.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Photobucket

© João Menéres


Senhor, nas minhas veias
Trago a morte medida.
Sou lâmpada de pobre:
Nem toda a noite a vida.
(...)

( Vitorino Nemésio, 1901-1978, in Senhor, nas minhas veias)

28 comentários:

myra disse...

voce é mesmo um enorme artista!
te admiro com todo meu coraçao!
beijos e um bom dia,

Eduardo P.L disse...

Fé é sempre a última que morre!

tossan® disse...

"A vida à noite
Nem toda pobre:
Lâmpada é medida...
Trago a morte
Nas minhas veias, Senhor(...)"

Vitorino Nemésio (invertido)
Fenomenal foto à luz de velas.
Abraço João

Sandra Rocha disse...

Neste momento a minha fé é fraca, nós os "dois" estamos meios zangados :) mas isto passa.

Agora para falar da sua foto está magnifica e muito nostálgica.

Beijinho e bom fim-de-semana,

angela disse...

Triste foto e triste verso, porém lindos.
beijos

às vezes apenas se flutua... disse...

A Conceição Duarte pediu-me para votar no seu blogue o que fiz.Depois vim vistá-lo e há mtº.
que ver e apreciar, em outras passagens por aqui. Parabéns pelo mesmo.
Se quiser ter a amabilidade de
passar pelos meus modestos blogues:
http://intemporal-pippas.blogspot.com - http://plullina.blogspot.com
teria muito prazer.
Os meus cumprimentos

Jorge Monteiro disse...

Gostei da foto, mas gostei ainda mais do casamento que fez com o poema.
Parabéns.
Bom fim de semana.
Abraço.

expressodalinha disse...

Fés cruzadas num poema fantástico.

Selena Sartorelo disse...

Olá João,

Um poeta que eu não conhecia e trás nas palavras sentimentos tão procurados. Não quero invadir tua imagem nem descordar das palavras que escolheu tão bem para representá-la, apenas e se permiti escrevo a força que ela tem com os olhos que a enxergam.
A fé, o momento certo do saber
Uma vida por esse sentir
O momento de esse existir
Que seja lógica ou absurda
A fé que eu quero sentir
Os que sentem
Como vendas nos olhos
Capturar o momento do pensamento que passa como o vento expurgando o sentimento
A fé que clama o existir reclamando o sentir do prumo da emoção, do eixo da razão.
A fé que move.
Presente.
A fé que estanca quando está ausente.Passado.
A fé. Futuro.
A fé que ilumina as sombras percebendo o esquecimento da luz.
A fé que transforma.
O sentimento que invade.
A ciência que supera.
A lógica que mata.
A fé que provoca a coragem.
A fé que enfraquece o medo.

beijos João.

Luísa disse...

Inquestionável Fé de quem a sente!
O poste é um convite á reflexão?
Ou um desafio ao perdão por tão violenta queimada?
Beijinho terno

João Menéres disse...

MYRA

Fico sempre devedor das tuas generosas palavras.

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

É como os SONHOS...

Abraço.

João Menéres disse...

TOSSAN

Emocionante como LEU Nemésio!
Grande homenagem, sim senhor !

Obrigado por tão rasgado adjectivo.
Quando não há outro motivo, e queremos fazer alguma coisa, só temos de prestar atenção ao que nos rodeia.

Um abraço amigo.

João Menéres disse...

SANDRA ROCHA

(Passo por cima desse "meios").

Agradeço as palavras relativas à imagem das velas.

Beijo grande.

João Menéres disse...

ÂNGELA

Poética forma de transformar a tristeza numa coisa linda.
Gostei muito.

Um beijo.

João Menéres disse...

PAULINA

Muito agradeço o voto precioso que muito ajudou a chegar aos 221.

Fico bem contente por teres gostado do GRIFO.
Confio que passes a visitar-me com a regularidade possível. Assim, não esquecerei a razão da tua "descoberta"...
Essa fonte trabalhou imenso, nem podes imaginar !

Vou visitar os teus blogues, claro !

Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE MONTEIRO

Grato pela visita e pelas palavras deixadas.

Um abraço ( o filhote está good?).

João Menéres disse...

JP

>Fés cruzadas num poema fantástico.<

Reconheço que é um comentário brilhante !

Um agradecido abraço.

João Menéres disse...

SELENA

Um beijo muito grande pelo poema que a tua inspiração te fez dedilhar.
Quem não pode reconhecer o teu dom?

Sugeri à SANDRA ROCHA ( um pouco acima) que o lesse.

O B R I G A D O !

João Menéres disse...

LUÍSA

Sempre bem ajustadas todas as palavras por ti deixadas.

Agradeço muito.

Um beijo.

mario nelson disse...

!!!!!!!!!!!!!
ja agora...que tal uma "postagem" de uma "parede" interior onde está talvez uma das grandes coleções de "crucifixos"?
desculpa meu amigo....mas vem de acordo com esta foto...
grande abraço
mario nelson

João Menéres disse...

MARIO NELSON

Estou a dever essa imagem há muito tempo a uma amiga brasileira (é vergonhoso ter que confessar o meu pecado).
Está feita. Mas, quero outra. Ela queria em pormenor..
Ora, em pormenor não dá.
Tem que der uma parte da parede...

Agradeço a sugestão, meu amigo.

QQ dia, talvez depois do Natal.

Um abraço.

ellen disse...

Boa imaginação de Fé.

Beijinho

João Menéres disse...

ELLEN


Obrigado uma vez mais pela tua presença e pelo sentido do que escreveste.

Um beijo.

lírica disse...

Tuas fotos João, são belas, parabéns!

Lírica

João Menéres disse...

LÍRICA


Muito obrigado pela tua visita.

Um beijo.

lírica disse...

João!

És meu seguidor numero 100!!!!!!!!!!!!!!
Obrigada por tua Cia tão preciosa!

bjs

Lírica :)

João Menéres disse...

LÍRICA

Número bonito para ambos, não achas?

Parabéns!!!

Um beijo.