.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

SEM PALAVRAS

© João Menéres

22 comentários:

Maria Manuela disse...

...Compondo a sua teia...

Esta bela foto de tão original imagem faz-me lembrar um dos títulos de D.S. - "Somos livres numa jaula..."
Gostei muito!
É numa das praças de Berlim?

Remus disse...

Bem... no mínimo ela tem uma paciência de Jó.
Agora qual será a ideia dela, com este trabalho, deduzo que esteja a criar um tipo de campo de forças, concorrente à bolha da Danone.
:-)

the dear Zé disse...

por vezes somos os construtores da nossa própria gaiola... hum, interessante.

abraço

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente fotografia....
Cumprimentos

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Foi num passeio mais largo.
Tive que cropar, por causa de uns automóveis que apareciam e eu pretendia dar o destaque à rapariga.
Sim, foi em Berlim.

( Estou atrasadíssimo com tudo ( e.mails, blogues e NÃO SÓ !...)

Um beijo.

João Menéres disse...

REMUS

A ideia dela não sei. A minha sei...


Um abraço.

João Menéres disse...

THE DEAR ZÉ


Também me fiquei interrogando...


Um abraço.

João Menéres disse...

FERNANDO SANTOS

Um instantâneo em Berlim.

Obrigado e um abraço.

ana disse...

Arrepiante!:)
Bela foto e oportunidade. :)
Beijinho.

João Menéres disse...

ANA

Estranha forma de vida.
Até eu fiquei com desconforto na alma.

Obrigado e um beijo.

Luísa disse...

Não será uma obreira das criações da J. Vasconcelos?
Tenho a certeza que o produto final ficará algo parecido com as rendas da concietuada senhora da "artes" mega (eu disse mega, não super)
Mil beijinhos

myra disse...

ffantastica imagem, ..acho que entendo ela...tbem estou numa gaiola...mas dentro...nao no ar, fora...

Kaipiroska disse...

Será que esta miúda pensou como é que vai sair dali quando acabar de tecer a sua bola de lã? Ahhhh é por baixo lolol :)

João Menéres disse...

LUÍSA

Confesso que não faço ideia...
Quem sabe se não tens razão.

O espectáculo terminou já passava da uma da manhã. Depois, tivémos que esperar pelas duas netas para lhes entregar os ramos de flores e felicitá-las pela actuação.

Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

Mas ela pode sair quando quiser !...


Um beijooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

CARIN

Pois claro !
Basta erguer a armação.
Mas, no momento da fotografia, também fiquei intrigado, devo dizer.
Como eu ficava sempre para trás, nem pensei mais nisso.

Um beijo e obrigado.

Mena G disse...

Lindissima!!!

João Menéres disse...

MENA

Obrigado !!!

Que pena não teres podidoir a Lx...


Um beijo.

alfredo nogueira disse...

Bom momento,excelente fotografia.
Óptima hipótese para o tema MULHER da FLINPO.

Parabéns.

Um abraço

João Menéres disse...

ALFREDO NOGUEIRA

Depois do metro que hoje vi, acho que não...

E agora estou a ver rostos e mais rostos !...

Obrigado pelo alento e renovados parabéns por ter sido o mais votado !

Um abraço.

Anónimo disse...

... por vezes deixamo-nos envolver por ela ...
T

João Menéres disse...

> T <

É o nosso destino, meu caro.
Por vezes, traduz-seem Felicidade...


Um abraço amigo.