.

terça-feira, 30 de maio de 2017

UVAS

© João Menéres


HÁ TEMPOS FICOU A PROMESSA.
HOJE, CUMPRE-SE.

39 comentários:

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Estão em crescimento... mais 3 ou 4 meses e já estão no ponto!
Abraço

myra disse...

e vamos comer uvas bem gostosas!!!!! Joao, bom dia...imagem linda como sempre!
um grande beijo

Elvira Carvalho disse...

E continua a ser promessa... de vindima para o final do Verão.
Amigo já lá está a reedição dos sítios em desafio. Mais uma vez, peço-lhe o especial favor de não continuar a chamar-me Gracinha. O meu nome é Elvira. Penso que já é a terceira vez que lho peço. nada contra a nossa amiga Gracinha, mas o seu a seu dono.
Um abraço

João Menéres disse...

RUI PIRES

A ideia é só dar a conhecer a quem nunca viu a infância das uvas.

Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

MYRA

Estas costumam ser muito boas.

Um beijo muito amigo.

✿ chica disse...

Serão saborosas.A foto linda!abraços praianos,chica

João Menéres disse...

ELVIRA

Mais uma vez, as minhas MIL DESCULPAS !
Nem o cansaço serve de desculpa, bolas !
Habituado que estou aos passeios da Gracinha ( que ainda por cima NUNCA SE PERDE...) a meio da escrita derivo.
Eu bem sei que a idade também me pesa, ELVIRA...

Um beijo muito amigo e pesaroso.

João Menéres disse...

CHICA

Espero bem que sim !
Muito obrigado, CHICA !

Um beijo amigo.

Eduardo P.L. disse...

As uvas estão verdes...srsrs

APS disse...

De enforcado, a ramada?
Linda parras, que o azul nem por isso merece...
Bom resto de semana!

Rute disse...

João

Estão a começar, nunca as tinha visto nesta fase inicial. Bela fotografia! Depois vou querer ver a reportagem das vindimas, por aqui é imperdivel :)

Beijinhos

Jorge Pinheiro disse...

Prometem...

João Menéres disse...

EDUARDO

E são de VINHO VERDE !

João Menéres disse...

APS

Não, meu caro.
A de enforcado apoia-se e desenvolvo-se por árvores acima.
Esta é de ramada.
Um dia mostrarei a de enforcado, pode ser ?

Eu gosto de nuvens brancas em céu azul ( Às vezes...).

Um abraço grato pela visita e comentário.

João Menéres disse...

RUTE

Ora aí está, Rute !
Já valeu a pena fotografar e postar por aqui !

Não faltará um ou outro apontamento da vindima deste ano.
Espero eu...

Um beijo muito amigo e grato.

João Menéres disse...

JORGE

Prometer, prometem.
Veremos se as condições atmosféricas não impeçam.
Já chega o desastre do ano passado.

Kaipiroska disse...

A videira em casa dos meus pais já está cheia de cachos. Uva verde pequena - adoro e é mesmo a minha favorita!

APS disse...

Eu sabia o que é a vinha de enforcada, só que a fotografia não dava para ver.
Já Sá de Miranda fala dela, ali para as bandas de Amares.
Saudações!

L.Reis disse...

Gosto de uvas de qualquer maneira: em cachos, engarrafadas, enfrascadas, cristalizadas e também fotografadas, mesmo como estas ainda em ninho de parras, para crescerem aconchegadas e doces. Já prometeste que vai ter um segundo episódio fotográfico com o tema vindimas, por isso eu chego-me mais à frente e peço já o terceiro episódio com uma bela imagem de umas garrafas fresquinhas do tal verde. :):)

bea disse...

E estão fascinantes, assim de atravesso.

João Menéres disse...

CARIN

É natural, dado o clima ser mais ameno.
Por cá houve muito frio. Felizmente não aconteceu a geada negra !

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

APS

Tem toda a razão.
A imagem não permite concluir.
Pois...Sá de Miranda viveu ena Casa da Tapada, onde viria a falecer.

Um abraço e obrigado.

João Menéres disse...

L. REIS

Só tens virtudes, puxa !...

Já tarde piaste quanto à garrafa de Vinho Verde !

Mas não perdes pela demora !
Pode ser a fotografia ao vivo de um Alvarinho ?
É preciso refresca-lo, sem ser gelado !

João Menéres disse...

BEA

Muito obrigado pelo apoio moral !

Um beijo amigo.

Elma Carneiro disse...

Linda fotografia. As formas e o contraste, se colocadas como inspiração dentro do nível da abstração dá um bom tema para tela, é claro, afastando toda realidade visual e se inspirar na sua essência como fazia o mestre Paul Klee. Mas, eu poderia inverter a posição preservando sua verticalidade.
Não seriam folhas, porém manchas. Depois de pronta a tela, eu brindaria com um bom vinho.
By by querido.

Elma Carneiro disse...

Corrigindo: "afastando toda realidade figurativa". :)) Creio que assim me fiz entender melhor, certo?

Luísa disse...

São breves nuances de bagos, de verde pintados entre parras, numa ramada D´Ouro aromatizada para ti!
Aquando da colheita, regista a azáfama,como só tu sabes fazer. Boa?
Mil beijinhos de hoje.

Rasuras do Aparo disse...

... ainda meninas e logo nos dão a volta à cabeça ... primeiro para as conseguir admirar ... depois quando já maduras e prensadas ... nos passam pelo palato ...

João Menéres disse...

ELMA ( I e II )

Que prazer ter o teu comentário !
O comentário de uma artista brasileira !
Se eu dispusesse de tempo, não deixaria de tentar concretizar o que sugeres e muito me atrai !
Mas, na verdade, estou sempre a contra-relógio !...Como a mente não pára, até estou a imaginar um resultado um tanto sensual, vê lá tu !...
Não sei é se sairia algo a la Klee...

Com um bom tinto, quem sabe ?...

Um beijão, querida Elma e muito obrigado por tudo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Não exageres...
Mas que não foi fácil, isso é verdade !

É meu costume estar na vindima e não me esquecerei da sugestão, Luísa.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

Meninas travessas que tanto trabalho nos dão...
Vertidas num copo, então sim, dão-nos o desejado prazer que tudo faz esquecer.

Grande abraço.

Pedro Coimbra disse...

O fruto ainda em crescimento.
Mas já a apresentar uma beleza muito própria.
Aquele abraço

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Amanhã vou ver a evolução.

Um abraço amigo.

Majo Dutra disse...

Fontaine diria:
- Estão verdes...
Porém, toda essa verdura depois da hibernação é bonita.
~~~ Beijinho ~~~

João Menéres disse...

MAJO

..deixá-las amadurecer.

Hoje fiz a actualização.
~~~~~~

Um beijo amigo.

Remus disse...

Ainda é cedo para uvas, pelo menos neste nosso país.
Mas agora esperemos que não venha nenhum temporal que não deite esses bagos a baixo.
Aos meus olhos, diria que é uma videira de vinho verde.

João Menéres disse...

REMUS

Terras de Basto é da Região do Vinho Verde.

CERTO, PORTANTO !

Ana Freire disse...

Mais uma imagem com um enquadramento perfeito... mais uma... porque estou a comentar dos posts mais recentes, para trás... :-)
Tal como mencionei na outra, talvez só tivesse acentuado um nadinha mais os contrastes ou sombras na foto... costumo usá-los no editor de fotos do Windows 10...
De resto... perfeita!!!
Tenho algumas imagens de videiras... mas nenhuma, com enquadramentos tão bonitos... nem de perto... nem de longe... :-D
Beijinhos, João!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Admito perfeitamente que tenhas muita razão quanto ao binómio CONTRASTES / SOMBRAS !
Mas não mexo nisso com facilidade.
Só se dispusesse de bastante tempo e, presentemente, é coisa que não há...

És uma querida amiga, Ana, que muito estimo !

Um beijo muito grato.