.

sábado, 5 de maio de 2018

OTTAWA

© João Menéres



CADA UM ESCOLHE O CAMINHO
PARA SE EXPRIMIR.

17 comentários:

Maria Manuela disse...


Não há dúvida !

Mesmo em flagrante. Muito bem captada.
E também gostei do passo do cavalo.
Beijinho, João, e bom sábado.

Eduardo P.L. disse...

E muitos são canhotos.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

E são muitos os caminhos.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Elvira Carvalho disse...

Nem mais.
Abraço e bom fds

Os olhares da Gracinha! disse...

E esta forma de o fazer é ESPETACULAR!!!bj

Luísa disse...

Diários de autor!
Mil bjnhs minhotos

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Será que o pintor também viu o cavalo ?
Fica a dúvida...


Um beijo amigo.

João Menéres disse...

EDUARDO

FRANCISCO OLIVEIRA

ELVIRA

GRACINHA


Como tenho um irmão esquerdino, confesso que não me apercebi...

João Menéres disse...

LUÍSA

Diários desgarrados.
Nem por isso deixam de o ser, não é ?


Um beijo muito amigo.

Isabel disse...

Este é um meio de expressão que nem todos podem escolher, porque pintar assim não é para todos.

Belo apanhado!

Beijinhos e bom domingo:)

João Menéres disse...

ISABEL

Além de ter pena de não saber desenhar, gostava de tocar violino...
Mas sempre ficamos com um dom em falta...

Um beijo grato e amigo.

L.Reis disse...

Pois sim, pois sim...era bom que pudéssemos escolhar, lá isso era...pois se assim fosse eu também era mulher para me pôr em calções no meio de uma rua de Ottawa ou coisa do género a pintar uam coisita ou outra...mas não...não quis o destino que eu tivesse o mais leve dom para a pintura...é triste :):) Um bonito detalhe deste lugar que se desdobra em cores na tela do pintor.

Agostinho disse...

À primeira vista, encontro aqui 3 formas simbólicas de expressão: a do par que caminha emparelhado (real ou virtual_mente), a do pintor canhoto, parado em contramão (condição que lhe dará jeito), e a do fotógrafo João Menéres (no resguardo da invisibilidade atrás da câmera - sem protagonismo selfie.
Eu, canhoto me confesso.
Penso não ser defeito mas não me livrei, nos primeiros anos de escola, de me forçarem a mão.A esquerda não é a direita, ninguém o pode negar. Cada uma com o seu equilíbrio espacial. Trocassem a mão ao pintor e a expressão, o traço, a mancha pictórica seria diferente. Melhor, pior? Diferente. A foto é boa. O resto pasto para especular.
Abraço.

Rasuras do Aparo disse...

... sim vários são os caminhos ... logo por esta imagem alguns são enumerados ... até mesmo aquele que nos visita quotidianamente... rasgando outros novos caminhos ...

João Menéres disse...

L. REIS


Não tens o dom da pintura ?
- Então, como desenhas tão bem ???


BjKa

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Tenho um irmão que basicamente é esquerdo, embora escreva e desenhe também ( e bem ) com a direita !
Talvez por isso nunca tenham implicado com ele ( mesmo sendo um colégio particular ).
Em paga, eu não tenho o menor jeito para desenhar.
Quando me mandavam desenhar uma picara, era certo e sabido que saía um aborto de uma peça...
Para me vingar ( eu sei que é feio ), fotografo bem melhor do que ele !
Mas o meu irmão já fez 88 ( e está rijo como o diabo ) e eu ainda só tenho 83 mas bem usados...

Muito apreciei o seu comentário que muito agradeço com um abraço amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Eu caminhei muito por diferentes caminhos !


Um abraço e mais não digo...