.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

BERLIM

© João Menéres


E PARA SAIR DAQUI ?

31 comentários:

APS disse...

Para usar um verso de Cristovam Pavia:
"... Só há saida pelo fundo."
Em alternativa, recordar que os bichos da seda também a encontram, amadurecendo nos seus casulos: entram vermes e saem borboletas...
Bom dia!

João Menéres disse...

APS

Muito bem respondido em dose dupla !

E hoje, com a previsão da subida da temperatura máxima, os fundos podem ser uma boa alternativa.

Um abraço e obrigado.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Está fantástica esta fotografia, a artista apanhada em plena acção.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Eu diria mais:
O que irá sair daí???
Oportuno registo!
Abraço.

Eduardo P.L. disse...

Muito curiosa a foto.

João Menéres disse...

FRANCISCO OLIVEIRA

Desejos de um bom dia, meu caro, e MUITO OBRIGADO pelo seu comentário amigo.

Um abraço.

João Menéres disse...

RUI PIRES

Também me interroguei, caro Rui Pires, mas como não dava para ficar não sei quanto tempo a ver o que saía, prossegui.

Um abraço grato.

João Menéres disse...

EDUARDO

Será caso de investigação policiária ?

bea disse...

Levanta a gaiola e zás!, está fora.

João Menéres disse...

BEA

E eu a pensar que a gaiola estava cimentada...

:-)

Um beijo e obrigado pela dica.

myra disse...

exquisita foto, gosto muito!!!! pleno trabalho e a moca e linda igual a foto, beijosssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Remus disse...

Com que então o amigo João vai a Berlim para apanhar passarinhas destas!
Está certo... Cada um caça como pode...
:-D

Se eu tivesse de dizer/adivinhar o que ela estaria a fazer, diria que ela seria uma estudante de arquitectura e estava a fazer uma maquete da Cúpula do Parlamento de Berlim. A forma e a espiral interior é a mesma da cúpula.
Será que estarei errado?

ana disse...

João,
Gostei imenso deste apanhado, ou seja, desta instalação apesar do simbolismo que acarreta.:))

Se a encararmos como uma paciência é desenrolar o fio sem a ajuda de Ariadne.:))))
Beijinho.:))

João Menéres disse...

MYRA

É verdade que a moça é interessante ( e bonita ).
Mas eu tive pena de não poder assistir ao final.

Obrigado pelas tuas palavras.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

REMUS

Elas até se encerram, Remus !
Nem a mão meti, não fosse ser uma armadilha e eu ficar insensível...

Lá que é uma espécie de espiral, é.
Pode muito bem estar certo.

Um abraço.

João Menéres disse...

ANA

Tens carradas de razão, como sempre !

Um beijo amigo e obrigado.

L.Reis disse...

Para sair dali? Vai ser uma complicação, é o que é! :):)
Esta malta em Berlim também não me parece andar nada bem, para se andarem a auto-engaiolar desta maneira :)
Metáforas à parte isto foi um momento muito bem apanhado!

João Menéres disse...

L. Reis

E quando sair ( se sair ) o que faz à gaiola ?
E aos fios ?
E às meadas ?

Uns, isolam-se em cabos eléctricos se o tempo está cinzentão.
Outros, auto-flagelam-se com trabalho voluntário.
E outros ainda, são flagelados pela sempre ausência de alguém...

Obrigado, L. Reis !

JANE GATTI disse...

Encerra-se a tecelã em sua obra. Ao tecer, aprisiona-se? Estarão aprisionados também seus pensamentos? Concentra-se em si mesma? Ou em sua obra? Quantas possibilidades uma foto nos oferece. O olhar do fotógrafo, sagaz, soube perceber a multiplicidade de interpretações e nos oferece a chance de deixar livre a imaginação... Beijos.

João Menéres disse...

JANE GATTI

Maravilhoso este teu comentário, Jane !
Muito obrigado por TUDO !

Um beijo feliz.

Isabel disse...

Muito interessante...tenho a impressão que já vi esta foto por aqui...já?

Um beijinho:)

© Piedade Araújo Sol disse...

muito original a foto
captada no momento certo
beijinhos
:)

AvoGi disse...

Genuína...nao importa por onde sair se se está tão bem lá dentro!
Kis :=}

Rasuras do Aparo disse...

... ora como não será um sobe sobe balão sobe ... lá vai ser pela porta dos fundos e quanto às meadas bem as pode oferecer à nossa Amiga que ela bem gostaria de as tricotar ...

Agostinho disse...

Não sei como entrou mas, provavelmente, sairá como entrou, nem que para isso tenha de levantar o mundo.
Que mal empregada seria ela ficar para sempre cativa.
Bela chapa.
Abraço.

João Menéres disse...

ISABEL

Se calhar...
Eu não uso outro método que não seja o da memória...
É natural que vá falhando por falta de lubrificação...


Um beijo amigo.

João Menéres disse...

PIEDADE

Se foi o momento certo, nem eu sei, pois foi ver, fotografar e prosseguir !

Um beijo amigo e grato.

João Menéres disse...

GISELDA

E a temperatura está boa e não vai chover !

Um beijo, minha amiga.

João Menéres disse...

RASURAS

Tem mesmo a certeza ?
Nunca vi nada...

Um abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Como não nasceu ali, a sua sugestão é realmente a mais racional.
Uma mulher assim jamais se pode permitir que fique cativa !

Muito obrigado pelas suas palavras, Agostinho.

Um abraço também.

Ana Freire disse...

Basta erguer o mundo nas mãos...
Um momento muitíssimo bem apanhado, João!
Criatividade apanhada em flagrante!... Gostei imenso da foto!
Beijinhos
Ana