.

domingo, 27 de janeiro de 2013

PORQUE HOJE É DOMINGO...

Carágo !
 

  Um brasileiro chega ao PORTO, e pediu uma informação na rua:
 - Aí, mermão. Onde pego um ônibus pra ir até á ferroviária pra pegar um trem?
 - E o tripeiro: Nós cá num dezêmos ônibus, dezêmos autocarro.
 - OK. Então como pego o autocarro pra ir até á ferroviária e pegar o trem?
- Outra vêz o tripeiro: Nós cá num dezêmos ferroviária, dezêmos estaçom.
 - Legal. Então onde pego o autocarro para ir até á estação e pegar o trem?
 - E vai o tripas: Cá num dezêmos trem, dezêmos cumbóio, carágo.
 - Porra, tá bom. Então mermão como pego o autocarro pra ir á estação para pegar o comboio?!?!
 - E volta o tripeiro: Nós cá num dezêmos pegar, mas sim, apanhar.
 - Ô cara tá gozando né? Tudo bom, como apanho o autocarro pra ir á estação para apanhar o comboio??!!
 - Não precisa ir a lado ninhum, é aqui mesmo...
 - E o brasileiro já f*did*: Me diz uma coisa:- Como é que vocês  chamam Filho da P*ta aqui no Porto ?
 - Aí o tripeiro arrasa: Nós num chamamos. Eles vêm do Brasil sem ningueém os chamar, carágo...
 


______________________________




COMENTÁRIOS QUE MERECEM UM POST

A propósito da postagem de ontem,
A nossa fiel seguidora MARIA MANUELA, escreveu :

E lá foram eles, a correr, os que ali estiveram várias horas a laborar...
E correm rápido para casa. em azul... E ao chegar, vermelhos de cansaço, reencontram-se finalmente...

E tudo fica deserto.
Resta apenas um belo grafismo - pistas de corrida - que prendeu o olhar de um certo Grifo, voando pelo Oriente...e o trouxe até nós. o grafismo, claro!
    

13 comentários:

Maria Manuela disse...

A propósito da anedota de hoje, acho o máximo!
E ri-me com imensa vontade...
Estava tão habituada às situações anedóticas, precisamente ao contrário, que esta surpreendeu-me, pois veio pôr algum equilíbrio...
E ninguém pode ofender-se mas, antes, rir-se, mesmo, com este tipo de coisas, de um lado e de outro, em que a inspiração popular é riquìssima...

Um beijo e obrigada pela boa disposição, num dia tão chuvoso e tão cinzento...

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Parece que os meus amigos brasileiros não gostaram...
Mas gostam de contar anedotas sobre os portugueses e eu acho imenso graça e não me sinto minimamente ofendido !
E nós, portugueses, contamos milhares de anedotas sobre os nossos patrícios alentejanos !
Aliás, eles gostam de anedotas sobre eles próprios. São os primeiros a rir !
Nunca soube de nenhum que ficasse aborrecido.
E os lisboetas contam outras tantas sobre os portuenses !!! Nunca ninguém se zangou, pois não ?
E os do Porto também têm algumas bem engraçadas sobre os " mouros " ( leiam : lisboetas, se faz favor ).
Aliás, eles gostam de anedotas sobre eles próprios. São os primeiros a rir !
Bem, para o próximo Domingo teremos uma HOT...

Um beijo e obrigado.

Jane Gatti disse...

Muito boa... Já faz parte da nossa tradição falar sobre portugueses, mas também sobre os irmãos mineiros, baianos, gauchos... Essa veia humorística está nas nossas veias, rimos de tudo e de todos. Creio que o importante é que a piada seja boa...
Abraços, bom final de domingo.

L.S.A. disse...

Gosto de ouvir falar os brasileiros e neste momento tenho muito de agradecer a duas brasileiras. embora a anedota me tenha feito sorrir.
Nós no Brasil certamente faríamos a mesma figura.
Ou não...?


João Menéres disse...

JANE GATTI

Ao criar este PORQUE HOJE É DOMINGO... tive como ojectivo, se possível, relaxar os nossos visitantes e, simultaneamente, que não se sentissem na delicada obrigação de comentar, já que este dia é geralmente destinado ao descanso ou, pelo menos, a fazer coisas que durante a semana muitos não podem fazer ( como passeios, visitar e receber amigos ou familiares, etc. ).

Anedotas que me chegam via mail e que eu selecciono e guardo para este dia.
Se umas têm barbas para uns, provavelmente sempre encontrarão alguém que a não conhece.
Continuaremos, pois, querida amiga.


Um beijo.

Luísa disse...

Ah!Ah!Ah!
Boa piada!

João Menéres disse...

MARIA

Nem é preciso ir tão longe !...
Basta atravessares para Espanha e logo constatarás que um vocábulo que existe nestes países nem sempre significa a mesma coisa.
E, um ou outro, são motivo de atrapalhação e, logo depois, de risota.

Um beijo e até amanhã.

João Menéres disse...

LUÍSA

Quem terá dado conta que o luso era do Porto e que a nossa pronúncia está aqui esposta sem melindres ?

Um beijo.

myra disse...

hahahahahaha!!!! gosto de rir!!!beijos

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Ui....
Esta é bem forte para os nossos irmãos brasileiros.... lollllll

Abraço

João Menéres disse...

MYRA

Rir é meia cura para qualquer doença.


Um beijooooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

MYRA

Rir é meia cura para qualquer doença.


Um beijooooooooooooooooooooooo

João Menéres disse...

RU PIRES

Não acho...
Já leu algumas dos brasileiros sobre os portugueses ?
EU JÁ !!!


Um abraço.