.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

PORTA

© João Menéres



PARA QUEM GOSTA DE PORTAS

24 comentários:

Questiuncas disse...

Sem querer abusar (muito) acho que é uma fotografia muito apropriada à minha pessoa.
Ultimamente não tenho apresentado muitas portas, mas tenho algumas à espera de irem para o meu blog.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Foi tema que sempre persegui e muito admiro as suas.

Um abraço.

Eduardo P.L. disse...

Por que será eram tão altas e estreitas? Combinava com a arquitetura da época. E eram elegantes.

João Menéres disse...

EDUARDO

Como sabe, nessa época os móveis eram enormes !

Remus disse...

O número 27 ficou bem na fotografia.
Só faltou tocar na campainha e fugir...
(Quem nunca fez isso, que atire a primeira pedra à minha pessoa)
:-D

João Menéres disse...

REMUS

O 27 já me deu sorte !

Eu GARANTO que não atiro nenhuma pedrinha a ninguém !!!
Até roubei galinhas !
:-D



Um abraço.

Questiuncas disse...

Parece que vou ter que atirar umas pedras ao Remus, espero estar com pontaria e não acertar em nenhuma campaínha.

jair machado rodrigues disse...

Obrigado, adoro portas (tenho o costume de fechá-las, seria um tipo de toc ?), acredito que cada porta ´e um portal, ao atravessá-las descobrimnos sempre um outro mundo, o mundo de alguém...Gostei tanto disso: "Para atravessar contigo o deserto do mundo", acho que uma das frases mais românticas que li até então....sem falar na gledzia, sou um adorador de árvores. Sempre um imenso prazer estar por aqui.
ps. Carinho respeito e abraço.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Depois da foto que o Remus fez com os legos, ninguém lhe deve atirar pedras, nem pedrinhas !

Um abraço.

João Menéres disse...

JAIR

Quanta gentileza reside no seu formidável comentário !
Agradeço do coração as suas palavras.
Ando atarefado e não disponho de muito tempo para reflectir em textinhos a colocar aqui ou acolá.

Um grande e grato abraço.

ana disse...

É singela. Gosto de portas e de janelas.

Esta é mais uma para a colecção do "Porto Meu".

Beijinho. :))

João Menéres disse...

ANA

Não é não, Ana...
É na Póvoa de Varzim.

Obrigado pelo comentário ( são poucos agora... ).

Um beijo, querida amiga.

Isabel disse...

Portas também é um tema de que gosto muito. Também tenho muitas, mas andam dispersas pelas pastas, no computador. Sempre encontro mais uma para fotografar.

Esta está muito bonita:)

Um beijinho:)

João Menéres disse...

ISABEL

Porque não organizas uma pasta só de PORTAS ?

Um beijo e obrigado.

GL disse...

Tão lindinha!:)
Porque é que agora não se fazem portas assim? É tudo igual, um alumínio (?) sem graça, sem alma, sem um mínimo de bom gosto, tudo padronizado.
Que tristeza!...
Obrigada por mais esta delícia.:)

Bom fim-de-semana, Amigo João Menéres.

João Menéres disse...

GL

Muito simples de explicar : Antigamente a maior parte dos trabalhos eram feitos à mão por carpinteiros e serralheiros que, na sua maioria, eram verdadeiros artistas criativos.
Existiam as Escolas Industriais onde os mestres ( sem M ) ensinavam e os alunos aprendiam.
Entretanto, a tecnologia evoluiu e a Indústria e o Comércio serviram-se dessas novas facilidades proporcionadas.
Para não me alongar mais, dou-te só um exemplo :
Hoje, quantas vezes, entras numa agência bancária ?
Metes o teu cartão nas ATM e consultas o saldo, levantas ou depositas ( dinheiro ou cheques ) , fazes pagamentos, etc.
A tua vida ficou facilitada, sem dúvida.
Mas, o número de empregados diminuiu drasticamente por não serem necessários.
Nas serralharias, as máquinas robóticas produzem padrões standarizados a um ritmo diabólico.
Quando queremos um portão em madeira com um desenho determinado o seu custo sobe, pois é obra que só um ou outro sabe fazer.
Já agora, outro exemplo :
Quantas cartas ou postais escreves por mês ?
ZERO, na generalidade dos casos.
Mandas um mail que o destinatário ( esteja onde estiver em qualquer parte do mundo ) recebe na hora no seu computador !
Não foste aos Correios sequer.
Até na fotografia tudo se alterou, como bem sabes.
A Engenharia e a Arquitectura evoluiram e permitiram o surgimento de um novo estilo.

Podia explorar estes assuntos ad eternum...

Um beijo grato por me proporcionares divagar.

Um BOM DOMINGO !

GL disse...

Uau, que bela explicação, obrigada! Nunca tinha pensado nisso nesses termos, mas não há dúvida que faz todo o sentido.:)
Beijinho

João Menéres disse...

GL

E podia ir por outro tipo de análise...

Um beijo.

Fatyly disse...

Adoro e que maravilha!

Um bom domingo

Beijocas

João Menéres disse...

FATYLY

Desde há instantes.

Obrigado pelo comentário.

Um beijo.

Rasuras do Aparo disse...

... gosto de portas ... destas feitas à peça com alma e temperamento ... mas infelizmente pelas que actualmente vou passando e teimosamente batendo ... falta-lhes alma e torna-se problemático pois isso transborda ...

João Menéres disse...

RASURAS

Pois é...

Um abraço.

Ana Freire disse...

Um contraste de tonalidades, muito bonito... que nos prende a atenção...
E mais uma vez... o enquadramento, não poderia ser mesmo melhor!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

ANA

Mais outro comentário que só agora vi...

Desculpa e

UM BEIJO.