.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

FUNCHAL ( 1 )


© João Menéres


COMO HABITUALMENTE,
A 1ª ESCALA FOI NO FUNCHAL.
NOTÁMOS GRANDES DIFERENÇAS
DESDE A ÚLTIMA VEZ QUE POR LÁ PASSÁMOS,
SOBRETUDO NA ÁREA PORTUÁRIA QUE
BENEFICIOU DE ENORMES MELHORAMENTOS.

ESTE SIMPÁTICO CASAL DISPONIBILIZOU-SE
A SER FOTOGRAFADO E ATÉ ACEITOU 
SENTAR-SE MAIS NO EXTREMO DO BANCO
PARA MELHOR SER MOSTRADA A PINTURA DO MESMO.

17 comentários:

Ana Freire disse...

Uma forma bem alternativa de representar a Madeira, João...
Uma imagem visualmente interessante... com um enquadramento irrepreensível... mas ainda não é daquelas que me conseguem mostrar que a Madeira é um jardim... para tal, teria no banco de estar sentado... o Alberto João... :-)
Beijinho! Bom tê-lo de volta, e saber que fez uma óptima viagem!
Virei noutro dia com mais tempo, agora no fim de semana, espreitar o que andei por aqui, a perder... já que as minhas últimas semanas, foram um pouco intensas e atarefadas... e tenho andado... e andarei a meio gás pela Net, mais umas semanitas...
Bom fim de semana, e um óptimo feriado!...
Ana

Isabel disse...

Giríssima e simpática foto!
Gostei muito:)

Beijinhos e um bom feriado:)

João Menéres disse...

ANA

Tens razão. O A. J. faz sempre muita falta como cabeça de cartaz !
Estive meia dúzia de horas no Funchal.
Queria ter ido a Santana ( por causa do tipicismo das casas ) mas não era seguro que chegasse a tempo da hora limite para o embarque.
Enquanto há nove anos estivemos cerca de 8 horas no Funchal, desta vez só nos concederam pouco mais do que cinco.
E com stress é difícil estarmos à vontade.
Não queríamos perder o barco logo na 1ª paragem !

Um beijo muito amigo e grato pelo teu comentário.

João Menéres disse...

ISABEL

Obrigado pelo comentário-

Um beijo grato.

Maria Manuela disse...

Muito bem dispostos, realmente !
Também... sentados nesse banco... quais outras flores bem coloridas, olhando um fotógrafo amável...
Interessante como o local assim se torna ajardinado e como a ideia sobressai...

Regozijo-me pelas melhorias mencionadas. E, dito assim por quem sabe do que fala, não restam dúvidas...
Bem curiosa e oportuna esta foto a sorrir para nós.
Beijinhos, João.:))

Luísa disse...

Ehegeh! Só mesmo tu para veres o simpático casal na ponta do banco!
Simpatia gera simpatia, mesmo sem a animação do Alberto João...
Beijinhos à espera de nova escala...

Eduardo P.L. disse...

O colorido forte e contrastante beneficiou a foto. Parabéns.

Remus disse...

Um casal bem disposto e com um sorriso natural, que não parece nada forçado.
Pena que eles tenham ficado com os olhos fechados, mas se calhar isso é por causa do sorriso. Ou era uma coisa (o sorriso) ou eram os olhos abertos.
:-)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Ao passar, verifiquei que o casal irradiava felicidade.
Não me nada difícil solicitar o pedido.
Até se preparavam para libertar o banco pensando que eu o queria fotografar sem ninguém !
E ficaram satisfeitíssimos quando eu lhes disse que os gostaria de fotografar.

Passei pelo Hotel Pestana CR7 e pela estátua do BOTA DE OURO ( tudo junto ao mar, entre o cais dos navios e o centro da cidade ). Mas para quem vem a pé do navio a volta é maior...
Mas há imenso movimento e animação.

Um beijo muito amigo e obrigado pelo comentário.

João Menéres disse...

LUÍSA

Eles estavam a meio do banco !
Eu é que lhes pedi para se sentarem mais para a minha direita, o que fizeram com todo prazer...
Ainda vou mostrar mais qq coisa do Funchal, está descansada.

Um beijo e bom fim de semana.

João Menéres disse...

EDUARDO

Já tinha fotografado um outro banco ( também colorido, mas de fundo preto ).
Depois deparei-me com esta situação e não hesitei.

João Menéres disse...

REMUS

Desta vez, o REMUS não ampliou a fotografia !
Se o tivesse feito, via bem que o cavalheiro está de olhos abertos !
Só a senhora por MILÍMETROS é que ficou com eles fechados ( e não foi por vergonha ! ).

Agostinho disse...

Uma foto, digamos, exótica, parece-me: empedrado, Banco e par.
Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Para ser um trio perfeito só a calçada é tristonha...
Mas querer tudo também seria pedir muito.

myra disse...

simpatica e linda foto!
bjo

João Menéres disse...

MYRA

Obrigado !

Um beijão.

L.Reis disse...

Que coisa mais terrenta...não sei de gosto mais do banco se do sorriso franco dos fotografados. :):)