.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

GRAFISMO

© João Menéres






PONTO  -  TRAÇO


Um ponto negro - um traço
na planície branca
e uma pergunta no silêncio
resolve-se na luz
de uma outra folha inantingível
nudez de evidência ou
de um equilíbrio súbito suspenso
de um contorno novo
uma prosa branca
o desvio de um sulco
ou haste
perpendicular à lentidão do curso
o nome que ascende e principia o fluxo
que não cessa aqui

( António Ramos Rosa, in A NUVEM SOBRE A PÁGINA, de 1978 )

30 comentários:

Anónimo disse...

espectacular.

abraço.

Fernando Reis

João Menéres disse...

FERNANDO

Muito obrigado !
Mas não se esqueça que a valorização advém do poema do António Ramos Rosa !

Um abraço.

José Jaime disse...

Lindo! Um casamento perfeito entre poema e imagem.
Abraços
José Jaime

João Menéres disse...

JOSÉ JAIME

Vamos a ver se a GISELA RAMOS ROSA pensa o mesmo !

Um abraço grato pelas suas palavras.

Beth Kasper disse...

Lindo!
Parece um quadro de Matisse

Rute disse...

LINDO! Palavras e imagem.
Gosto muito das cores e daquela 'haste' que nasce ali, do nada...para criar um belo efeito... de aspecto sereno, efémero e ao mesmo tempo angelical!

1 beijo

expressodalinha disse...

Muito enigmático. Muito bom.

tonhOliveira disse...



"Ter remoto
fendas abrem o chão...

Ai de mim
ai de ti
e outros HAITIs!"

Imagem NACÃO!

:)

intimidades disse...

uma parede ou uma pedra??

adorei o texto

Bjinhos
Paula

Luísa disse...

Sabes,
Há um Grifo que pelo olhar capta os pormenores de bom gosto! Una as palavras sabiamente combinadas ao belo visto na natureza!
Plana nas ondas da fidalguia e levanta voo na extrema beleza das suas imagens!
Eis um raro Grifo!Um Grifo de quem se tem saudade...
Beijinhos mil, SENHOR das belas imagens num quadro único de conbinação com as palavras!

Gisela Rosa disse...

É lindo João, "um equilíbrio súbito" aqui!

Um beijinho

jugioli disse...

beleza de grafismo!!!!!

beleza de poema.

João Menéres disse...

BETH KASPER

Já muitas pessoas compararam imagens minhas a diversos pintores, mas a MATISSE, és tu a primeira !

Que pena não ter feito o registo dessa lista (já era notável, posso dizer-te).

Um beijo agradecido pela bondade dos teus olhos.

João Menéres disse...

RUTE

Cá para nós - que ninguém nos ouve - é a sombra de uma àrvore...

Um beijo grato.

João Menéres disse...

JORGE

Nem tanto, se observar bem.

Um abraço.

João Menéres disse...

TONHO

Eu não tenho imaginação !
Isso é contigo e com outros génios !
Apenas vejo o que os olhos me mostram...

Um abraço.

João Menéres disse...

PAULA

Nem uma coisa, nem outra...
Nada do género mineral.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Boa observadora tu és !!!

Adiei a postagem um dia porque ainda não tinha encontrado o que queria.

És demasiado generosa com esta ave de rapina.

Um beijo planado.

João Menéres disse...

GISELA

> Um equilíbrio súbito < foi a melhor forma de me dizeres que aprovaste a escolha !
Estava cá com um medo...

Um beijo.

João Menéres disse...

JUGLIOLI

Vindo de uma Artista Plástica, tomo-o como forte elogio.

Muito obrigado.

Um beijo.

ElmaCarneiro disse...

Sou apaixonada pelo grafismo em todos os seus gêneros, texturas e formas.
Beleza de imagem. Adorei.
Beijoo

João Menéres disse...

ELMA

És uma simpatia !
Sorte a minha !!!

Um beijo.

Georgia disse...

Joao, boa noite!

Linda imagem e perfeito o poema.

Já corrigi o post. Acho que foi ppor causa da frase que copiei, ai todo o texto entrou com aquela letra minúscula, rs.

Obrigada por me avisar. Fiz uma nova postagem mas perdi os comentários;(

Abracos

João Menéres disse...

GEORGIA

Obrigado pelo COMENTÁRIO.

Para outra vez, COPIA TUDO...
Já me aconteceu, como é evidente.

Beijos e bom fim de semana.

Georgia disse...

Joa, é a puberdade chegando. Vc já passou por isso, agora sou eu, rs.

Obrigada por tudo.

Bom fim de semana

João Menéres disse...

GEORGIA

Certo.

Beijos.

ANRAFERA disse...

Estupendo trabajo. Enhorabuena. Saludos.
Ramón

João Menéres disse...

ANRAFERA

Muchas gracias, amigo.
Suerte...

Un saludo.

L.Reis disse...

Cada vez que venho ao Grifo "desço até esta fotografia...há algo nela de absolutamente belo...

João Menéres disse...

L. REIS

Estava surpreendido por não dizeres nada.
Agora, FIQUEI SURPREENDIDO...mas em sentido inverso !

UM BEIJO.