.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

INVERNO

© João Menéres




Nas entressombras de arvoredo 
Onde mosqueia a incerta luz  
E a noite ocupa a medo 
O incerto espaço em que transluz...

( Fernando Pessoa, in Poesias Inéditas )

32 comentários:

expressodalinha disse...

E muito frio...

João Menéres disse...

JORGE

Neste fim de dia, até nem estava...

Maria Manuela disse...

Sim, nem é preciso ver a chuva a cair ou o vento a agitar o arvoredo...

Basta olhar para a foto e sentir que o Inverno quase o despiu...
...E o pinta de luz derradeira e fria que a sombra da noite, devagarinho, já começou a diluir...

Lindíssima a imagem de Inverno!
E lindíssimo o poema de FERNANDO PESSOA que tão bem lhe assenta!

Um beijo

Ana Bailune disse...

Olá, João. Foto magnífica!

Li Ferreira Nhan disse...

Bons olhos sempre conseguem ver o dourado no cinza!
Foto esplêndida!

João querido, saudades...
Estou de ferias! Emendei janeiro e o carnaval!
Logo volto a minha rotina.
Passei para te deixar um beijo!
Hoje aqui a chuva deu uma trégua e o sol esta lindo!!!
Beijos querido!

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Depois do teu comentário e das palavras do Pessoa, que posso eu acrescentar de útil ?

Apenas agradecer o tempo e o modo como te dedicas a este grifo que plana menos vezes do que desejaria.

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

ANA BAILUNE

Muito obrigado pelo adjectivo com que qualificas esta imagem.

Um beijo.

João Menéres disse...

LI

Coser o Janeiro ao Carnaval é uma magnífica idéia, sobretudo nos anos em que os folguedos se iniciam mais cedo !
Que bom saber que estás quase, quase a retornar !
É que tens feito muita falta neste teu espaço !!!

Um beijo, querida Amiga.

Tété disse...

João, como sempre adoro as suas fotos, mas passei para lhe deixar um beijo de presença no seu espaço.
Teresa

Remus disse...

E que bela forma de retratar o inverno. Principalmente este inverno, em que num minuto está a chover e no minuto seguinte já está um sol radiante.

O céu escuro, em contraste com o dourado dos ramos e das folhas, está excelente.

Rute disse...

É sem dúvida uma fotografia de Inverno, tem cores de Inverno, tem 'cheiro' a Inverno. As palavras de Pessoa são tb elas repletas de Inverno.
Belo post!

1 beijinho

Luísa disse...

O inverno desnuda...tira a folhagem e despe os veios da ilusão num momento singular de despedida e preparação para a renovação!
Inverno é sinónimo de frio, de ruas despidas e varridas pelo vento!
Inverno é chuva, é intempérie...é lareira acesa e montanhas cobertas de neve!
Inverno é o presente, um presente dado pelo relógio e pelo movimento eterno de voltarmos ao fim do ciclo.
Seguindo no tempo, prossigamos em frente.

Beijinhos mil, á espera do registo das folhas e rebentar...

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente fotografia e poema....
Cumprimentos

João Menéres disse...

TÉTÉ

Agradeço a tua Amizade.
É muito bom não sermos esquecidos.


Um beijo.

João Menéres disse...

REMUS

Na minha opinião, não podia classificar melhor este Inverno.
Ainda hoje a fotografar o mar alteroso, isso sucedeu.

Um abraço.

João Menéres disse...

RUTE

Que grande honra ter R & R em dois comentários consecutivos !

Vou ter missão espinhosa em seleccionar o
COMENTÁRIO QUE MERECE UM POST amanhã !

Espero que os autores dos comentários não destacados não se melindrem, pois essa rubrica tem a única intenção de procurar alcançar uma maior interacção entre os meus amigos e ilustres seguidores.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Fizeste uma descrição completa de uma estação do ano que é muito dura para quem, e tantos são, não tem um abrigo que o defenda do frio, da chuva e da humidade.
E quantos não perdem a vida nessas condições !
Alguns perdem a vida por intoxicação ou por um descuido numa lareira ou num cobertor eléctrico que não foi desligado...
Lembras as montanhas cobertas de neve. E lembras muito bem, pois tenho dois filhos e cinco netos
( além das noras ! ) a gozar estes dias de férias de Carnaval numa estância dos Alpes, onde até os mais novitos já se desembaraçam muito bem !
Hoje tiveram um dia de SOL ! Vamos a ver os que se lhe seguem...

Fica prometida a fotografia dessa árvore na Primavera, mas podes ter a certeza que vais gostar mais desta, assim despida e com aquele céu negro !

Um beijo,

João Menéres disse...

FERNANDO SANTOS

Muito obrigado por me deixar saber a sua opinião.
Gosto do sentir dos meus visitantes e comentadores.

Um abraço.

ana disse...

João,
É ouro sobre cinza, esta árvore lindíssima.
Beijinho. :))

João Menéres disse...

ANA

Querida Amiga, muito obrigado !

Um beijo

AvoGI disse...

ai o que me fizeste!... ri-me com a anedota do domingo
kis .=)

Jane Gatti disse...

Ao ver a foto, imagino uma tarde fria, em que o sol tinge de dourado o cinzento do inverno. Lembranças afetivas de invernos passados chegam de mansinho e se acomodam ao nosso lado. Apenas uma foto: mas o quanto nos inspiram. Obrigada! Beijos.

myra disse...

meu Deus que beleza, nao tinha visto...ontem estava ,bem estou bastante como esta foto...mas sem a sua beleza!!!!!

João Menéres disse...

GISELDA

Tenho sempre alguma ao Domingo...
Umas com mais sal, outras com barbas.
A esperança é que pelo menos uma pessoa sorria !

Um beijo.

João Menéres disse...

JANE GATTI

Nessa tarde, não estava frio.
Tudo o mais encaixa nas nossas memórias ( nem que sejam do Inverno anterior ).

Obrigado por teres vindo e teres gostado.

Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

Então , como tu própria o dizes estás uma beleza !

´Nessa tarde, a árvore ainda tinha algumas folhas a protegê-la. Mas, não estava o frio que dias depois veio com toda a força e teima em permanecer acompanhado de muitos aguaceiros e umas saraivadas que, por vezes, deixam umas pedrinhas de gelo !

Um beijooooooooooooooooooooooooooooo

Kaipiroska disse...

Adoro a simplicidade e o contraste de cores neste seu registo!

João Menéres disse...

KAIPIROSKA

Se soubesses o prazer que tenho quando tu ou o Marco comentam alguma imagem minha...
Além de vos considerar um casal FANTÁSTICO, sou um fã incondicional do vosso trabalho enquanto autores de Fotografia !

Obrigado, Carin, por este teu comentário.

Um beijo.

Luísa disse...

ROUBADO!

;-)

Anónimo disse...

... apesar da tempestade que se avizinhava ... apesar de algum negrume em tempos idos ... lá reluziste na altivez de ... fim de tarde ...
T

João Menéres disse...

LUÍSA

CEDIDO !

(Há muito que tens autorização ! ).

Um beijo.

João Menéres disse...

> T <

Uma informação que lhe pode ser útil :
Habitualmente, pelas 22:00 ou 22:30h de cada dia, selecciono um COMENTÁRIO para postar às 07:00 do dia seguinte.
Procuro só postar um.
Às vezes, poderá ser mais do que um ( já aconteceu ).

Este seu, se tivesse vindo ontem, tinha todas as probabilidades de ser postado também.

Muito obrigado e aquele abraço de AMIGO.