.

domingo, 15 de julho de 2012

PEDIDO DE CONSELHO


Caro Dr António Martins

Espero que me possa ajudar. Saí de casa ontem à tarde no meu carro para ir trabalhar, e deixei o meu marido em casa, a ver televisão.
Andei pouco mais de 1km quando o motor parou e não voltou a arrancar.
Voltei para casa, para pedir ajuda ao meu marido e quando cheguei, apanhei-o em flagrante na cama com a filha da minha vizinha!

Eu tenho 32 anos, o meu marido tem 34 e a desavergonhada, 19. Estamos casados há 10 anos e ele confessou que mantinha aquela relação há mais
de 6 meses. Eu amo o meu marido e estou desesperada. Preciso urgentemente do seu conselho.

Antecipadamente grata.

Paula

________________________________
Resposta do psicólogo

Cara Paula
Quando um carro pára, depois de ter percorrido uma pequena distância, isso pode ser devido a uma série de factores. Pode não haver combustível no depósito ou o filtro estar entupido, também pode ser da injecção electrónica ou da bomba de gasolina que, não fornecendo combustível ou pressão suficiente nos injectores impede que o motor funcione. Nesse caso, a pessoa a contactar deve ser um mecânico. Não volte a incomodar o seu marido. Ele não é mecânico.

Espero ter ajudado.

António Martins, psicólogo
 

20 comentários:

myra disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!
otima!
bbbbbbbbbbbsssssssssss

Eduardo P.L disse...

Caro João, um grande e sábio psicólogo Português !!!! Ótima!

Eduardo P.L disse...

A propósito, ontem a Florinda, que cozinha aqui na Piacaba me contou a desgraça de um amigo seu, taxista em Imbituba! Caso real: a mulher do taxista o traia, e ele resolveu se separar. Procurou um advogado que tratou dos tramites. No final da separação, teve que dar a casa que morava e uma pensão para a ex-mulher. Hoje a dita cuja vive com o advogado do marido.

João Menéres disse...

MYRA

Aos Domingos, ou não posto, ou coloco qualquer outra coisa diferente, para variar.
Hoje, foi esta...

Um beijoe obrigado.

João Menéres disse...

EDUARDO

Não há dúvida que o taxista ACERTOU no advogado !!!
Coitado.

Sara disse...

O psicólogo tem toda a razão: o marido não é mecânico, é outra coisa.... :))))
Beijinhos, João!

Luísa disse...

Impressões técnicas....
ehehehehehe

Anónimo disse...

... para psicólogo ... eu diria que era mecânico e ela se tinha enganado tanto no marido como no nº de telefone do dito psicólogo ...
T

João Menéres disse...

SARA

Coisas da vida...

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Isto da mecânica tem muito que se lhe diga !...

João Menéres disse...

> T <

É das convulsões do mundo.
Tantas voltas dá este planeta que tudo fica trocado.

Um abraço.

Maria disse...

É bem verdade que o barato saí caro...!ahahahah...

Maria Manuela disse...

-Já tinha saudades deste tipo de "histórias".

-Quando comecei a visitar o GP, lembro-me de ter lido uma ou duas lendas, histórias com humor, etc., além das belíssimas imagens...

-Boa pontaria, num Domingo!

Um beijo

João Menéres disse...

MARIA

É a vida, que é que queremos ?


Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

É para descomprimir...

Um beijo.

ana disse...

Ah, ah, ah, ah!
Foi bom rir para ir dormir com leveza!:)))
Beijinho.

João Menéres disse...

É melhor do que um comprimido...

mfc disse...

Que grande conselho...
Ehehehehehe.

Remus disse...

Totalmente de acordo com a resposta.
Nem haveria outra possível.
:-)

FAIRES disse...

Pois ...
Se queria saber, tinha de pedir esclarecimentos. Ficou esclarecida ...
Um abraço,