.

sábado, 19 de setembro de 2009

PORTAS E JANELAS

Photobucket
© João Menéres


ARQUITECTURA TRADICIONAL

E, é asim que daqui a uma década, será muito difícil encontrar
exemplos da Arquitectura Tradicional Portuguesa
em qualquer das nossas regiões continentais !

41 comentários:

Quase Blog da Li disse...

João,
li sua entrevista no 25 Perguntas via Varal, claro :)
Sensibilidade, arte, amor, humor, otimismo, prazer, generosidade;
de Mistura Fina você é composto!
Adorei te conhecer mais um pouquinho.
beijo
li



(a coleção de crucifixos é sua? Adorei! Pena a foto não mostrar com mais detalhes)

João Menéres disse...

QUASE BLOG DA LI

Queres que faça um fotografia que mostre mais em detalhe alguns destes meus crucifixos?
Depois da forma como teces as considerações sobre a personalidade que julgas eu possuir, sóposso, assim no imediato, tentar retribuir dessa forma. E, depois de a fazer, envio-ta por e-mail, pode ser ?

Um beijo.

myra disse...

sempre gostei de portas e janelas..e velhas , alem do mais,
esta tua foto é linda!
um bom fim de semana para voce.
A minha filha tem mania de portas velhas...vc. pode ver no site dela...

acho que vou te mandar algo , uns posts meu que com certeza nao viu...
abraços,

Wania disse...

Bom dia, João!

Uma janela emoldurada pelo tempo!

Muito linda a fotografia, parabéns pela tua sensibilidade em capturá-la.

Tenho uma adoração por janelas e portas... antigas então, melhor ainda. Por certo não sou a única, pois já havias me dito que tb gostavas muito e agora fico sabendo que a Myra tb gosta.
Elas sempre me rementem a um certo místério, o que escondem por de trás???

Bom sábado pra ti,
Bjs

ellen disse...

Daqui a uma década difícil João? olhe que não, olhe que não :)
Apesar de uma notória decandência, torna-se num rústico bonito...
Beijinho

Chica disse...

Eu adoro portas e as janela sempre me fascinaram.Linda! abração,chica

expressodalinha disse...

Se vai. Ainada há no Alentejo e Trás-os Montes.

hasaliah disse...

querido amigo,,,
Eu candidato-me a MANDATÁRIA desse acontecimento....
Tratarei de tudo, comes, bebes, dormes,,,,, tudo,, incluindo o percurso a visitar...

Só aguardo a data prevista, para poder começar o trabalhar.

E, aí vamos poder visitar percursos de Arquitectura Tradicinal Alentejana (portuguesa)...

Como o joão conhece o Alentejo tão bem como eu, vamos os dois tratar disso... está combinado! ?

beijão

Menina do mar disse...

Precisava aí de um toque do Tonho :)
Bjs

Judite (Dite) disse...

Aos poucos vamos perdendo um pouco de tudo!
São as modernices!
Um beijo,
Judite

Luísa disse...

Devolutas são as ideias parcas e pequenas de quem não quer voltar a lixar, caiar ou pintar, para de algo de velho fazer novo!
Daqui a 10 anos, estaremos à janela, a ver passar a banda duma povoação encantada por ver ressurgir a alma ancestral do seu povo!
Velho? Não! Velhos são os trapos e farrapos, tal como diz a sabedoria popular!

Falta-nos vontade de rrrrrenovar!(ui!isto faz-me lembrar alguém!)

Beijinho terno!

Eduardo P.L disse...

Linda imagem, boa postagem!

Selena Sartorelo disse...

Sabe João, eu sou caipira, nasci numa pequena cidade chamada Palmeira D'oeste fica no interior do estado de São Paulo, exatamente a 750 km de distância da capital. A minha infância foi linda e a maior parte dela eu passei numa casa que ainda chamamos de "a nossa casa de tábua", a casa não existe mais, hoje em seu lugar foi erguida uma bela casa de alvenaria...o que mais sinto foi a mangueira que tinha no fundo do quintal que precisou ser cortada para a entrada da nova construção. E olhando essa foto lembrei das suas janelas, pois, elas eram idênticas á essa.
Nossa casa era de madeira envernizada e conforme a madeira foi envelhecendo as cores chegaram para corrigir as imperfeições causadas pelo tempo e eram sobreposta ano após ano.
São camadas João...camadas deixadas, lugar que escorreu muita água e a cada desbotada davam uma demão, são camadas João...camadas marcadas de cores João! Feitas por tempos desatentos palavras distraídas outras rimadas, dimensão vislumbrada...são camadas João...Camadas que de tão escamadas
viraram feridas algumas cicatrizadas, outras não.
São camadas João!Janela cerrada,
portas abertas
São camadas João!

beijos João.

tonhOliveira disse...

Caro João

1º - Parabéns pela brilhante entrevista no 25 perguntas.

2º - Desculpe o "porre" na festa de ontem... RSRSRS

Bom... quando pequeno, oriundo de família humilde e pobre, morei numa casa com este tipo de janela.
Nós chamávamos de "janela sem vidraça",
e o que fechava-as por dentro chama-se tramela...

Gosto muito destas janelas e portas sem vidro.

Abraços e "bonfindi"

P.S.: Gostei da provocação da Menina Sema das MARés!

Nade disse...

Que delícia de foto, João!
São saudades que ficarão apenas na memória... No Pará, você vê muitas destas casas ainda, principalmente no interior do Estado, em municípios que vivem do rural... Lá, a modernidade demorará a chegar...
Bjs, querido!
E mil perdões pela VÍTIMA, tá! Prometo só ler os comentários, porque a minha ansiedade atropela tudo... rsrsrs
Bjs, bjs

Selena Sartorelo disse...

Olá Tonho.."E olhando essa foto lembrei das suas janelas, pois, elas eram idênticas á essa. e Sempre na hora de dormir minha mãe verificava não eram as trancas mas sim a tramelas..rsrsr(tinha escrito, mas pensei que por tanta caipirisse só as minhas janelas no lugar das trancas tinham tramelas).

Beijos escre"vinhados"

Sandra disse...

JOÃO!
MEU VELHO E QUERIDO AMIGO.
COMO É BOM TER VC. AQUI COMIGO. DESDE DO DIA 04.05.09, QUANDO VC. ME DEIXOU UM COMENTARIO NESTE BLOG:UMA INTERAÇÃO DE AMIGOS E NA CURIOSA, ME ENCANTEI COM VC.
ÉS UMA PESSOA MUITO MARAVILHOSA.
SEMPRE FALO DE TI PARA OS MEUS AMIGOS E FAMILIARES.
PORTUGAL QUE TE QUERO.
UM DIA VOU TE CONHECER E CONHECER O MEU GRANDE AMIGO JOÃO.
PARABÉNS PELO SEU 101, AMIGO SEGUIDOR.

ADORO VOCÊ MEU GRANDE AMIGO.
VOLTE SEMPRE.
GOSTO QUANDO LÁ ESTA.
QUANTO A HOMENAGEM É BEM MERECIDA.
MORAS NO MEU CORAÇÃO.
É SEMPRE UM PRAZER TER PESSOAS PRECIOSAS, JUNTO DE NÓS.
PRINCIPLAMENTE QUANDO ESSAS PESSOAS, CEM PARA SOMAR EM NOSSAS VIDAS.
FIQUE COM DEUS MEU ETERNO AMIGO.
COM CARINHO
SANDRA

Quase Blog da Li disse...

João,
ótimo!!!
Pode enviar a foto por email.
beijo
li

ruimnm disse...

Esta imagem está excelente!
Parece uma pintura a pastel.

João Menéres disse...

MYRA

Sempre muito disponível para me dirigires comentários bem simpáticos!
Ontem, pensava ter neste Domingo umas horas disponíveis. Tudo se alterou e só agora à noite aqui cheguei (a casa e ao Mac).
De manhã, ainda consegui dar mais dois passos em frente relativamente a um trabalho que tenho em mãos. Mas, a partir das 12:30 e até às 21:30 estive fora do Porto. Muito mais tempo do que estava previsto. Esta noite deitei-me tarde (como o costume), mas dormi muito mal (não tive pesadelos), acordei às 04:00 ( uma hora depois de me ter deitado), saltei da cama, vim fazer uns comentários no VARAL de IDEIAS ( a quem devo a força que me deu para ter criado este blogue), regressei à cama, dormi mais duas horas e despertei definitivamente. Resultado: depois de uma tarde em que conversei, com entusiasmo,
metade do tempo, estou perfeitamente a fraquejar (contra o que me é nada habitual).
Consequência óbvia: Vou deitar-me a horas de gente com sizo.
Daí só ir fazer os agrdecimentos relativos a esta janela e me limitar a abrir dois ou três blogues!
Tenho que adiar tudo para amanhã, portanto.
Ficam assim explicados os motivos de não responder a muitos e-mails que aqui tenho (alguns teus).

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

WANIA

Óptimas as palavras que me mandas.
Se, um dia, fizeres uma VIAGEM INTERCONTINENTAL no grifo, descobrirás muitas coisas mais.
O que esconderão portas ou janelas antigas e abandonadas como esta?
Vidas que já lá não vivem...
Outra questão se coloca: O que aqui estará não daqui a muito tempo?

Um beijo, Amiga.

João Menéres disse...

ELLEN

Peço desculpa, mas li por três vezes o teu comentário e não o entendi claramente. Por isso, deixo a resposta em suspenso...


Um beijo.

João Menéres disse...

CHICA

Um beijo pelos gostos comuns.

João Menéres disse...

EXPRESSODALINHA

E não só! Nas Beiras não faltam.

Um abraço.

João Menéres disse...

HASALIAH

Se leu a minha resposta à MYRA LANDAU, sabe que não estou em condições para devidamente lhe agradecer e mostrar quanto agradeço a sua disponibilidade para ser a MANDATÁRIA do grifo planante no festão (não virtual) dos 50.000...
Amanhã, estarei como em novo!

U M O B R I G A D O muito grande, hoje fica já aqui.

Um beijo.

João Menéres disse...

MENINA DOS MEUS MARES

O Tonho não reagiu à tua provocação !!!
Eu vou picá-lo ali em baixo!

TOMA UM BEIJO !

João Menéres disse...

JUDITE (DITE)

Uma pergunta apenas : AOS POUCOS????????

Beijo para ti.

João Menéres disse...

LUÍSA

Também tu, a cada dia , tiras mais uma saia, e te mostras cada vez mais ainda, de um fortíssimo e profundo poder de análise, que fazes com uma qualidade literária que valoriza, e de que maneira, este blogue.
Como te estou grato !!!

Um beijo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Muito obrigado pelos adejectivos.

Um abraço.

João Menéres disse...

SELENA

Vamos por partes:

Li e li e voltei a ler esta tua Memória.
De nenhuma vez, consegui que uma lágrima (lá está ela outra vez no canto do meu olho a querer embaciar a lente...) não me aflorasse, tão forte é a comoção que as tuas "camadas, que de tão escamadas viraram feridas..." me transmitem. Mas, como conseguiste transformar um relato triste, numa poesia tão bela de prosa feita?
E terminas de uma forma sublime:

> São camadas, João!
Janela cerrada, porta aberta <

2ª aspecto:
Quantos títulos vencedores, não tinhas tu aqui se esta fosse a imagem de 2ªfeira?

Que o meu beijo de hoje te possa levar o cheiro e a imagem daquela mangueira sacrificada.

João Menéres disse...

TONHO

Muito obrigado por teres gostado das minhas 25, (o EXPRESSO fica feliz com UMA).

Julgavas que com a algazarra que as pequenas faziam ( alvoraçadas por alguém que entrava e saía, depois sumiu, para aparecer duas horas mais tarde), ouvi tal coisa?

Sobre a JANELA:
Por favor lê o que escrevi à SELENA.
Para ti, a resposta não difere em muito.

Vi que gostaste da "provocação" daquela MENINA dos MEUS MARES e das tuas MARés. Só não disseste que assumias...

Um abraço.

João Menéres disse...

NADE

Muito obrigado por tudo.
Pelas palavras que a JANELA te sugeriu e pela atenção que me concedeste a propósito da VÍTIMA. Como disse, a inteção da turma é fazer durar o mistério. Dicas sim, sempre.
Asolução, SÓ NO FIM DO DIA. Horas e horas de brincadeira é o que todos queremos.
Também é uma forma de haver mais comentários!
Se o primeiro a chegar dissesse: É TAL e TAL (com o nome escarrachapado,o divertimento MORRIA antes de nascer.
Alinha consequentemente!
Eu, nesta 5ª feira estou AUSENTE, pois estou nas vindimas. Se, por acaso, alguém estranhar eu ainda não ter aparecido, podes fazer o favor de informar o motivo da minha ausência.

Um beijo (e aparece aqui pelo meu ninho,não te esqueças!).

João Menéres disse...

SANDRA

Estás a insinuar que sou VELHO ?
Lá se vai a amizade...
(Sonora é a minha gargalhada!).

Tanto elogio que sei não merecer.
Só os faz, quem a mim não pode conhecer...
Olha eu com peneiras de a SELENA ser...
Mas, sobre isso, me sei abster.

Um beijo.

João Menéres disse...

QUASE BLOG DA LI

Vou tratar de fotografar, amanhã ou depois.
Está bem?

Um beijo.

João Menéres disse...

RUIMNM

Obrigado pela sua opinião.
Talvez, talvez...


Mas de tinta e de uma trincha precisava.
Como está junto a um cemitério, até podia ter levado outro título...



Um abraço.

.Lis disse...

... tradicional e que certamente ficarao só na memória.
E as janelas ocultas que todos temos ? e as janelas fechadas pra que nao presenciem nossa intimidade? e as janelas do coração que nem o vento mais forte consegue abri-las? gosto de janelas, João e essa especialmente está linda, lembra minha uma época apagada , desnecessária recordar.
Abraços nessa semana que inicia.

Maria Augusta disse...

Simplesmente maravilhoso!
Um abração!

João Menéres disse...

LIS

Apreciei imenso as tuas palavras que desvendam uma pessoa muito sensível.
Nas respostas que dei à SELENA eo TONHO, poderás encontrar o que mais poderia dizer.

Mas, há outra JANELA, LIS...
É surpresa e não é no grifo...
Darás conta, por certo. o Tonho é sempre uma caixinha de muitas agradáveis surpresas!!!

Um beijo fraterno.

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

A tua opinião quanto não vale???

Muito obrigado do coração.

Um beijo assim também.

ellen disse...

João,
você escreveu no post:
ARQUITECTURA TRADICIONAL
E, é asim que daqui a uma década, será muito difícil encontrar
exemplos da Arquitectura Tradicional Portuguesa
em qualquer das nossas regiões continentais !


e eu, respondi:
Daqui a uma década difícil João? olhe que não, olhe que não :)
Apesar de uma notória decandência, torna-se num rústico bonito...
Beijinho

Será que agora entendeu? foi apenas uma contrariedade, à sua opinião porque eu acho que não vai ser nada dificil daqui a 10 anos ainda encontrarmos janelas assim, em decadência :))))

(l' excessive) disse...

belíssima foto!!!!
Maravilhosa...