.

segunda-feira, 27 de março de 2017

FLORES DO CAMPO

© João Menéres



LÁGRIMA CELESTE,
PÉROLA DO MAR,
TU QUE ME FIZESTE
PARA ME ENCANTAR !

HÁ ! SE TU NÃO FOSSES
LÁGRIMA DO CÉU,
LÁGRIMAS TÃO DOCES
NÃO CHORARA EU.


( João de Deus, poeta e pedagogo, 1830-1896 )

36 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Linda foto.
Gosto do poema.
conheço tão pouco de João de Deus
Um abraço e uma boa semana

myra disse...

beleza de foto beleza de flor!!!! sempre lindas coisas aqui com voce, meu amigao Joao!um gde beijao:)

Eduardo P.L. disse...

Prefiro a foto, ao poema. Parabéns

Jorge Pinheiro disse...

Boa foto.

bea disse...

"Ah! se tu não fosses
lágrima do céu"

Tenho flores dessas em vaso e na minha terra não são silvestres nem campestres. Mas acho-as bonitas. Tenho cíclame de três cores: branco, rosa pálido e rosa vivo. Deixei morrer um vermelho que também era apetecível. Mas são lindas de pétalas encurvadas.

jose jaime disse...

Bela composição e um ótimo poema de João de Deus. Abraços.

Rute disse...

João

Já tinha saudades...Que bela flor do campo e que bela fotografia! O cor-de-rosa tem umas tonalidades maravilhosas e as "pérolas" de água nas pétalas embelezou muitíssimo a fotografia.

1 beijinho

Os olhares da Gracinha! disse...

Poema e olhar ... PRECIOSOS!!!
Boa semana amigo!

Maria Manuela disse...

João, que linda imagem !
Lembra o meu cíclamen rosado com suas pétalas meio desembrulhadas... só que estas parecem mesmo ter "caído" do céu... e passado por alguma nuvem mais sensível...
Gostei muito da perspectiva. Bem original. E do fundo negro.

João de Deus faz-me sempre lembrar com carinho as poesias dos livros escolares tão ternamente decoradas...
Beijinho.:)

João Menéres disse...

ELVIRA

Convém conhecer os nossos clássicos...

Obrigado pelo elogio à flor.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

MYRA

Não saíu nada mal a flor...

Obrigado pelas palavras.

Espero que te estejas a recompor.

Um beijo grande, Myra.

João Menéres disse...

EDUARDO

Calculava !

João Menéres disse...

JORGE

Também me parece.

Os olhares da Gracinha! disse...

E foi graças a si que fiquei a saber da existência do painel de azulejos!
Não me lembrava em que blog tinha visto!
Bj e obrigada

João Menéres disse...

BEA

A poesia é que se chama FLORES DO CAMPO.

Que pena teres deixado morrer essas vermelhas...

Um beijo grato.

João Menéres disse...

JOSÉ JAIME

Agradeço a visita e o amável comentário.

Um abraço com Amizade.

João Menéres disse...

RUTE

A poesia é que se intitula FLORES DO CAMPO.

Obrigado por esta quase inesperada visita com as tuas palavras sempre amigas.

Um beijo.

João Menéres disse...

GRACINHA

Muito obrigado pelo elogia à imagem.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

De facto, fui feliz na opção ao fazer esta imagem, de que gosto muito.
E por essa razão, fi-la acompanhar de uma poesia muito bonita, quanto a mim e de um poeta que anda muito esquecido.

Muito te agradeço as palavras com que comentas esta postagem.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

GRACINHA

E o largo é o MOINHO DE VENTO...

Um beijo amigo.

Rasuras do Aparo disse...

... uma bela foto ... de uma não menos bela flor ... acompanhada de um esplêndido poema ...

João Menéres disse...

RASURAS

Agradeço o elogio feito à postagem, meu caro amigo.

Um abraço.

Tété disse...

Da flor ao poema, qual deles o mais bonito.
Sabe João eu tenho um carinho especial por João de Deus de quem conheço razoavelmente a obra.
Acresce que secretariei durante 20 anos um bisneto de João de Deus que tem hoje 86 anos e do qual ainda sou muito amiga e que me retribui essa amizade ainda com muito carinho. O meu filho andou no Jardim Escola João de Deus e o primeiro livro que entrou cá em casa para ele foi a Cartilha onde aprendeu a ler com pouco mais de 4 anos.
Razões de sobra para ser sua cúmplice.
Beijinho

João Menéres disse...

TÉTÉ

Então fico muito feliz pela escolha que fiz !
Que bom saber tudo o que contas !
A CARTILHA...hoje quem sabe o que é ?
Uma tristeza. Mais uma, enfim...

Um beijo muito amigo.

Pedro Coimbra disse...

Um abraço desde Macau com um céu azul e sem lágrimas.

Luísa disse...

Gosto da flor...e da lágrima de João de Deus!
Bjnhs

Remus disse...

Os ciclames é uma planta/flor que associo automaticamente à época da Páscoa. Se calhar porque era a planta que mais vezes dava à minha madrinha no Domingo de Ramos.

Este ciclames ficaram muito bem retratados e com um perfeito nível de detalhe. O fundo tendencialmente escuro está sublime. E o pormenor das pequenas gotas de água, é como a cereja em cima do bolo: Torna automaticamente tudo mais bonito.

Ana Freire disse...

Uma flor belíssima, que não costumo encontrar por estes lados!...
O fundo negro veio destacá-la ainda mais... e adornada com essas pérolas de água... e uma subtil iluminação... ficou uma imagem notável!
Beijinhos
Ana

L.Reis disse...

"No mesmo instante em que tropeçamos em pedras, no nosso caminho, flores estão a ser plantadas, mais longe. Quem desiste não as vê."
William Shakespeare

Como dei, há pouco, uma topada numa pedra de todo o tamanho (até tenho um dedo todo negrinho), agradeço esta flor que plantaste no meu caminho. Ainda bem que não desisti! :):)

Nada da sua delicadeza ficou por contar...és um bom contador...


João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Hoje aqui também esteve SOL !

João Menéres disse...

LUÍSA

Muito obrigado !

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

REMUS

Bons tempos em que eu tinha padrinhos...

Agradeço todo o seu comentário a esta minha postagem.
Penso que fui feliz desta vez...

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Muito obrigado pelo teu comentário tão elogioso.
Esforcei-me um tanto, na verdade.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

L. REIS

Já puseste uma pomadinha no dedo ?

Eu nunca desisti e agora já é tarde para alterar o meu molde !

As tuas melhoras e cuidado amanhã com o que calçares.

Agostinho disse...

A magia da flor e a arte do fotógrafo capricharam para nós agradar.
Belíssima fotografia.
Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Ficar-me-á mal se disser que também gosto muito desta imagem ?
Fiquei verdadeiramente encantado, creia.

Um bom Domingo.