.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

ABSTRACTO ? NEM POR ISSO...

© João Menéres


PODIA DEDICAR ESTA A TANTOS DOS MEUS SEGUIDORES !...

24 comentários:

myra disse...

foto?pintura? TUDO JUNTO LINDOOOOOOOOO!!!
BEIJOS

Erica DAuria disse...

Bei colori! Sembra un quadro astratto...
Un saluto
Erca

João Menéres disse...

MYRA

Obrigadooooooooooooooooooooooooooooooo !

Um beijooooooooooooooooooooooooooooooo

Questiuncas disse...

Desculpe o abuso, mas vou-me autoincluir nesta dedicatória, já que sou um dos seus infinitos seguidores.
Desde já o meu obrigado.

GL disse...

Abstracto? Que importa isso?
Uma amálgama de cores lindissima, isso sim!

Abraço.

Eduardo P.L. disse...

Obrigado pela pequena parte que me toca!

Jorge Pinheiro disse...

Parecem rebuçados.

João Menéres disse...

ERICA

Thankyou, very much !

Kisses.

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

É um prazer verificar que "sentiu" a dedicatória !

Um abraço grato.

João Menéres disse...

GL

Muitoobrigado pelas palavras.

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Pequena ?
- Não, não !
ENORME !
Não se esqueça que foi o motor de arranque para o Grifo planar !

João Menéres disse...

JORGE

Sem o menor photoshop.
Pavimento e água.

Li Ferreira Nhan disse...

Então é concreto!
Com um colorido assim só posso agradecer; obrigada João! Amei a imagem, a dedicatória, a lembrança!
Beijo querido!

João Menéres disse...

LI

Verdadeiramente real !

Que bom teres gostado !

Um beijo, querida Li.

Rasuras do Aparo disse...

... fresca era a paixão que os envolvia ... escorreita inundava-os fazendo sobressair ainda mais as cores daquele estado de alma ... naquele verão ... que se foi replicando ano após ano ... e que de facto de "abstrato nem por isso" ...

João Menéres disse...

RASURAS DO APARO

A paixão sempre é fresca como a água que nasce na serra e desce até se perder no oceano da vida.
Essa é a verdade.

Obrigado, meu caro amigo, por tão bem "ler"a imagem.

Um abraço.

Luísa disse...

Que delicadeza a tua, senhor!
A minha parte é aquela do cantinho, discreta, clara quase transparente...
Muito obrigada por te lembrares de mim!Sabes uma coisa? Acabo de fazer compota de ameixa! ;-)

João Menéres disse...

LUÍSA

Acho que nesta imagem satisfaço vários gostos.
É como numa taça com mousse de chocolate : cada um serve-se à vontade. Po cima ou por baixo.

No Romeu não temos compota de ameixa, como te disse. Lamento muito.

Cuidaste tu de a fazer e fizeste bem, se é da que mais gostas.

Parece que na 1ª quinzena de Outubro o tempo não estará de feição para ir a Guimarães. Mas, as previsões apontam para uns dias melhores na 2ª !
Veremos.

Um beijo.

Maria Manuela disse...

Com que suavidade, ela, a água acaricia estas cores! Lindo, João!...

Parafraseando Jane Gatti, sobre a "pintura" dedicada a Myra Landau, "o que o pintor faz com as tintas e os pincéis", o João faz com o seu olhar e bom gosto...

Gostei imenso! Obrigada pela pequena parte que me possa caber.
Um beijinho

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Não é uma pequena parte !
É o que mais te agradar !

Depois dessas palavras, fico sem jeito !

Mas sei agradecer.

Um beijo e dorme bem, sim ?

Georgia Aegerter disse...

Joao, obrigada.

Mas fiquei curiosa com a figura.

O que é?

Abracos

João Menéres disse...

GEORGIA

Um pavimento de azulejos policromados onde corre água em dois sentidos ( num vai e vem, entendes ? ).

Um beijo.

Remus disse...

Este abstracto, apesar de saber que não é, tem ar de ser doce.
Um autêntica manta de retalhos. E mais uma vez, muito bem retratado.

João Menéres disse...

REMUS

Agradeço as suas constantes amáveis palavras e sempre elogiosas.
Como sabe, abordo diversoa temas com distintas finalidades.
É natural que haja postagens menos interessantes esteticamente.

Esta correu bem, sem d+uvida.

Um abraço grato.