.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

EM LAGOA

© João Menéres



EM LAGOA, ALGARVE.

UMA ÁRVORE REAL
ATRÁS DO MURO  
E UM GRAFFITI
COM UMA CHAMINÉ.

26 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Surreal.

Remus disse...

Uma combinação perfeita. Bom olho e feliz acaso.

Esta fotografia até poderia servir para ilustrar uma história infantil.

João Menéres disse...

EDUARDO

Perfeita a sintonia entre nós !

João Menéres disse...

REMUS

O acaso também se procura, caro Remus.
Quantos fotógrafos aqui passaram e não viram !...


Um abraço.

Maria Manuela disse...

Muito belo !
Bastava que o ângulo fosse outro e não entraria a árvore.
Interessante... como quem sabe, pode dominar o acaso...
PARABÉNS pela bela composição obtida !
Beijinho.:)

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Tive sorte por haver umas nuvens no céu para dar maior realismo, digo eu...
Eu não domino o acaso. Por vezes, o acaso encontra-me.
O cimo do muro estar também pintado enriquece sobremaneira o conjunto.


Um beijo amigo, Maria Manuela.

jose jaime disse...

Linda, uma bela composição. Realmente SURREAL! Abraços.

João Menéres disse...

JOSÉ JAIME

Muito agradeço a sua sempre desejada visita e comentário.

Um abraço com amizade.

Jorge Pinheiro disse...

Excelente.

João Menéres disse...

JORGE

OBRIGADO !

Isabel disse...

Tão bonita, mas mesmo muito!

Se não explicasse, não chegava lá, nunca! Antes de ler a imagem, estava a pensar como teria feito a foto, até pensei que fosse a mistura de uma foto com um postal ao algo do género...

Muito interessante!

Um beijinho e bom fim-de-semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Então quer dizer que me saí bem !
Hoje ainda é cedo para me desejares um bfs...
Não tenhas pressa que o tempo para mim voa. E cada dia mais depressa !
Mal nascemos já o tempo da vida começa a contar em decrescendo.

Um beijo e obrigado.

Ana Bailune disse...

Uau! Que sorte fotografar esta imagem linda, pois o céu parece mesclar-se ao azul da pintura, como se fosse um complemento.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Tive muita sorte com a conjugação desses dois elementos, Ana !

E a árvore parece pretender abrigar a chaminé em caso de mau tempo.

Um beijo amigo e grato por teres comentado.

Tété disse...

Tal como a Isabel, antes de ler a explicação estava a tentar perceber como seria aquela conjugação.
De muitas muito boas, esta enche-nos o olho.
Um beijo amigo, artista

João Menéres disse...

TÉTÉ

Aceita o que disse à ANA BAILUNE como a minha resposta ao teu comentário, está bem ?

Um beijo muito grato.

Ana Freire disse...

A imagem está extraordinária, João!
Uma conjugação perfeita entre a arte e a realidade!
Os tons estão fantásticos!
Fiquei com curiosidade em relação ao resto do grafitti... que me parece de altíssima qualidade! O mural deve ser lindo!
Fabuloso trabalho, como sempre, por aqui... Parabéns, pela imagem!
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

ANA

É um muro com vários graffitis que me surgiu por mero acaso.
Mas este é um dos meus favoritos.
Qualquer dia, postarei outro.
Fico-te muito grato pelo facto de gostares e de o expressares assim.

Um beijo amigo.

Luísa disse...

Tive que me concentrar para ver a imagem!
Fiquei dividida entre a natureza real e a natureza pintada!
Baralhei-me...confundiste-me!
Grande foto!
Bjnhs mil

Fatyly disse...

Lá consegues descobrir estas pérolas. Que maravilha!

Beijos

João Menéres disse...

LUÍSA

"Vi-a" e procurei conjugar.
Só isso, Luísa...
Ainda bem que a apreciaste !


Um beijo amigo.

João Menéres disse...

FATYLY

Muito te agradeço o comentário.

Um beijo e bfs.

ana disse...

Só se nota porque o azul do muro se afasta da pureza do azul celeste. Mas lá que faz um efeito bonito e extraordinário, faz.
Parabéns pela beleza do apanhado.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

ANA

O muro já está à sombra. É essa a razão da maior diferença...
Obrigado pelo elogio.

Um beijo.

Rui Angleu disse...

Uma fotografia fantástica, dum fotógrafo que nunca treme e muito menos se desfoca. Eu estava lá e vi.....Grande trabalho, como é hábito... Um grande abraço...Rui.

Rui Angleu disse...

Uma fotografia fantástica, dum fotógrafo que nunca treme e muito menos se desfoca. Eu estava lá e vi.....Grande trabalho, como é hábito... Um grande abraço...Rui.