.

quinta-feira, 5 de março de 2015

PORTA


© João Menéres


UMA PORTA COM PORTAS !

34 comentários:

Renata Carneiro disse...

Gosto!!!

João que corra bem a intervenção!
um beijinho grande

Eduardo P.L. disse...

Porta original.

João Menéres disse...

RENATA

Há-de correr !
Obrigado e um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Embora temporária, nunca vi outra assim...

Remus disse...

... e com direito a um buraco para a cusquice.
;-)

Isto sim é uma porta! Uma fotografia realmente bem tirada a uma porta. E não como as fotografias às portas do outro senhor com nome começado por Q e acabado em "cas" e lá pelo meio existe as letras es un tiu (não necessariamente por esta ordem).
É somente uma provocaçãozita, só para ver se ele ainda está vivo ou se já foi possuído pelo robot.
:-D

João Menéres disse...

REMUS

A cusquice faz parte da vida de muitas pessoas...
Deixemo-las viver.
O resto do mundo é superior a esse vício.

Obrigado pelo seu comentário.

Questiuncas disse...

Basta andar na rua para se verem portas dignas de uma fotografia e o João já tem uma série delas aqui no Grifo.

Quanto ao Remus, vamos ter novidades.

ANRAFERA disse...

Puerta con historias tras ella.
Me gusta mucho la fotografía.
Saludos.
Ramón

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Portas e janelas...
Mas passei a dar mais atenção às portas influenciado pela sua magnífica série que já festejou a centenária.


Obrigado e um abraço amigo.

João Menéres disse...

RAMÓN

Agradeço o comentário e a tua opinião que muito valorizo.

Saludos, hermano.

Agostinho disse...

Reutilizaçao de portas em porta a que não falta um curioso postigo para satisfação de vício antigo ou de necessidade premente de segurança, sem securitas.
Como sempre a qualidade da fotografia é boa.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Os meus agradecimentos pelo seu muito amável comentário.

Um abraço.

Ana Freire disse...

Uma porta... com portas... porque é uma porta que se importa... ora deseja abrir-se para o mundo... ora deseja fechar-se no seu próprio mundo, não querendo ver nada... ou quase nada, de outros mundos...
Não pude deixar de observar um comentário acima, João...
Desejo de coração, que a nova intervenção corra pelo melhor.
Beijinhos e um xi-coração bem apertado...
Ana

Maria Manuela disse...


Porta velhinha, remendada,
Sinais de tudo, sinais de nada...
E no postigo, alguém espreita ?
Alguém transpõe aquela entrada ?
Ou simplesmente está abandonada?

Beijinhos, JOÃO, e que tudo corra bem.

ana disse...

O tempo passou por esta porta e não deixou o cuidado.
No entanto, apesar de descuidada tem algo de imponente: a assimetria onde assenta e o desequilíbrio do seu próprio desenho.
A cor é também uma dádiva das circunstâncias.
Belo apanhado neste Porto/seu.
Beijinho.:))

Rasusras do Aparo disse...

... era uma vez uma porta que portas tinha ... mas como gostava de ver quem passava de uma se esqueceu ... e ainda hoje a não encontrou ... continua a espreitar na tentativa de a ver passar ... mas só o tempo tem passado por ela inclinando-a na tentativa de um apoio mais aconchegante na ombreira ...

Jorge Pinheiro disse...

Muito bom!

Presépio no Canal disse...

Gostei muito. Belo achado, João.
Bj amigo e tudo a correr bem.

Ana Bailune disse...

Olá, João!
Fiquei curiosa para saber o que há do outro lado desta porta!
Abraços!

João Menéres disse...

ANA FREIRE

À hora que deixaste o teu comentário, estava eu no novíssimo Hotel Vincci do Porto a festejar os 50 anos do meu filho mais velho...
Foram uns festejos fantásticos e ele era o mais animado de todos os presentes !
Como não levei a máquina fotográfica, não tenho como demonstrar.
Sou como a porta :
" Uma porta... com portas... porque é uma porta que se importa... ora deseja abrir-se para o mundo... ora deseja fechar-se no seu próprio mundo, não querendo ver nada... ou quase nada, de outros mundos..."
Mas talvez arranje maneira de em breve mostrar alguma !...

Muito grato te fico pelo carinho e votos formulados para que tudo corra bem na próxima semana.

Um beijo muito Amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Começo por transcrever o teu comentário, se me dás licença :

"Porta velhinha, remendada,
Sinais de tudo, sinais de nada...
E no postigo, alguém espreita ?
Alguém transpõe aquela entrada ?
Ou simplesmente está abandonada?
"

Tentando responder, diria que uma recuperação do edifício deve ser o próximo passo para mudar esta porta agora fotografada.

Muito obrigado também pelos votos que me desejas.
Estou ( até agora...) tranquilo !

Um beijo muito amigo e igualmente muito agradecido.

João Menéres disse...

ANA

Portadas de várias outras portas, o que me leva a imaginar que não tardará a recuperação deste tão antigo edifício onde há muitos anos funcionava uma livraria.

Um obrigado e um beijo, querida Ana.

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

Creio que a tábua que falta não é pela razão poética que lhe veio à mente, caríssimo amigo, mas sim, puro vandalismo ( ou curiosidade de alguém para ver o que se passava no seu interior...

Um abraço meu muito estimado Seguidor

João Menéres disse...

JORGE

Muito obrigado pela sua opinião.

Um abraço.

João Menéres disse...

SANDRA

Realmente, um feliz e casual achado...
Ia a caminho de uma inauguração de uma exposição de fotografia !
E fotografia chama fotografia...

Um beijo e o meu obrigado !

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Só ruínas, acho...
Mas, como disse acima, já lá existiu uma clássica livraria .

Tenho estado ausente do teu blogue. Quando, por vezes, o tenho aberto, já aqui é muito tarde, demasiado tarde.

Um beijo muito Amigo.

Isabel disse...

Uma porta muito gira e bastante curiosa...não consigo perceber bem como abre e onde fica a fechadura...

Um beijinho e espero que essa intervenção, de que fala a primeira comentadora, corra muito bem! :)

João Menéres disse...

ISABEL

Para já é um tapume...
A fechadura está noutra.

Correrá, se Deus assim o entender.

Um beijo muito grato.

Rute disse...

Lindíssima, JOÃO!

1 beijinho

João Menéres disse...

RUTE

Muito obrigado !
Peço desculpa das minhas ausências.
Cada vez é mais difícil.

Um beijo amigo e bom Domingo.

Luísa disse...

Abro a porta e vou entrar.
Atrasei-me na hora de comentar!
Bjnhs mil por mais uma bela foto

João Menéres disse...

LUÍSA

Foram só uns diitas...
Bem sei que todos temos outros afazeres que requerem e exigem a nossa preocupação.

E tenho sempre a porta aberta para os amigos.

Um beijo, querida Luísa.

DAlmeida disse...

É mesmo!... Uma porta com portas, muito bem observado... :)

João Menéres disse...

DAlmeida

Muito obrigado por este seu primeiro comentário no Grifo Planante.
Espero que venham mais.

Um abraço.