.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

CASTELOS DE PORTUGAL

Photobucket


Photobucket

© João Menéres

Nota: Esta imagem é uma vista aérea feita ± com a mesma perspectiva da planta acima e onde se vê, com toda a facilidade, o Arco da Peste ali à esquerda.

O CASTELO DE MONTEMOR - O - VELHO

Este castelo, vindo já do tempo dos mouros, situado no alto do monte,
com umas muralhas robustas era quase inexpugnável.
No principal recinto situava-se a Torre de Menagem e a Igreja de S. Maria da Alcaçova
e no recinto junto, fortemente fortificado a Capela do Abade João.

Abade João?
- Sim , deste Abade também ficou uma Lenda.Mas, hoje, estamos
mais dedicados ao Castelo que, em termos definitivos,
foi tomado aos mouros em em 1040 e,
de novo, em 1064, pelo rei Fernando Magno.
Adivinha-se pois que foi um castelo alvo de todas as cobiças
pela posição estratégica de que beneficiava.
Era como que uma ilha que surgia acima dos ricos arrozais
do Baixo Mondego e,por outro lado, era uma
importantíssima primeira defesa às terras de Coimbra.

Por volta de 1088, reinava em Castela D. Afonso VI, Montemor foi reedificada e de novo povoada e o seu castelo reconstruído por empenho do seu genro, o conde D. Raimundo, ajudado pelo
conde D. Sisnando, na altura governador de Coimbra.

As partes mais antigas são a base da torre da menagem e as duas
torres fortes do arco da Senhora da Glória.

O que permaneceu das origens, serão as ruínas do Paço da Infanta e
a pequena Igreja de Santa Maria do Castelo.

Visita que se sugere a quem goste do nosso património.





32 comentários:

tossan disse...

Lindíssima visão aerea! Valeu a pena. Abraço

Menina do mar disse...

:) mais um maravilhoso achado do nosso património. É bom ser assim porque por vezes nem nos damos conta da beleza que nos rodeia.
bjs e boa semana!

myra disse...

que beleza!
um grande beijo,

Dulcineia (Lília) disse...

JOÃO,
saudades de vir aqui...
Nunca tinha visto o Castelo de Montemor assim... ~
Com planta e tudo. Uma perspectiva diferente.
Ver se lá vou um dia destes que, há tempos que lá não vou.
Beijinhos
Nada de 13h de trabalho por aqui, ok? queremo-lo "fresquinho" e rijo com um p~ero.
Lília

expressodalinha disse...

Assim ainda gosto mais: fotografia, planta e história. Excelente!

Quase Blog da Li disse...

Joao,
foto, texto ótimos:
informacao completa!
Muito bom!

Tentarei participar em 18 de junho
(depende
em que terras estarei)!
Logo estou por Portugal, primeiro ao norte! :)
beijos
Li
desde Madrid
(sem til, sem c cedilha...)

Luísa disse...

Belos castelos que muram a história, resguardam os contos reais dos seus povos, e cinderelam as familias ancestrais!
Genuina planta, associada ao seu castelo, que na sua origem não viu qualquer plano de segurança e saúde para a sua construção...Mas isso, são pormenores!Por isso hoje não há castelos...a não ser os d´areia! De tudo o que reza a história o melhor cá ficou...
Beijinho terno1

João Menéres disse...

TOSSAN

Me desculpe o facto de eu o visitar tão raramente...

Muito obrigado pelas suas muito amáveis palavras.

Um abraço.

João Menéres disse...

MENINA do MAR

Bem sabes quanto gosto de te ler.
Estas postagens pretendem, de uma forma simples, mostrar e falar do nosso património, no caso dos castelos ou similares.

Um beijo agradecido.

Serena Flor disse...

Lindíssima imagem...
A foto e o texto estão perfeitos!

Um grande beijo e desculpe a minha ausência, mas a falta de tempo está me pegando!
Um beijão e ótima semana pra você.

João Menéres disse...

MYRA

A tua extrema simpatia não te permite dizer outra coisa (embora eu também ache este castelo e a sua implantação no cimo de uma pequena elevação uma beleza...).

Um beijo com muito carinho.

João Menéres disse...

LÍLIA

Hoje já tenho feito umas pequenas pausas...

Que bom saber que esta postagem te levará a Montemor -o- Velho.
Não te apresses lá. No regresso admira os arrozais...

Um beijo.

João Menéres disse...

EXPRESSODALINHA

Muito grato pela sua observação elogiosa.

Um abraço (Não pude ir ouvir o J.P. !)

João Menéres disse...

QUASE BLOG da LI

Espero que tenhas bom tempo nestas viagens na Península.
Pelos vistos é tudo a correr. Caso contrário, podíamos tentar um encontro, se viesses ao Porto e por cá estiveres 2 ou3 dias.

Obrigado pela apreciação ao post de hoje.

Um beijo.

Lina Faria disse...

João,
Você é de uma aplicação invejável em suas postagens. Virtudes de professor, como disse que já foi.
Quando eu for visitar Portugal, recorrerei às suas postagens. Aulas de história, finamente ilustradas. Gosto muito. Obrigada.
Boa semana,
Lina

João Menéres disse...

LUÍSA

Lindos olhos tens tu.
Olhos que te permitem tudo ver também e ser condescendente com quem naquela época não cuidava dessas (hoje) fundamentais regras.

O teu texto até parece um conto de fadas...
Muito bem escrito, muito inspirado.
Assim, valorizas a postagem de forma significativamente.
Muito obrigado pelo carinho que colocaste no comentário.

Um beijo.

João Menéres disse...

SERENA FLOR

Agradeço do coração a tua visita e comentário.

Eu sei o que é a luta contra o tempo!
Debato-me diariamente com esse peso na consciência!
Eu acho que as pessoas boas (como tu) entendem e compreendem o drama com que nos deparamos dia a dia.
Há quanto tempo eu te não visito?
-Nem me digas...

Um beijo grande.

missixty disse...

Não foi difícil a foto ficar linda, com paisagem tão bela! Mas é preciso escolher o melhor angulo para lhe realçar a beleza e tu nisso és mestre! Parabéns!

Selena Sartorelo disse...

Olá João,
A foto aérea está muito boa, mas acompanhada da história podemos atentar melhor aos detalhes.

beijos

João Menéres disse...

LINA FARIA

Querida amiga que tanto me elogia...
Procuro que as minhas postagens correspondam àquilo que eu aprecio nestes tempos vertiginosos, em que o próprio tempo não tem tempo, ou seja, textos sucintos de leitura fácil e com o mínimo de pistas para que quem quiser saber mais investigue ao ritmo que mais lhe agradar ou convier.
As minhas postagens poderem eventualmente servir de guião a quem visitar Portugal seria maravilhoso.
Para isso, tenho que me dedicar muito mais, pois a responsabilidade é acrescida.

Um beijo muito especial.

João Menéres disse...

MISSIXTY

Do belo se faz monstro, do feio se faz bonito...

Obrigado pela visita.

Um beijo.

Maria Augusta disse...

João, quantos castelos tem Portugal e você os traz para nós, enriquecendo as imagens com a história.
Estes teus posts são plenos de beleza e de cultura!
Um grande abraço.

ellen disse...

Foto maravilhosa. De facto Portugal tem riquezas tão bonitas e que estão muito mal aproveitada né? uma pena mesmo.

Beijinho

Dylan disse...

Que pujança, quase sinto o aroma do Mondego...

João Menéres disse...

MARIA AUGUSTA

É minha obrigação como pessoa que se interessa pelo património cultural.
O meio em que me "apresento" tem uma audiência limitada mas as pessoas que aqui veem têm muito interesse por esta temática e, assim, eu continuarei, na medida do possivel.

Um beijo e obrigado pela visita amiga.

João Menéres disse...

ELLEN

Tens muita razão.
Mas...também há ainda vários exemplos de restauros notáveis, de recuperações brilhantes, de imaginações que descobriram a forma (em tantos casos) de adaptar a uma funcionalidade distinta da original e, dessa forma, evitar a derrocada.

Um beijo.

João Menéres disse...

DYLAN

A pujança vem de antanhos tempos, meu amigo.
Eu, só passei...e vi.

O cheiro não se quiz deixar fotografar...
Foi pena, porque era bem agradável...

Um abraço.

Eduardo P.L disse...

João Menéres disse...
Razão tive eu para não ter colado o >A WEB ANDA CHATA< !!

Aí, Sr. João, fazendo propaganda da campanha!!!!
srsrsrs

João Menéres disse...

EDUARDO

Eu, meu caro EDUARDO, nem entendi o que era a WEB andar chata...
Depois, comecei a ler comentários do SIM e do NÃO.
Por mim, visito os blogues que conheço e que mais me interessam e nesses nunca encontro nada de chato.
Pelo contrário, vejo animação, assisto a interacções, constato que há muita gente a comunicar directamente por e-mail para responder mais objectivamente a qualquer pergunta feita ou, no caso inverso, a fazer uma determinada pergunta directamente que permita uma resposta pessoal.
Provavelmente, não entendi nada do que o EDUARDO quiz dizer com aquilo...
Me perdoe se tal sucedeu. Não desejo de forma alguma, mal entendidos !

Um abraço.

Eduardo P.L disse...

João,

nem me lembro da campanha!srsrs Mas que anda chata, anda!!!! srsrs

Abçs

L.Reis disse...

Ah...este já eu conheço....finalmente posso dizê-lo :D:D
Gostei de o rever assim...com olhos de Grifo ;)

João Menéres disse...

L. REIS

Ainda bem que ficaste com uma visão ligeiramente diferente...

Bjs.