.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

UMA MANEIRA DE...

© João Menéres



...DE GUARDAR O VENTO.

50 comentários:

Georgia disse...

Belíssima maneira de guardar o vento, Joao.

Gosto de moinhos assim como gosto de Farol. Aquele que com sua luz traz esperanca aos navegantes que a terra está próxima.

Boa semana


Abracos

myra disse...

eu primeiro pensei que era na Holanda!
gostei muito do céu!!! que foto!!!!
gosto mais de farol que de moinhos, pqe serà?:)))com certeza preciso de um farol---
bjs

João Menéres disse...

GEORGIA

Bom dia !
Aqui no Porto está um rico dia de sol, mas muito frio !

Também gosto de faróis. Qualquer dia apresentoum ou outro...

Um beijo.

João Menéres disse...

MYRA

O céu ajudou muito à fotografia, sem dúvida.
E nas velas nota-se o seu movimento...
Cá por mim, tanto gosto de faróis, como de moinhos.

Tu, MYRA, estás iluminada pela tua criatividade, bens sabes. E a Arte completa.

Um beijo.

Luísa disse...

Uma maneira de...
...de viajar, voar, sonhar! Ir de encontro ao belo natural de uma ilha que me espera.E outra...e mais outra..
As janelas deste moinho guardam as histórias que as nuvens trazem e contam ao sabor do vento que sopra!
E as pedrinhas que lhe dão forma, riem simpaticamente do seu passar...já viram tanto!!!

Beijinho terno de votos de uma excelente semana!

João Menéres disse...

LUÍSA

Depois do que escreveste, não tenho forma tão bela de te agradecer as palavras e o que nelas expessas.

Um beijo e...resguarda-te do frio !

Tété disse...

Hoje está fresquinho mas com sol e imagino o que seria acordar e viver este dia num moinho no silêncio da natureza, quebrado pelo som do vento e do mar.
O que eu adorava ter um moinho.
Lá perto de Sintra onde tenho a minha outra casa há muitos transformados e são um amor.
Beijinhos grandes

FAIRES disse...

Uma excelente forma de guardar o vento...
Uma excelente maneira de fazer poesia com o vento...
Uma linda imagem...
Quanto a farois, adoro farois e tenho feito umas voltas a diversos farois. Dos principais já caminhei com 5 belos exemplares...
Um abraço,

BRANCAMAR disse...

Que espectacular fotografia!
Este moinho podia bem ser do nosso Minho, o terreno na costa é parecido, só que os nossos não estão assim com as velas tão bem conservadas, então arriscaria dizer que este moinho está num qualquer país a norte. O céu tem uma côr lindíssima!

Beijos e obrigada pela partilha.
Branca

Rute disse...

Que lindo! Parece uma bela pintura...
Uma maneira de nos encantar e de nos pôr a brincar e a sonhar com o vento...

1 beijo:)

Isabel disse...

Lindo, lindo...
Mas é proibido guardar o vento.
Deixá-lo livre e feliz...
Boa semana

Anónimo disse...

Antes do banimento por causa do anonimato, deixe-me dizer-lhe que o vento, como o pensamento, é livre. Não há moinho que o guarde ... que o aprisione. Porém, há moinhos, que guardam a luz. Um deles é este, o seu.
Gostei deste seu "Moirol".

Cumprimentos.

ana disse...

A fotografia é muito luminosa, as nuvens uma verdadeira arquitectura.
O vento é difícil de guardar mas as velas do moinho navegam com ele e desta forma julgo que o guardam.
Bj.

Cristina Pereira disse...

Adorei...:)bj

Wania Victoria disse...

João,

Uma foto digna de ENCANTArVENTOS!!!!




Belíssima foto, conseguiste guardar não só o vento, mas o movimento!
Amo moinhos!

Bjs de Dulcinéia ;)

byTONHO disse...



"AÇOres/cores
azul, 'azulinho', azulão
e o verde pelo chão!
"

Guardar o Vento = Energia acumulada.

BELEZA natureza!

:o)

Mariza Delandrea disse...

Um tanto quanto "maravilhoso" João!!

Um grande beijo

Mariza

mfc disse...

Uma bela fotografia... com movimento!

Breathtaking disse...

Uma bonita fotographia.

Dylan disse...

Belo controlo da velocidade de obturação (baixa).
Por instantes pensei tratar-se das terras de D. Quixote!:)

Kaipiroska disse...

Até parece uma pintura. Muito bonito.

Marco C. disse...

ainda não apanhei um destes p fotografar. o céu deu um bom contraste à foto. Abraço João!

Li Ferreira Nhan disse...

Eu amo o ar
e muito mais ainda o vento.
Tudo o que é feito para que o percebemos, sentimos ou o escutamos me atrai.
Tua foto me é especial, magnífica!
Um grande beijo

expressodalinha disse...

Especial para D. Quixote.

João Menéres disse...

NOTA :

Já agradeci os COMENTÁRIOS à postagem do dia 5 !!!

João Menéres disse...

TÉTÉ

Mas fizeram-se tantas barbaridades com a adaptação de moinhos a casa !
Nem ficou moinho, nem casinha...


Um beijo.

João Menéres disse...

FERNANDO

É óptimo quando falamos a mesma linguagem...

Tenho muitos moinhos e Impérios.
Mas como são slides, e eu não tenho tempo para os limpar, será que algum dia os vou poder mostrar ?

Um abraço.

João Menéres disse...

BRANCA

Este moinho tem uma arquitectura bem diferente dos nossos cá de cima.

E não é do Norte da Europa : Na ETIQUETA eu digo donde é ele.


Um beijo.

João Menéres disse...

RUTE

És tão poética e simpática...


Um beijo.

João Menéres disse...

ISABEL

Eu guardo o vento, como guardo os sonhos...

Um beijo.

João Menéres disse...

SENHOR ANÓNIMO

Queira fazer o obséquio de aceitar que eu ao dizer UMA MANEIRA DE GUARDAR O VENTO podia estar APENAS `técnica utilizada para fazer esta imagem onde pode perfeitamente constatar que as pás não estão congeladas, mas sim com o flou adequado à idéia do seu movimento.

Agradeço ter relevado a LUZ mas não sei o que significa "Moirol"...

Se não tem blogue, pode entrar como ANÓNIMO e escrever o seu nome no fim do seu comentário.
Obrigado se assim fizer no futuro.

João Menéres disse...

ANA

Uma vez mais gostei tanto do que escreveste que o transcrevo aqui :

> A fotografia é muito luminosa, as nuvens uma verdadeira arquitectura.
O vento é difícil de guardar mas as velas do moinho navegam com ele e desta forma julgo que o guardam.<

Um beijo minha amiga.

João Menéres disse...

CRISTINA

E eu gostei muito que tivesses adorado !

Um beijo.

João Menéres disse...

WANIA

Nem me importava mesmo nada de ser eu o Quixote, assim com uma namorada a tanto me elogiar !


Um beijo.

João Menéres disse...

TONHO

Bem sabes que não tenho hipóteses de te responder à altura.
Por isso, enquanto me puderes aturar ...

Um abraÇÃO !

João Menéres disse...

MARIZA

O vento vai levar-te um e.mail...


Um beijo.

João Menéres disse...

MFC

Obrigado pelo elogio.

Um abraço.

João Menéres disse...

BREATHTAKING


Sabes, os Açores ajudam...

Um beijo.

Cida disse...

Que foto linda, amigo João!
Amei!!!
:)

Te desejo tudo de bom.
Super abraço,

Cid@

João Menéres disse...

DYLAN

Já não nos visitávamos há muito tempo, não é verdade ?
Às vezes, calha mesmo assim, sabe-se lá porquê...

Obrigado pelo seu comentário.

Um abraço.

João Menéres disse...

KAIPIROSKA

A óleo ou a aguarela ?

Lol

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

MARCO

Acho este exemplar de moinho muito bonito e as suas velas também.
Tenho outros feitos nas 9 ilhas.

Mas com um céu destes, não tenho mais nenhum...

Obrigado pela visita e sobretudo pelo comentário.

Um abraço e até ao Flinpo, não é ?

João Menéres disse...

LI

Este moinho deu para muitas transcrições, e mais podia ter feito.

Aqui fica a beleza do que escreveste :

> Eu amo o ar
e muito mais ainda o vento.
Tudo o que é feito para que o percebemos, sentimos ou o escutamos me atrai.
Tua foto me é especial, magnífica! <

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

JORGE

Sempre asociamos, não é ?

Também andámos a batalhar !

João Menéres disse...

CID@

Muito obrigado pelo teu comentário tão gentil, minha amiga.

Um beijo.

Li Ferreira Nhan disse...

Obrigada João!
Mais Outro beijo.

Anónimo disse...

Moirol = Moinho + Farol


Agradecimentos

João Menéres disse...

AGRADECIMENTOS

É nome próprio ou apelido ?
Confesso que nunca tinha ouvido !

Obrigado pela preciosa explicação do Moirol.

AVOGI disse...

Guardar o vento ou pô-lo em movimento?
agora fiquei parva!
kis :=)

João Menéres disse...

GISELDA

Eu prefiro guardar o vento...
E um segredo também...

Um beijo.