.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

QUANTOS ?

© João Menéres


PARA AJUDAR A CONTAR
OS CABRITOS QUE ONTEM COMERAM !

ESTÃO BARALHADOS ?
- ISSO FOI DO VINHO !...

:)  :)  :)

24 comentários:

Luísa disse...

ehehehehe!
Sei apenas quantos assei...
Mil beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

eheheh, digo eu !


Um beijo, querida Amiga.

L.S.A. disse...

Eu não comi cabrito, mas calculo que tenham comido uns milhares. isto por todo o País.
Oxalá todos tenham tido poder de compra para comer um prato de cabrito.
Além de não ser comilona eu só gosto de comer cabrito quendo não há.
Bj
L.S.A.

ana disse...

João,
Por aqui também se comeu cabrito. :))
Beijinho. :))

João Menéres disse...

MARIA

Boa piada essa de só gostares de comer cabrito quando não há !...
Eu não sou grande apreciador.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

ANA

Por cá, comeu-se e bem !
Como disse, pessoalmente, não sou grande apreciador.

Um beijo, Ana.

Remus disse...

Cabritos?
Também não exageremos. Quanto muito só foi necessário meio cabrito para alimentar 12 almas esfomeadas.
Mas é claro que tudo depende do tamanho do cabrito.
:-D

Mas porque é que o 4 vem depois do 5?
Estou mesmo a ver que para além dos cabritos, a pinga também era muito boa.
:-D

Isabel disse...

Está gira a foto!
É sobre um vidro? Uma montra...talvez...

(Não aprecio cabrito. É muito raro comer. Ontem ao almoço comi arroz de polvo)

Um beijinho

Maria Manuela disse...

Bem festivo, este post, com tudo a dançar !...
E sabe o que me lembrou ?
Não os animaizinhos que lá se foram... mas o colorido suave das amendoinhas delicadas...
O verde macio das ervilhinhas, o cenoura das cenourinhas, o rosa e azul bebés, o amarelinho das flores que olham para o sol como se as outras não olhassem...
Tudo bem misturado na doçura e paz de uma Páscoa bem equilibrada !...
Beijinhos, JOÃO, e uma boa semana !

Agostinho disse...

Andaram "eles" a sacrificar os cordeiros e esta gente a devorar cabritos, salvo a exce(p)ção da Isabel que comeu polvo. Se toda a gente tivesse os gostos da Isabel provavelmente o "montro" já teria sido dominado.
Quando se bebe uma boa pinga, sugere Remus, trocam-se os algarismos o que não é o caso. O que eu digo é que aumenta exponencialmente a criatividade para a invenção de números; e podem vestir roupagens de cores alegres como vê Maria Manuela.
Gostei deste.

João Menéres disse...

REMUS

VAMOS POR PARTES :

"CABRITOS" - Reportava-me a tosos os SEGUIDORES !

" O 4 E O 5 " - Julguei que fazia parte do
D. O !!!

" O VINHO " - Claro que era bom ! Foram só SEIS garrafas ao almoço !


Um abraço.

João Menéres disse...

ISABEL

Toda a razão quanto ao vidro !

Relativamente aos gostos gastronómicos de cada um, acho que não posso ser convidado para casa de ninguém !...
Não gosto de nada ( ou de quase nada...).

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Numa janela de uma Biblioteca Itinerante para Crianças, penso que a tua interpretação vai muíssimo bem !

Um beijo muito Amigo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Agradeço a leitura que fez dos diversos comentários.
Foi muito útil para tirar acertadas conclusões !

Um abraço muito grato.

Eduardo P.L. disse...

Só faltou o zero

myra disse...

ameiameiamei!

Li Ferreira Nhan disse...

Em casa nada de cabritos.
Fomos de camarão. :)

A foto esta ótima e engana bem; nem havia percebido o 5 antes do 4. E tampouco bebi!
Beijo querido!

João Menéres disse...

EDUARDO

O zero à esquerda não conta...

João Menéres disse...

MYRA

Fico tão contente, MYRA !...

Um beijOOOOOOOOOOOOOOOOOO

João Menéres disse...

LI

São usos e costumes mais deste lado.


Foi uma gracinha, querida LI !...

Um beijo.

Cláudia Ribeiro disse...

Tenho pena do triste fim do(s) cabrito(s), mas que estava divinal, estava! E "regado" com bom vinho verde...

Um beijo.:))

João Menéres disse...

CLÁUDIA

Se fôssemos ter pena de todo o peixe ou de toda a carne que comemos, também devíamos ter pena das alfaces e dos legumes que à terra arrancamos para nos alimentarmos...
Faz parte do equilíbrio natural.

Um beijo e obrigado pelo seu testemunho.

Rasuras do Aparo disse...

... esta numeração assim tão gráfica ajuda imenso ...mesmo quando a miopia é de origem vinícola ... não há duvida ...
...foi borrego ... foi borrego ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

...ou vitela, para quem a aprecia !
O vinho foi um Douro muito especial !

Grande abraço.