.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

MEIAS NO VARAL

© João Menéres




COMO A LÃ É DE OVELHA,
FUI ACONSELHADO A
LAVAR ANTES DE USAR.

24 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Preparando-se para o inverno.

Os olhares da Gracinha! disse...

Convem!
Bom Novo Ano!!!

Agostinho disse...

Os varais são um registo infalível. Este não o é ou talvez. É uma composição com vista à passagem de uma mensagem. De qualquer modo revela e demonstra o poder da imagem.
Uma fotografia auto-biográfica, João Menéres?! Pelas meias se reconhece o dono: friorento!
Abraço com votos de Ano Bom.

Jorge Pinheiro disse...

Tudo muito simétrico.

bea disse...

Eu ia mesmo dizer que eram tecidas à mão...

João Menéres disse...

EDUARDO

Agora é que vão ser lavadas com soflã...
Depois irão aquecer os meus ricos pés.

João Menéres disse...

GRACINHA

Pois...eu tenho sempre os pés gelados ( no Inverno ).

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Tive dificuldades por se encontrarem à sombra e ser feita em contra-luz.
Mas de Verão só tenho calor ! ...

Votos agradecidos e retribuidos.

João Menéres disse...

JORGE

A pinga, NÃO !...

João Menéres disse...

BEA

E são mesmo !
A artesã tem 95 anos e é de Vinhós / Fafe.


Um beijo.

Maria Manuela disse...

E cada par, sua cor de molas...
Com o belo sol de hoje, irão secar depressa, João, e o reconfortar deste Inverno frio de céu azul...
Beijinhos e BOM ANO 2o17 que tão rápido se aproxima...

Remus disse...

Até já estou a imaginar o amigo João, de avental vestido, a lavar as meias no tanque. Esfrega... Esfrega... Enxuga... Esfrega... Esfrega... Enxuga...
:-)

Já agora, chamamos a este tipo de meias (grossas de lã) de caturnos. Não sei se é um termo generalizado ou se é algo especifico na minha zona/família.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Se fossem as meias de um casal, poder-se-ia que até no varal estão de costas voltadas.
Mas não, são só minhas !!!

Um beijo amigo e grato.

João Menéres disse...

REMUS

Confesso que nunca ouvi na minha vidinha o vocábulo catumos.
Vou tentar fixar para saber como se poder atrapalhar pessoa amiga !

Esqueça o avental, por favor.
Nem maçon sou !...

Quanto às meias, apenas as mergulhei numa bacia de água e as dependurei.
A ideia era apanhar um gotícula no ar e isso, consegui.
Se ampliar, verá.
E na meia mais à direita, outra está quase,quase, a desprender-se...

Um abraço.

Luísa disse...

Ufa!
Finalmente deixaram de cheirar a...sei lá...a....sei lá!
sei só que o cheiro é intenso e desagradável!
Mas se não fossem genuínas não teria a mesma piada!
Belo varal tu improvisaste!
Desejo que percam o cheiro e que prontamente te aqueçam os pés!
Mil beijinhos,
Luísa

Isabel disse...

Uma foto muito gira! E eu ia precisamente dizer que as meias estavam zangadas umas com as outras, pois estão de costas voltadas...mas também podiam ter acabado uma conversa e cada duas foram à sua vida! Escolho a segunda opção, que é mais positiva!

Gostei muito da sua foto da "Calmaria" e da anedota, que por acaso já conhecia, mas tem sempre piada!

Um beijinho e continuação de boa semana:)

João Menéres disse...

LUÍSA

O cheiro não me incomoda assim tanto !
E como o olfacto está bem cá em cima...
Vamos é ver se tenho algum sapato onde os meus pés entrem depois...

Um beijo e obrigado !!!

João Menéres disse...

ISABEL

E estás no bom caminho, pois quando usar umas, o outro par fica na gaveta.

Registei o facto de teres gostado da minha Calmaria.

Um beijo amigo e obrigado.

Luísa disse...

Nãoooooooooooooo...não uses com sapato....calça para andares por casa!
Beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

E eu que queria botar figura na rua...

Um beijo agradecido.

Luísa disse...

Ufa! Que susto!

João Menéres disse...

LUÍSA

Nunca te assustes comigo !

Ana Freire disse...

Feitas à mão... um trabalho único e precioso!
E aquela pérola de água... prova a preciosidade do registo...
Beijinhos
Ana

Rasuras do Aparo disse...

... verifica-se a eficácia da lavagem ...
belo enquadramento da foto ...