.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

TECEDEIRA

Photobucket
© João Menéres

TECEDEIRA

Em antiquíssimos teares, que eram da sua mãe a D.Ana,
de Limões (Cerva),a sua filha FERNANDA continua a tradição
de produzir magníficas colchas em linho.
É do melhor que se faz em Portugal.
Conheci a D. ANA em 1985.
Agora, após o seu falecimento, continuamos
a ser fieis clientes da D.FERNANDA.

26 comentários:

tonhOliveira disse...



Bela imagem "teceste"...
Pode ter sido?
Foi!

abraços!

Fê-blue bird disse...

Que beleza de tecelagem, e a fotografia faz-lhe justiça!
Um abraço

Fernando Reis disse...

Homenagem bela e justa ás mãos das mulheres que como a D. Fernanda teceram para todos nós muito mais do que tecidos.

Jorge C. Reis disse...

Bonita divulgação do nosso património cultural. As tecedeiras portuguesas merecem esta homenagem

angela disse...

Mãos calejadas
nas delicadas rendas
tecem poesias.

beijos

Céu Vieira disse...

Que maravilha amigo João, a foto e as coisas bonitas que faz a Dª Fernanda!
Obrigada pela partilha desta área da cultura portuguesa! Gostei muito de ver!

Com respeito ao programa de edição que uso, não é o photoshop, é o paint.NET.
Bj

Luísa disse...

Saberes ancestrais detentores do labor de outrora, onde os espaldares do tear aligeiram a circulação da arte com mãos orientadoras do desenho!
Olha a manta!
olha o fio!
olha a cor do trabalho,
pronto a oferecer a um filho!

Como aprecio estas peças! Parece que oiço os a genica dos braços a puxar o espaldar e a puxá-lo a bater...nova fiada tecida! Prova vencida!

Bela imagem ,SENHOR!
Arte muito portuguesa!
Arte muito das nossas arcas e enxovais!
Beijinho terno!

João Menéres disse...

TONHO

Teci, enquanto a minha mulher verificava as últimas encomendas...

Um abraço.

João Menéres disse...



Realmente, é uma arte maravilhosa.

Um beijo.

João Menéres disse...

FERNANDO

Tecem Arte!

Um abraço.

João Menéres disse...

JORGE C. REIS

Modesto o meu trabalho face ao que lá se vê.

Um abraço.

João Menéres disse...

ANGELA

As mãos calejadas são mãos sensíveis. Como dizes, e muito bem, produzem poesia em fios.

Um beijo.

João Menéres disse...

CÉU VIEIRA

É nossa obrigação mostrar o que os nossos artesãos produzem de qualidade rara.

Um beijo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Como sempre, as tuas palavras são um encanto.
Os meus três filhos já há muito possuem uma colcha tecida por linho que forneci.
Linho antigo saído de uma arca (daquelas onde o milho era guardado, sabes?).

Um beijo que te entrelace.

Gisela Rosa disse...

Adoro o trabalho lento e antigo das tecedeira!
Bela supresa João. Um abraço amigo

João Menéres disse...

GI

Obrigado por teres aparecido e comentado.
Eu, vou aos teus blogues, evidentemente, mas fico com os dedos presos: eles não se atrevem a escrever.
Lamento, mas também não ando com cabeça fria...

Um beijo.

samnio disse...

A boa arte Portuguesa na sua plenitude.

João Menéres disse...

SAMNIO

Agradeço o comentário.

Um abraço amigo.

myra disse...

aqui estou outra vez, e como sempre para te dizer que esta foto e o que representa e a D.Fernanda, sao lindas!!!

João Menéres disse...

MYRA

Muito obrigado pela amizade que as tuaspalavras sempre revelam.

Um beijo.

momentos disse...

Linda imagem esta da tecedeira!

Consegui recuar no tempo, regressar à infância,
lembrar os serões, as tardes chuvosas, as histórias contadas, as confidências partilhadas...
lembrei o tão familiar som das "canelas" a bater no tear, cheias de cor, alegria e vida, quando a quatro mãos da lã emergia os nossos tão tradicionais trages regionais,
os trages do nosso floclore, que nos representa bem longe...
Umas das mãos já nem cá estão, mas nós continuamos a ser representados e homenageados!...

Lindo beijo!

momentos disse...

Coincidência, também se chamava D. Fernanda, a minha avó emprestada!

Entre outras coisas, também me ensinou a tecer!

João Menéres disse...

MOMENTOS

...assim, não são meros momentos.
São palavras doces onde se sente a veracidade expressa.
A noite está muito carinhosa comigo.

Um beijo que perdure.

Maria Augusta disse...

Que beleza de trabalho, você tem razão em prestigiá-lo, parabéns!
Um abração.

Hellag disse...

trabalho de ouro! impecável este bordado que não conhecia...
<:)=

Yvonne Teixeira de Almeida disse...

adorei a imagem conheço a dona Fernanda.Moro no Brasil conheço a perfeição e o amor com que este trabalho é feito tenho algumas peças, que guardo com muito carinho. beijos