.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

VIAGEM 2017

© João Menéres



UMA PINTURA À PORTA DE CASA.

( Tive que me torcer todo para não fazer uma selfie total )

24 comentários:

bea disse...

Não sei o que seja mais apelativo, se a porta, se a cercadura.

João Menéres disse...

BEA

Podemos ficar nos 50% ?

Um beijo amigo.

Eduardo P.L. disse...

Gostei mais da "a cercadura" como disse a Bea, do que da porta.

João Menéres disse...

EDUARDO

Par ser franco, foi a cercadura que mais me atraiu.

Liplatus disse...

Beautiful wrought iron gate.
Can watch the gates in the yard.
Greeting

João Menéres disse...

LIPLATUS

Thank you very much !

A kisse.

Agostinho disse...

Uma exuberante porta para uma foto JM, um apaixonado pelas portas. Foi pena, a meu ver, a margem direita ter ficado escassa na parte inferior.
Abraço.

Ana Freire disse...

Gostei imenso do equilíbrio proporcionado, entre a delicadeza da pintura, e a força do ferro, nesta imagem...
Reparei que o Bibliocarro continua a dar que falar no Flinpo... no meu ver, o facto de eu até ter sugerido outra foto na altura, foi porque da perspectiva, que o João tirou a foto... em nada se parecia com um autocarro, não se descortinava qualquer forma de entrada para o dito autocarro... e se não se soubesse que era um autocarro, até se poderia pensar, que estaríamos a olhar para um painel publicitário, onde se estivesse a fazer uma divulgação cultural da função do dito autocarro...
Do ponto de vista visual, sem dúvida... uma foto bem interessante... mas na minha forma de ver... não passava a ideia de entrada... nem sequer para o interior do dito autocarro...
O "dentro" que a foto mostrava... apenas se poderia inferir a titulo informativo, no que se lê na mesma... já que a foto não o mostrava de todo, do ponto de vista visual.
Comprovar a existência de algo que não se vê... quase nos levaria mais para o campo da metafisica... e não da fotografia... Apenas a minha opinião, a respeito da dita foto em concreto...
Beijinhos, João! Boa terça feira de Carnaval!
Ana

Os olhares da Gracinha! disse...

João ficou um olhas bem interessante mas gostava de ver a pintura no seu todo!!!bj

Os olhares da Gracinha! disse...

olhar

João Menéres disse...

AGOSTINHO

1º - À direita não havia pintura.
2ª - Como tive que fazer muito de contorcionista ( e com esta idade não é muito fácil ), não consegui editar melhor.

Eu sou um apaixonado por imensas coisas.
E é melhor ficar-me por aqui...


Um abraço grato e amigo.

Rasuras do Aparo disse...

... tanto a porta como a pintura na cercadura são de uma beleza ... belo olhar ...

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Aprecio e muito valorizo sempre os teus comentários.É, mais uma vez, o caso.

Quanto ao Biblicarro já não estou de acordo contigo.
Inicialmente, tinha pensado fotografar um pormenor do cofre que tenho.
Seria somente o puxador, a fechadura e as modinhas onde se insere o segredo que permite abrir a porta.Ora diz-me lá que um cofre não pressupõe conter algum valor ?
Ou tinha que MOSTRAR parte dos bens ?
DAR A IDEIA não é MOSTRAR ...


Um beijo muito amigo e grato.

Ah...e tenham um bom Carnaval !

João Menéres disse...

ANA

No texto acima, existem gralhas !

BIBIOCARRO

RODINHAS

João Menéres disse...

GRACINHA

Já expliquei ao AGOSTINHO ( aí mesmo acima ).

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Agradeço o comentário, meu amigo.

Bom Carnaval ( se gosta dessas folias ).

Ana Freire disse...

Um cofre... pode estar vazio, João!... E nesse caso só teria AR... lá DENTRO.
Mas se a porta do mesmo, estiver entreaberta e se se descortinar algo no seu interior... ainda que vagamente... aí sim, a ideia fica minimamente materializada em algo concreto... temos sempre que pensar, que haverá sempre alguém com outras ideias diferentes das nossas... e a nossa verdade não é única...
Às vezes inferir... sem se mostrar... quando a interpretação pode ser susceptível de ter várias leituras... não chega... outras leituras, valerão tanto como as nossas... e polémicas instalam-se... lembro-me de uma campanha publicitária de uma marca de roupa, que há pouco tempo atrás, deu imensa confusão... quando a camisola de um miúdo pequeno de cor, dizia, "sou o macaco mais giro da minha selva"... lá está... muitas interpretações se podem fazer de algumas imagens, aparentemente inocentes... tudo porque o miúdo pequeno surgiu sozinho na imagem... se outros miúdos brancos usassem a mesma camisola do anuncio, a polémica não se instalaria... e não teria havido interpretações racistas, como no caso em questão houve, e o produto acabou por ser retirado do mercado...
Beijinhos
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Cada vez tenho mais admiração por ti !
E mais não digo...

Muitos, mas mesmo MUITOS, beijos.

Isabel disse...

Muito bonita!

Beijinhos e uma boa semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Muito obrigadoooooooooo !



Um beijo amigo.

Pedro Coimbra disse...

Desta porta, da pintura, da foto, gosto imenso!
Aquele abraço

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Agradeço a simpatia do comentário.

Um abraço ( em tempo de chuva e de frio ).

L.Reis disse...

E foi um ato de contorcionismo porque eu estou farta de olhar e não te consigo vislumbrar. :)
Será esta porta a entrada para um antro de pecado??!! Sim que eu bem vejo ali a serpente enroscadinha e prontinha para dar cabo da inocência alheia. :):)

João Menéres disse...

L. REIS

Porque és preguiçosa !
Ampliavas e logo vias o meu cotovelo esquerdo !...

Eu adoro serpentes que me façam rejuvenescer !!!


BjKa.