.

domingo, 1 de dezembro de 2013

PORQUE HOJE É DOMINGO...

A isto chama-se mesmo azar para a mulher do preto.

Dois brancos e um negro estão num andaime, a lavar os vidros de um grande edifício.
 De repente, o negro dá um gemido, vira-se para um dos brancos e diz:
 - Ai, ai, ai! Preciso cagar, vou cagar aqui mesmo!
 - ‘Tás maluco, pá! Vais sujar toda a gente lá em baixo!
 - Mas não aguento mais, meu! Não vai dar tempo para descer!!!
 - Então, bate na janela e pede à senhora que te deixe usar a casa de banho, aconselha um dos brancos.
 E é o que ele faz.
 Assim que a velha permite a entrada, ele voa p’rá sanita.
 Está o negro tranquilo e aliviado, quando ouve uma gritaria sem fim.
 Quando sai, vê que o andaime se tinha partido e os dois brancos se tinham espatifado no chão.
 No dia seguinte, no velório, estão lá os amigos, as viúvas inconsoláveis e o negro acompanhado da esposa, quando chega o dono da empresa onde trabalhavam.
 Imediatamente todos se calam.
 O empresário começa o seu discurso, dirigindo-se às viúvas:
 - Sei que foi uma perda irreparável, mas vou, pelo menos, tentar aliviar tanto sofrimento. Como sei que as senhoras vivem em casas alugadas, darei uma casa a cada uma. Também sei que as senhoras dependem dos autocarros, por isso, darei um carro a cada uma. Quanto aos estudos dos vossos filhos, não se preocupem mais, pois tudo será por conta da empresa até que terminem a Faculdade. E, para finalizar, as senhoras receberão todos os meses 1000 Euros, para as compras.

E a mulher do negro, já meio arroxeada, não se conteve mais e diz ao ouvido do marido:

- E tu a cagar, né, seu preto de merda???

7 comentários:

myra disse...

:( :) : ) :)

Norival R. Duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Norival R. Duarte disse...

Excelente piada, João!

Há muito não ria tanto, de até doer a barriga, mas não foi o caso de correr pro banheiro.

Com a sua devida licença, vou publicá-la no meu blog e como atualmente sói acontecer, também assim o farei no facebook.

Grande abraço.

António Jesus Batalha disse...

É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever é um blog simpático e aqui aprendemos, feito com carinhos e muito interesse em divulgar as suas ideias, é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
Sou António Batalha.
Aproveito para lhe desejar um feliz Natal e um Ano-Novo cheio de felicidades.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

Luísa disse...

eheheheheh!Há momentos de sorte...ou azar!

Belo momento!
Bjnhs com votos de uma excelente semana

João Menéres disse...

MYRA (E lá passou mais um Domingo. Fiz mais umas imagens. Qualquer dia surgirão...).

NORIVAL ( Garanto que no próximo Domingo ainda se vai rir mais. Esteja preparado, por favor. A licença está concedida e com o maior prazer ! ).

ANTÓNIO BATALHA ( Conforme mail que lhe enviei, tentei ser seu SEGUIDOR. Aqueles procedimentos que faço noutros blogues, não funcionaram aqui. Ignoro a razão e lamento que, por essa razão, não apareça já como tal. Agradeço a simpatia das suas palavras eespero ter os seus comentários quando tal lhe fôr possível. ).


MUITO OBRIGADO A TODOS QUE HOJE JÁ VISITARAM O GRIFO PLANANTE E, EM ESPECIAL, AOS QE AQUI DEIXARAM O CALOR DAS PALAVRAS

João Menéres disse...

LUÍSA

Eu ando sem horas certas...
Se gostaste desta, espera pela do próximo Domingo !
Nem imaginas !!!

Um beijo Amigo.