remus disse...

O amigo João não pode ter razões de queixa, porque nos últimos desafios tem ficado no top 5.
Nos desafios Plástico, Espectáculo e Estátua ficou no top 5.
No desafio Sete também podia/merecia ter ficado, mas não ficou vá-se lá perceber porquê.
Mas nos restantes desafios mais recentes, peço desculpa, mas não merecia.
:-D

Jorge Pinheiro disse...

Excepcional.

João Menéres disse...

ZEKARLOS

Ainda bem que não aposta !
Só eu é que quando diz quem ganha acerta.
os participantes não gostam dos meus "pasteis ". Não são de Belém...
Mas agradeço-lhe muito a boa vontade !

Um abraço.

João Menéres disse...

REMUS

E na PUBLICITÁRIA também não ?

Respeito a sua opinião, obviamente.

Um abraço.

João Menéres disse...

JORGE

O B R I G A D O ! ! !

Rasuras do Aparo disse...

... busco entre o nevoeiro ... ora à popa, ora à proa ... busco e parto de peito feito tal vela enfunada pelos ventos de norte , fortes e rijos ... na eterna busca ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

De peito feito, se tivesse havido o vento frio e forte que do Norte devia ter soprado !!!


Um abraço, meu caro Amigo.

Conceição Duarte disse...

Desde que o mundo é mundo… usamos a água, o barco… e o cavalo para nos trasnportarmos, não é?

Linda foto


Lindo João!!

Bjinhos meus

CON

Remus disse...

Já que pergunta:
No desafio "publicitária" também não merecia ter ficado no top 5.
Acho que o fundo escolhido "matou" a fotografia. O fundo é demasiado vistoso, e a ideia de fotografia de publicidade acaba por ser perdida.

Mas se me perguntar, algumas daquelas que ficaram no top 5 são mais publicitárias que a sua.
A minha resposta será também: Não.
Algumas delas também não deviam ter ficado no top 5. Se fosse eu a mandar no mundo, trocava 2 ou 3 das que ficaram no top 5, por outras que acho que eram melhores e que representavam melhor o tema do desafio.

Esta é a minha opinião e vale o que vale... ou seja, nada!
;-)

João Menéres disse...

REMUS

Pelo contrário !
A sua opinião para mim vale muito !
E compreendo o seu PONTO DE VISTA !

Um abraço grato.

João Menéres disse...

CON

Como apaguei três comentários repetidos, depois esqueci-me !
Desculpa.

Acho que tudo começou com a água...

Um beijo, querida Amiga.

ANRAFERA disse...

Me gusta el procesado que le has aplicado a esta bonita fotografía.
Saludos.
Ramón

João Menéres disse...

RAMÓN

Trata-se de uma diapositiva 24x36mm. No momento do diaparo, utilizei um filtro cloud.

Grande abraço e obrigado.

Luísa disse...

Quantas belas historias nos contas!
Bjnhs

João Menéres disse...

LUÍSA

Acabo de chegar da praia.
Fartei-me de dormir mas não me lembro se sonheis alguma história que mereça ser contada...
Um beijo, minha Amiga.