.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

NUMA MARINA

© João Menéres

36 comentários:

Aleatoriamente disse...

Uau!
Matizes lindas!
Um poema em cada tom.

Abraço João

© Piedade Araújo Sol disse...

João

também adoro este tipo de fotos com seus reflexos.

eu chamo "aguarelas"

muito bela

boa semana.

beijinho

:)

Os olhares da Gracinha! disse...

Um belo reflexo que daria uma bela obra-prima!!!
bj

ZEKARLOS disse...

Gosto muito desta foto, plena de grafismo e sentido estético, grande enquadramento. Abraço

Tété disse...

Este é um quadro do MIRÓ português.
Beijos

Sami disse...

Uma reflexoes bonitas na agua.

Ana Freire disse...

Um belíssimo efeito abstracto, João!...
E concordo com o Zekarlos... com um elevado sentido estético...
E se fosse publicada, em modo invertido... pareceria uma pintura abstracta de uma cidade...
Engraçado como uma mesma foto, por vezes, vista de várias formas, sempre pode suscitar interpretações diferentes...
Beijinhos! Feliz semana!
Ana

Jorge Pinheiro disse...

Muito bom.

Remus disse...

Numa Marina... mas não em cima da Marina Mota. Certo?
:-D

Depois de despachada a piada brejeira, já posso dar inicio ao comentário propriamente dito.

Olhei para a fotografia e vieram-me à memória os padrões tribais, que por vezes vemos dos documentários de certos povos de África. Assim sendo, até poderia ser uma marina africana. Mas já vi nas tags que é uma marina galega.
Belo efeito gráfico.

João Menéres disse...

FERNANDA

Fico mesmo muito feliz com o teu comentário !

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

PIEDADE

Que bom é tu gostares !

Beijo amigo e muito grato.

João Menéres disse...

GRACINHA

Simpática, como sempre !

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

ZEKARLOS

Dito por si, vale o dobro !

Muito e muito obrigado.

Um abraço.

João Menéres disse...

TÉTÉ

Acho que não...
Nem tem as cores vivas !...
Conheces algum dele que esta minha faça lembrar ?
Eu, francamente, não estou a ver.

Mas registo a tua apreciação com agrado, claro.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

SAMI

Aí concordo contigo, amiga !

Um beijo grato.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Tu mandas !
Amanhã verás.
( Até alterei a programação, imagina ! ).

Um beijo amigo e muito grato.

João Menéres disse...

JORGE

Registo com agrado a sua opinião.

Elvira Carvalho disse...

Uma maravilha.
Abraço

João Menéres disse...

REMUS

Está muito gorducha...


*****

Não fossem os cascos, até concordo inteiramente consigo. quanto às pinturas de certas triboa de Àfrica.
Mas são muito mais artistas do que eu fui capaz !

João Menéres disse...

ELVIRA CARVALHO

Agradeço a opinião favorável.

Um beijo agradecido.

Eduardo P.L. disse...

Muito boa!

João Menéres disse...

EDUARDO

Muito obrigado.

myra disse...

lindo...parece pintura!!!!!

João Menéres disse...

MYRA

Muito obrigado.
A ideia é mesmo essa !

Um beijo.

Agostinho disse...

Venho de cima e vejo aqui a primeira versão?
A conclusão que tiro é que a marina é uma vaidosa.
Abraço.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Pois é...a mania que elas têm em se ver ao espelho !...

Um abraço grato.

L.Reis disse...

Hum...prefiro esta versão. As fotografias de reflexos, normalmente, têm muita definição nitidez e luz e, quando vi esta, o que me agradou foi o seu ar "pardacento" como se as cores se tivessem suavizado e diluído, mantendo, contudo, a força ziguezagueante de uma qualquer maré. Não me consigo decidir em relação à posição invertida...deixa ver outra vez...nã...acho que gosto mais desta. :):)

Rasusras do Aparo disse...

... gosto deste aguarelar que me deixa sempre em equívocos de presença ou ausência ... gosto da silhueta difusa que em faz sonhar ... com ela ainda ... ali perto tão perto do azul ...

GL disse...

Quando eu for "grande" quero aprender a tirar fotografias assim, a saber captar o belo com mestria, a fazer de cada uma algo que fascina pelo que têm de arte.

Beijinho, Amigo.

João Menéres disse...

L. REIS

Ontem estive à espera que te pronunciasses e afinal já o tinhas feito...
99,9% das vezes concordo contigo e tu comigo.Mas desta feita, vou dizer-te que me inclino para a do dia 21.
E também andei para cima e para baixo vezes sem conta...
Ou será que o café que não tomei me faz falta ?

João Menéres disse...

RASURAS

Nem sempre os equívocos são desagradáveis.
E as dúvidas ainda menos, seguramente.
Há quem se delicie em alimentar os nossos espíritos, não com certezas, mas com interrogações.
Levei o vermelho para junto do azul para ver se o "iluminava".
Parece não ter alcançado o desiderato desejado...
Fica a dúvida sobre a realidade da distância !

João Menéres disse...

GL

Quem tem o desejo por ti manifestado, já é "grande" suficiente.

Muito obrigado pelo elogio amigo.

Um beijo.

Maria Manuela disse...

Linda !!!
Adoro reflexos de veleiros !
Este tremular de velas e mastros... que os mantém e deforma... profundidade abaixo, encanta-me.
Fica a impressão... nas pinceladas certas e inquietas... que o olhar criativo do Artista vai deixando em águas que tão bem domina.
Diferente... pois os talentos variam e os ambientes também... nada fica a dever a Aventeuil !
Bela pintura, João !
Beijinhos.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Aventeuil ?
- Confesso que não conheço...

Mas fico encantado com todas as palavras do teu comentário, Maria Manuela.

Muito obrigado (e espero que me informes sobre o Aventeuil, pode ser ? É que fiquei curioso ! )

Um beijo muito grato.

Maria Manuela disse...

João, a palavra "saíu" mal... Não sei onde fui buscar aquele >V< ... Claro que não podia conhecer, não existe...
nem como pessoa nem como local...

Quando fiz o comentário, estava a pensar em ARGENTEUIL... e os impressionistas !...
Não pelas cores, claro, la Coruña es la Coruña... mas pelo tema (barcos à vela, tema tão querido de Monet e outros).

Está desfeito o equívoco e o que poderia ser dúvida passou a certeza...

Beijinho e uma Boa Noite.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Eu devia ter deduzido...até porque já Monet foi um dos pintores já referidos a propósito de alguns dos meus trabalhos, embora considere tal menção quase uma indelicadeza para o PINTOR.
Mas compreendo a razão.

Um beijo muito grato e amigo.