.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

PORTAS NA RIBEIRA PORTUENSE

© João Menéres

CORES VIVAS EM PORTAS
DE ANTIGAS CASAS.

26 comentários:

Georgia Aegerter disse...

Lindas as cores, Joao.

Te desejo uma linda semana


Abracos

Ana Flora disse...

Que maravilhoso!!
Beijinho*

expressodalinha disse...

Agora só ficam a faltar as janelas. Maravilha de cores.

João Menéres disse...

GEORGIA

Ao sair de um viela, deparei-me com estas 4 portas.
Como lhes podia resistir, se ainda por cima tinha uma encarnada, como tu gostas ?

Agradeço a visita e o comentário.


Um beijo.

João Menéres disse...

ANA FLORA

Também fiquei encantado com este variado colorido !Um amarelo nas ombreiras e, depois, cada porta, sua cor !....

Um beijo grato.

João Menéres disse...

JORGE

Antes das janelas, seria preciso tratar das paredes que se vergam e descascam com o passar dos anos...

As cores resultaram num belo efeito, realmente.

Luísa disse...

Garantidamente uma entrada alegre!
Boa forma de entrar na semana!
Beijinhos mil

Luísa disse...

Onde está a Myra?
Não costuma ser ela a primeira a visitar-te em cada dia?

João Menéres disse...

LUÍSA

Penso tratar-se da entrada para um boteco...
Aquele estrado,de que se vê uma extremidade, é o piso da esplanada de um bar.

Obrigado pelo augúrio. Veremos...


Um beijo.

João Menéres disse...

LUISA ( II )

Não sei ao certo mas admito que tenha alterado o horário dos seus trabalhos...

Um beijo e obrigado por teres dado conta.

questiuncas disse...

Reconheço a minha ignorância.
Será na Rua dos Mercadores?

Mena G disse...

Luminosa!

Maria Manuela disse...

Uma alegria de cores!

E um bom apontamento!

Um beijo.

João Menéres disse...

MENA

Agradável surpresa a tua visita !

O dia já estava a perder o sol, mas com estas cores eléctricas tudo ganhou luminosidade. Até fiquei surpreendido.

Um beijo grato.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Quase parece uma paleta de facto...
Estas cores e as umbreiras dão juventude a uma velha rua do Centro Histórico.

Um beijo grato pelo comentário.

myra disse...

nao somente sempre gostei de portas, mas estas aqui sao e tem cores magnificas, cada vez mais "pinturas"...
beijos imensos

João Menéres disse...

MYRA

Tens muita razão.
Cada uma podia estar nalguns "museus" !
Umas cuja soleira está à cota da rua, outras que precisam de um degrau suplementar.
(Háoutras portas rua acima mas não estão pintadas e, por isso, não mereceram ser fotografadas.

Um beijooooooooooooooooooooooooooo

Li Ferreira Nhan disse...

Linda foto João! Mas o olhar da duas últimas portas pintadas no alinhamento das anteriores ficou singular!
Um beijo querido!

João Menéres disse...

LI

É, quanto a mim, um dos pormenores que valoriza o conjunto e que a ti não te passou despercebido, LI QUERIDA.

UM BEIJO AMIGO E GRATO.

Anónimo disse...

subo rua acima e ... portas que de tão coloridas nem fechadas parecem estar ... logo a primeira nos cria expectativas ... a segunda nos faz acreditar que o céu é o limite ... a terceira ... sim acertei é esta a paixão da minha vida ... por fim a última sempre me avisa , nem tudo o que luz é ouro ...
portas que foram acesso de vidas já passadas em cotas acima ... felizes umas ... outras menos ...
e cujo degrau se mantém em cor de ausência ...
T

João Menéres disse...

QUESTIUNCAS

Peço imensa desculpa de,mais uma vez, ter saltado um COMENTÁRIO.

Digo francamente : para quem confessa a sua ignorância, SABE MUITO !

Um abraço e as renovadas desculpas pelo lapso involuntariamente cometido.

João Menéres disse...

> T <

Agradeço o seu comentário cheio de " lembranças ".

Um abraço amigo.

Marco C. disse...

é q estas cores estavam mesmo mesmo a pedir uma fotografia!!

João Menéres disse...

MARCO C.

E não tiveram que edir muito, posso garantir-lhe !
Foi amor à primeira vista !!!

Um abraço e obrigado por ter comentado.

Kaipiroska disse...

Estas cores estavam mesmo a pedir para serem fotografadas :)

Remus disse...

Só é preciso escolher a que mais agradar.
Apesar de ser a de pior acesso, eu escolho a azul.
:-)

Como já disseram, são umas portas que pedem mesmo numa fotografia.