.

quarta-feira, 5 de março de 2014

FACHADA

© João Menéres

DAS MÁSCARAS AOS CORAÇÕES

UM JOGO DE LINHAS 
ALGURES NA HOLANDA.

( A pensar na SANDRA do
UM PRESÉPIO NO CANAL )

36 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...

Gosto da mistura, da combinação de linhas; quase um bordado!
Beijo querido!

Eduardo P.L. disse...

Multifachada...

Presépio no Canal disse...

Muito Obrigada, João!!! Mas que bela surpresa!!
Assim que vi a foto, pensei, isto é na Holanda! E depois li as tuas palavras!
Muitos corações de AMIZADE para ti também! :-)
Captaste bem a beleza da arquitectura holandesa: o jogo de linhas e os pormenores decorativos dos edifícios.
Olhando à primeira vista e como já tantas vezes ouvi, a paisagem urbanistíca holandesa é um bocado aborrecida e monocromática - andando pelo país, parece tudo igual. É preciso olhar para os detalhes, para os jogos de linhas, para os elementos decorativos, como fizeste. É aí que acabamos por ficar rendidos. É uma arquitectura que não se coaduna com olhares apressados, superficiais. Que, na sua discrição (à boa maneira Calvinista), pede que a descubram e que lhe dediquemos atenção e nos demoremos na sua riqueza discreta (muito Calvinista também).
Beijinho amigo.

L.S.A. disse...

A Holanda para um fotógrafo é para perder a noção do tempo!
Cada olhar... cada motivo. para fotografar.
Um País de paisagens maravilhosas!
Abraço

ana disse...

Gostei dos contrastes entre os dois edifícios.
Achei graça ao comentário da Sandra.
Beijinho. :))

Isabel disse...

Giríssima!

Um beijinho

Maria Manuela disse...

Muito interessante esta transição !
Do calor das cores carnavalescas ao silêncio contido nas linhas do violeta...
Do despojamento gradual da máscara, à nudez do coração... e eu prefiro, prefiro o coração...

É um Grifo atento que plana por todo o lado... recolhendo curiosidades que adapta a cada tempo...
Beijinhos, João e, grata pela partilha desta fachada...

Antonio Herrera disse...

Bella abstracción lila.

Saludos.

Luísa disse...

Que bem apanhado!
Sequencialmente belo!
Beijinhos

Carolina Tavares disse...

A arquitetura dos sobrados na Holanda é tão especial. Encanta vê-los a navegar pelo canal.

ana disse...

João,
Vim só dizer que no filme vê as obras e alguns dos seus destinos antes de regressarem à origem.
Vale muito a pena ver o filme. Passa-se já no final da guerra.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

LI

Para um lençol ?

Um beijo, Li querida.

João Menéres disse...

EDUARDO

Reparou naquela abertura vertical à esquerda ?

GL disse...

A Sandra merece!...
Referes a máscara e os corações, então e flor?!
Um conjunto bem interessante!
Beijinho.

João Menéres disse...

PRESÉPIO NO CANAL

Concordo com o que dizes sobre a aparente monotonia da arquitectura holandesa no que às casas diz respeito.
Mas, como eu procuro ver tudo, "descubro" um mundo de coisas e pormenores que são autênticas preciosidades, pelo menos para mim.
Fico deveras satisfeito por teres gostado e pelo comentário racional que fizeste e que muito te agradeço.

Um beijo grato, Sandra .

João Menéres disse...

MARIA

É isso mesmo !
Não fui na época das tulipas. Tenhoa certeza que iria gostar muito de ver aquelas imensidões cheias de cor.

Um beijo.

João Menéres disse...

ANA

A Sandra é muito sabedora, como viste.


Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

Muito obrigado !

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Realmente não te escapa nada !
Brilhante o que escreves sobre a decoração da coluna branca !

Obrigado por cada uma das tuas palavras !

Um beijo Amigo.

João Menéres disse...

ANTONIO HERRERA

Saludos e gracias pela tua visita e comentário que me deixou encantado.

Com amizade, te abrazo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Andava numa roda viva.
Por isso, nem havia tempo para anotar os locais...

Agradeço o teu Sequencialmente belo !

Um beijo tardio.

João Menéres disse...

CAROLINA

Já há muito que te não visitava !
Já figuras nos blogues que sigo.
Agora vou visitar - te mais vezes !

Mas dos canais não dá para apanhar estes pormenores...


Um beijo.

João Menéres disse...

ANA

Vou fazer os impossíveis para o ver.

Muito obrigado.

Um beijo.

João Menéres disse...

GL

Se calhar escapou por estar cá em baixo e numa figuração que pode deixar dúvidas...

Um beijo.

myra disse...

BELLLLLLLLLLLLIISSSSSSMA!!!!!!!!!!!!!!!

Presépio no Canal disse...

João,

Mais uma vez obrigada!! Gosto muito dessa tua busca, dessa tua atenção aos pormenores. São das fotografias que mais gosto, aquelas que desvendam detalhes belíssimos que só quem passeia a degustar o ambiente, "apanha" e assim saboreia a beleza do conjunto.
Mas, sabes, esta tua foto deixou-me a pensar... a tua foto espelha muito bem como vejo e sinto este povo. Os holandeses são muito associados ao rigor, ao planeamento, à discrição, a um certo distanciamento, a uma defesa sagrada da sua privacidade (a racionalidade das linhas, na fotografia), e até são tidos como pessoas frias e demasiado directas, mas, com cuidado e respeito e tempo, acabamos por descobrir pessoas amáveis e generosas, que se unem rapidamente para ajudar o seu semelhante (sendo que são aqueles que, a nível mundial, mais doações fazem às ONG's), fazem imenso voluntariado, participam em muitas actividades para o bem estar local e da vizinhança, criam rapidamente sinergias em alturas mais difíceis, centram-se nos aspectos positivos, e festejam os pequenos-prazeres da vida como nunca vi (os corações da fotografia). Esta dualidade que casa tão bem e não se antagoniza e que tão bem os caracteriza (razão/coração) e a tua fotografia mostra, sabiamente, através das linhas e dos corações. Desculpa o comentário longo, mas a foto interpelou-me e emocionou-me também, não só pela sua beleza, e sobretudo pela tua amizade, mas, por espelhar tão bem como tem sido esta experiência intensamente emocional de viver aqui: as linhas e os corações. Até na proporção das linhas, o quadro-fotografia está certo: os corações aqui levam tempo a ser conquistados...
João, e porque não será demais reafirmar, adorei a tua surpresa e prezo muito, muito a tua amizade. :-))
Um beijo. :-)

João Menéres disse...

MYRA

ObrigadOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO !

Um forte beijoooooooooooooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

PRESÉPIO NO CANAL

Estou espantado agradavelmente com esta tua 2ª visita ao post e com o carinho e interesse com que tudo transmites.
Em viagens de carro, ao fim do dia, uma coisa me surpreendeu : As salas já iluminadas e com as cortinas todas abertas !
Ora, tu referes aqui que os holandeses se impõem a uma defesa sagrada da sua privacidade. !
Bem sei que as casas estão a uma certa distância das estradas e quem passa, passa de carro.
Mas, de qualquer modo, não há alguma contradição ?

Comentáriolongo, Sandra ?
- Quem me dera que viessem vários assim !

Muito obrigado, pois, querida Amiga, pelo tempo que dedicaste a esta imagem e a radiografia ( ou teria sido uma T.A.C. ? ) que a ela fizeste não te esquecendo de elaborar o respectivo Relatório !

Obrigado, mil vezes obrigado !

Um beijo já num dia de Sol e em que a temperatura subiu um tanto.

Kalinka disse...

Muito Obrigado João!

Acredite que fico mesmo feliz quando vem aos meus blogues
deixar comentários,
pois o João é daquelas pessoas (poucas) que se preocupa
em dizer ou aconselhar sempre algo relacionado com as minhas fotos.

Sobre o seu comentário sobre o Sr.Pinto Lopes nem sei o que dizer...
Viajei apenas 1 x com a empresa e parece-me que foi a única;
nos tempos que correm há muitas mais alternativas
e em breve irei até à Holanda (por mim, sozinha à descoberta) e terei todo o cuidado em procurar estas belíssimas paredes roxas...
é uma cor que aprecio!

HOJE está um belo dia de Sol...
até a disposição muda, farta de chuva e dias cinzentos.

Na fotografia também costumo dar atenção aos pormenores - são desvendados detalhes belíssimos!

Tomara eu consiga captar a beleza da arquitectura holandesa
depois partilho.

Beijinho amigo da Tulipa(Ester)

Rasuras do Aparo disse...

... por vezes de máscara na tentativa de se esconder até de si própria ... outras vulnerável ... coração à vista ... alternando os matizes da sua coloração conforme ... mas sempre com o azul na lembrança ...

João Menéres disse...

KALINKA

Vais desculpar-me, sim ?
Mas em qual dos teus três blogues eu comentei da última vez ?
E quando ?

Quanto à questão do Sr. Pinto Lopes, perguntei porque achei muito interessante a idéia do passeio no rio...
Claro que já fiz muitos passeios aqui noDouro, mas nunca recuso mais um.

Um beijo e obrigado pela amabilidade das tuas palavras.

João Menéres disse...

RASURAS DOAPARO

Aqui apareceu mascarada deamarelo.
Que lhe adiantoiu ?
Já lhe conhecemos bem todos os truques para tentar passar incógnita !

Um abraço com Amizade.

Remus disse...

As cores eram mesmo assim?
Se sim, quem é que pinta um edifício com estas cores... só se for o edifício de uma casa mortuária.
:-D

Graficamente irrepreensível. As linhas, as figuras geométricas... tudo em perfeita harmonia.

João Menéres disse...

REMUS

Sensivelmente eram estas as cores !
Isso me despertou em primeiro lugar.
Só depois, vi a coluna branca.

Um abraço e obrigado.

Presépio no Canal disse...

João,

respondendo à tua questão: isso tem a ver com o Calvinismo. Mostrar as janelas abertas, cá, significa, que não há nada a esconder, que tudo decorre dentro da normaidade. Mas, no que toca à privacidade, dou-te alguns exemplos: aqui, a agenda e a combinação prévia imperam. Não é suposto aparecer na casa do vizinho, por muito que a relação seja cordial, sem marcar primeiro e com algum tempo de antecedência; o círculo de amigos é muito fechado (geralmente é o da infância) e leva muito tempo até te convidarem para uma festa de aniversário, por exemplo (isso já um muito bom sinal), as conversas também são mais neutras, etc.

Bjnho!

João Menéres disse...

SANDRA

Agora, com a tua explicação, compreendi perfeitamente !
Muito obrigado.

Um beijo também grato sobre os pormenores do relacionamento.