.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

MARIA ALBERTA MENÉRES

© Egídio Santos

O Senhor Presidente da República condecora hoje várias personalidades.
Entre elas, a minha prima MARIA ALBERTA MENÉRES.
Receberá o Grau de Comendador da Ordem de Mérito.
Quanto a mim, tardiamente...
Não poderei estar presente, com grande desgosto meu, por a cerimónia
se realizar este ano em Faro.

Apresento um breve C.V.

bullet.Biografia

Maria Alberta Menéres, de seu nome completo Maria Alberta Rovisco Garcia Menéres de Melo e Castro nasceu em Vila Nova de Gaia, em 1930.

Licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas, pela Universidade Clássica de Lisboa. Foi professora do ensino secundário e colaborou em diversas publicações nomeadamente Távola Redonda, Diário de Notícias, Cadernos do Meio-Dia e Diário Popular, tendo neste último sido responsável, durante dois anos, pela secção Iniciação Literária.

A sua primeira obra data de 1952 e intitula-se Intervalo, tendo sido premiada, em 1960, com o seu livro Água-Memória, no Concurso Internacional de Poesia Giacomo Leopardi.

Maria Alberta Menéres tem dedicado grande parte da sua obra à literatura infantil e juvenil e produziu nesta área programas de televisão, sendo em 1975 sido nomeada chefe do departamento de programas infantis e juvenis da RTP.

Ao longo da sua carreira tem recebido inúmeros prémios nomeadamente o Prémio de Literatura Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1981. Em colaboração com Ernesto de Melo e Castro, organizou, em 1979, uma Antologia da Novíssima Poesia Portuguesa.

bullet.Obras da autora

Ficção
O Poeta Faz-se aos 10 Anos, 1973
A Chave Verde e os Meus Irmãos,
1977
Hoje há Palhaços ,
1977
Primeira Aventura no País do João,
1977

Poesia
Antologia da Poesia Portuguesa (1940-1977)
Intervalo,
1952
Cântico de Barro,
1954
A Palavra Imperceptível,
1955
Oração de Páscoa,
1958
Água - Memória,
1960
A Pegada do Yeti,
1962
Poemas Escolhidos,
1962
Os Mosquitos de Suburna,
1967
Conversas em Versos ,
1968
Figuras, Figuronas,
1969
Lengalenga do Vento ,
1976
Um + Um = Dois Amigos,
1976
E Pronto,
1977
O Robot Sensível,
1978
Semana Sim Semana Não,
1978
Antologia da Novíssima Poesia Portuguesa,
1982

bullet.Sítios Web sobre a poetisa

Biografia, Obra, Textos online, Prémios de Maria Alberta Menéres
http://www.mulheres-ps20.ipp.pt/M_Alberta_Meneres.htm

Entrevista com Maria Alberta Menéres
http://caracol.imaginario.com/autografos/malbertameneres/index.html

Projecto Vercial - Vida e Obra de Maria Alberta Menéres
http://www.ipn.pt/literatura/meneres.htm

Biografia e Bibliografia da escritora
http://www.asa.pt/autores/autor.php?id_autor=205

Biografia e Bibliografia de Maria Alberta Menéres - Casa Comum da Lusofonia http://educom.sce.fct.unl.pt/proj/casa-comum/2/biblioteca/autor.php?id=193

(Fonte: Espaço Poético)


Infantil

  • clarinete, 1930
  • Figuras Figuronas, 1969
  • A Pedra Azul da Imaginação, 1975
  • A Chave Verde ou os Meus Irmãos, 1977, (ISBN 972-41-2375-8)
  • Semana Sim, Semana Sim, 1979
  • O Que É Que aconteceu na Terra dos Procópios, 1980
  • Um Peixe no Ar, 1980
  • O Trintão Centenário, 1984
  • Dez Dedos Dez Segredos, 1985
  • À Beira do Lago dos Encantos, 1988
  • Quem faz hoje anos, 1988 Editorial Caminho (ISBN: 9789722106764)
  • Colecção “1001 Detectives- 15 volumes (em colaboração com Natércia Rocha e Carlos Correia), entre 1987/92
  • Sigam a Borboleta, 1996
  • 100 Histórias de Todos os Tempos, Edições Asa 2003
  • Passinhos de Mariana, Edições Asa, 2004 - (ISBN 972-41-3270-6)

"Camões, o Super Heroi da Língua Portuguesa" 2010

  • Outra vez não!

(Fonte: Wikipédia)

_____________________________________________________________________________

Já que não posso ir a Faro, dedicarei várias horas a agradecer comentários

que fizeram nas últimas postagens do GRIFO PLANANTE e que só hoje tenho oportunidade...

22 comentários:

Luísa disse...

João,
já em tempos te tinha perguntado qual o vosso grau de parentesco!
Sabes que a minha filha adora o que ela escreve.Lê-a com muito gosto e vontade.
Li uma reportagem-biografia, estes dias, que contava a mulher fantástica que ela sempre foi e a tristeza que sentiu por lhe retirarem a carta de condução...
Só nessa entrevista soube que ela é mãe da Geninha Melo e Castro. Uma familia de portento, pois claro!

Um beijinho terno para ti, portento amistoso da familia!

myra disse...

puxa! que personagem ! pena que nao li nada dela!! formidavel vida, carreira, e agora este grande acontecimento! parabens a ela e felicidades a voce, que formidavel familia! ela vai entender que voce nao poderà estar presente, uma pessoa que fez e escreveu tudo isto, deve ser incrivel! que talento! que sensibilidade1 que fabuloso trabalho!
beijos meu querido Joao

Jorge C. Reis disse...

Prémio justamente merecido

angela disse...

Parabéns para sua prima e uma pena você não ter podido ir. Imagino que esteja muito feliz.
beijos

susana disse...

Acho bem que haja um motivo muito válido para não ires, pois ela merecia a tua presença! Grande mulher!
Qual dos livros dela me aconselhas a ler, dos que leste, qual te tocou mais?

MUITAS FELICIDADES e parabéns!
beijinhos missixty

Sandra disse...

João,amigo Querido!
Um bela postagem esta. Parabéns pela brilhante prima.
Momentos assim, merecem ser divulgados com certeza.
Que pena, que neste momento tão especial da vida dela, vc não possa esta presente.
Mas tudo tem o seu momento certo, amigo.
Olha deixei rosas para vc.
Carinhosamente, a Curiosa te espera.
Sandra

tonhOliveira disse...



Parabéns João pela prima!

Abraços!

Georgia disse...

Joao, parabéns pela prima. Uma familia envolvida ns artes da escrita da fotografia, tudo em nome da cultura.

Parabéns!

Alice Salles disse...

Que delícia! Família mais do que talentosa! Mais do que DELICIOSA! Parabéns a sua prima e todos os seus!

Mar de Bem disse...

João, que fantástico panegírico à sua prima. Ela merece-o.
Parabéns aos dois e, acima de tudo, ainda bem que não foi a título póstumo, como é hábito em Portugal. Por isso estão duplamente de parabéns!
Beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

Julgo que aquele projecto para S.Salvador se esboroou.
Mas, se andar ainda e se se concretizar a GENINHA vai também !
Fui eu quem sugeriu o nome dela, pois tem muito crédito por lá.
A M.A.M., infelizmente, está um bocado diminuída. Por isso eu escrevi >tardiamente<.
Entendo que alguns dos livros dirigidos para a faixa etária mais jovem, bem podiam ser lidos por adultos.
Não perdiam tmpo!
O do Camões é imperdível. Como outros,,,
Aprecio as Antologias. E não é tão fácil a tarefa como muitos poderão supor.

Um beijo grato.

Obrigado

João Menéres disse...

MYRA

Se eu soubesse o género de que mais gostarias...

Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE

Agradeço o aplauso.

Um abraço.

João Menéres disse...

ANGELA

O sucesso de AMIGOS é um conforto para mim.
Nem precisam ser familiares...

Um beijo.

João Menéres disse...

SUSANA

Apenas a falta de tempo...
E tinha um concerto em Lisboa na próxima semana da GENINHA, em Lisboa. Deve ser cá um espectáculo!

Quais recomendo?
Sei lá o que mais aprecias !

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA

Muitote agradeço as palavras.
É realmente um nome na CULTURA PORTUGUESA!

Um beijo.

João Menéres disse...

TONHO

Um abraço pela presença de hoje.

João Menéres disse...

GEORGIA

Há ainda outros ARTISTAS na família...

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

ALICE

Eu sei quanto valem as tuas palavras.

Obrigado, meu anjo.

Um beijo.

João Menéres disse...

MAR

Muito te agradeço as palavras escritas e as sentidas.
Lê o que disse à LUÍSA (lá em cima).
Já devia ter sucedido...mas ainda foi ± a tempo.

Um beijo

Céu Vieira disse...

Parabéns pela prima João!
Um prémio bem merecido!
Eu vi a condecoração na TV!
Bjinhos

João Menéres disse...

CÉU

Obrigado, minha amiga!
Também tive que ver na TV...
Há dois anos não lhe faltava saúde!
Mas acho que não se deu conta das limitações...

Um beijo.