.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

PORTAS

© João Menéres



DUAS PORTAS, NA ILHA DA GRACIOSA.

24 comentários:

myra disse...

bom dia Joao amigo querido, da foto voce ja sabe como gosto, mas estas portas ENTAO !!! que maravilhas!!!!!!!!!! beijos infinitos :):):)

João Menéres disse...

MYRA

Sempre que a oportunidade aparece...

Um beijo, querida Myra.

Ana Freire disse...

De diferentes alturas e emolduradas de forma diferente... não há hipótese de tais diferenças passarem despercebidas, nessas duas portas a par...
Preferia que aquela pedrita ao pé da porta esquerda não estivesse lá... mas provavelmente a mesma anda sempre por ali... para segurar as portas, muito provavelmente...
Gostei imenso, deste casal da família Portas... :-)
Irrepreensivelmente retratado!... No seu fatinho domingueiro... assim parecem... pois as paredes estão absolutamente imaculadas...
Aqui para os meus lados... uma parede assim... nem um dia se aguentaria, sem levar com uma graffitadela, com aquelas letras e nomes de código irritantes... marcando território...
Beijinhos, João! Daqui a pouco já virei espreitar, os demais posts que ainda não tive oportunidade de comentar...
Feliz semana!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

És mesmo uma querida amiga !
Hesitei muito em retirar ou não a pedra.
Mas optei por a deixar ficar.
Ela tem uma função a cumprir e é segurar numa folha da porta maior.
Não precisas de ir aos Açores para ver uma parede alva.
No Alentejo...

Um beijo e muito obrigado pelo teu comentário que sempre tanto anseio receber.

Ana Bailune disse...

Dá vontade de bater... o que espera do outro lado? Parecem antigas... quem sabe, o passado!

Feliz Páscoa, João!

Os olhares da Gracinha! disse...

Enquadramento perfeito ... em tons que gosto e olhares assim fazem_nos sorrir!!!
Bjoca

Remus disse...

Duas portas, na ilha da Graciosa, em que elas mesmas, também são graciosas.

Mas em termos estéticos, e isto não é em nada contra o fotógrafo, a cor das portas devia ser outra. Não acho que fique bem o verde com esse azul. Nisso os alentejanos ficam à frente dos açorianos. Os alentejanos sabem conjugar muito bem as cores das suas portas, com a cor das paredes. Mas como já disse, isso não é culpa do fotógrafo, mas sim do dono da casa, que deveria dar outra vida à suas portas.
:-D

Em termos de composição e enquadramento não tenho nada menos bem para dizer. Acho que está tudo no ponto.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Na ocasião, andava com um trabalho em mãos e não dispunha de tempo para ouvir ou averiguar histórias.
Aliás, sou um sortudo porque tenho sempre imenso que fazer.
Nem sei como me desdobro sempre.

Um beijo amigo ( já ando a namorar as amêndoas de licor ! ).

João Menéres disse...

GRACINHA

Que contente fico quando há SEGUIDORES que gostam do que edito.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

REMUS

Pois tem razão, Remus : o AZUL fica sempre muito mal...
:-)

Obrigado pelas palavras que me dizem respeito.

L.Reis disse...

Vê-se logo que há ali despique:
- Eu sou alta!
- Eu sou larga!
- Eu sou sofisticada!
- Eu sou minimalista!
- Eu sou elegante
- Eu sou carismática
- Eu sou única
- Eu sou gémea
- Eu abro para dentro
- Eu abro para fora...
No fim tudo acabou em bem, porque descobriram que ambas gostavam de verde :)
Deliciosa dupla!!

João Menéres disse...

L. REIS

A minha sorte é tu não seres gorda, nem pesada !
É que tu vales muito mais do que um diamante !
Que maravilha de comentário a estas graciosas portas !
Bem...gostavam do verde porque o AZUL as ligava que nem fio umbilical, claro !

( Deliciosa dupla conheço eu, minha querida ! )

Pedro Coimbra disse...

Das casas tão típicas daquela região.
Gosto muito!

Li Ferreira Nhan disse...

Graciosa linha azul que contorna o verde!
Adorei a foto, a composição, e as cores!
Beijo querido.

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

E tem razão para gostar.

João Menéres disse...

LI

Como não faltam admiradores de Portas e Janelas não esquecerei essas preferências.

Um beijo, LI querida.

Manu disse...

Nunca fui à Graciosa, mas é assim que imagino as portas de lá.
Não são muito apelativas, talvez para afastar os intrusos, felizmente o João atreveu-se e espero que não lhe tenham batido com a porta na cara.
Seja como for ficou um bonito conjunto.

Beijos João

João Menéres disse...

MANU

Nunca ninguém me bateu com a porta na cara, Manu.
Aprendi que andar se faz passo a passo.
Todas as ilha são diferentes e todas têm o seu encanto próprio.


Um beijo e obrigado.

Eduardo P.L. disse...

Uma para magros e altos, outra para gordinhos.

João Menéres disse...

Eduardo

Muito bem pensado !

Agostinho disse...

A menorização das coisas em função da sua utilização é o que imagino aqui. O portão levou um valente haircut para que não tivesse veleidades de protagonismos exacerbados, ideia reforçada pela orla mais singela.
Excelente fotografia.
Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Estou de acordo consigo.
Não desse alguma mania de outros voos e nem asas lhe puseram...

Muito obrigado pelas suas palavras.

Um abraço.

Isabel disse...

Juro que pensei o mesmo que o seu comentador aí atrás: uma para altos e magros e outra para baixos e gordos!

Gosto mais da primeira, mas o conjunto está muito bonito!

Um beijinho:)

João Menéres disse...

ISABEL

Não precisas de jurar, bolas !
Então uma imagem não pode provocar reacções idênticas em diversas pessoas ?
E nos blogueiros, quantas vezes uma imagem não nos faz editar outra ?

Um beijo numa manhã que indicia um belo fim de semana.