.

terça-feira, 25 de abril de 2017

IDA AO MUSEU E UM VARAL PARA O EDUARDO P. L.

© João Menéres


NESTE ÚLTIMO DOMINGO,
FOMOS UMA VEZ MAIS
AO MUSEU NACIONAL DE SOARES DOS REIS.
APRESENTAMOS EM CIMA UM DOS QUADROS DE
HENRIQUE POUSÃO
( Vila Viçosa 1859-1884 )

TRATA-SE DE UM ÓLEO SOBRE MADEIRA
INTITULADO 
JANELA DAS PERSIANAS AZUIS,
PROVAVELMENTE PINTADO EM 1882.

FALECEU MUITO JOVEM, VÍTIMA DA TUBERCOLOSE.
É JUSTAMENTE CONSIDERADO
UM DOS GRANDES PINTORES PORTUGUESES
PELAS TÉCNICAS QUE PRATICAVA
E QUE ANTECEDERAM O CUBISMO.




27 comentários:

myra disse...

bom dia, sou a primeira :):): gostei muito!!!!!! beijos meu querido Joao!

João Menéres disse...

MYRA

Bravo, Myra !
Fico muito contente a saber de ti logo pela manhã !
Está outra vez uma temperatura mais fresca e o tempo nublado.

Um beijo grande.

Li Ferreira Nhan disse...

Bom dia aos meus dois queridos, Myra e João.
Boa primavera a ambos!

O azul por aqui é lindo.
Beijos.

João Menéres disse...

LI

Muito obriga, Li querida.
Mas o dia hoje não será AZUL...

Um beijão.

Mona Lisa disse...

Um quadro que me agrada. Cores suaves.

P.S.

A minha foto não é do rio Tejo , nem do Ave, mas do rio Vizela que é um afluente do Ave.
Em Monte Córdova nasce o rio Leça.
Não sei a que vila se refere. Santo Tirso já é cidade, embora não pareça. Devia ter continuado a ser vila.

Beijinhos.

Eduardo P.L. disse...

Que honra. Linda pintura. A minha estava programada há três dias...

João Menéres disse...

MONA LISA

Muito obrigado pela presença aqui no Grifo Planante.
Aparece sempre que possas ou assim o desejes.


Que eu sabia que não era no Tejo, sabia !
Santo Tirso e Vizela não são distantes.
Vizela deu uma candidata à presidência da República que conheço, sabias ?

Com a junção injustificável de freguesias, já nem eu sei se Leça da Palmeira é cidade...
Só sei que Angola, Moçambique, Timor-Leste e Guiné-Bissau não ractificaram o "acordo ortográfico" de 1990.
E sei que com tal desacordo nem eu sei escrever de acordo com uns teimosos precipitados...

Um beijo e boa semana.

João Menéres disse...

EDUARDO

Foi um prazer, Eduardo, bem sabe !
E eu não posso entrar no seu ID !

© Piedade Araújo Sol disse...

João

a foto mostra muito bem a beleza e suavidade do quadro.

gostei!

boa semana.

beijinhos

:)

AvoGi disse...

João. Venho convidar-te para um encontro de blogueiros m Braga. Aceitas? Domingo dia 30

João Menéres disse...

PIEDADE

Agradeço-te o elogio e os votos de uma boa semana.
Mas digo que vai ser uma semana muito trabalhosa e sem grande tempo para a blogosfera.

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

GISELDA

Os Domingos são para a família, lamento não poder estar convosco.
Se fosse aqui no Porto, ainda podia ir ao almoço...
Assim, não dá mesmo.

Um beijo e agradeço a lembrança.

Rasuras do Aparo disse...

... uma foto que consegue trazer-nos toda a técnica e sensibilidade do quadro ... só posso agradecer mais este sublime olhar de partilha de cultura ...

Luísa disse...

Boa noite!!!!
Sou a ultima e gostei muito!
Bjnhs

João Menéres disse...

RASURAS

Eu é que agradeço as suas palavras !
Para quem fotografa e edita no Grifo Planante os comentários são essenciais e são suficientemente gratificantes !

O meu abraço amigo.

João Menéres disse...

LUÍSA

Quem te disse que foste a última ?
Ainda espero um ou outro comentário...
Se não for esta noite, talvez seja amanhã.

O MNSR merece uma visita atenta e sem pressa, pois tem muita coisa para ser devidamente apreciada e
( até ) estudada.

Ainda bem que gostaste !

Um beijo e bom resto de semana.

Isabel disse...

Adorei a pintura! Lindo!

Um beijinho e continuação de boa semana.

(Já estive a ver o coreto, que é muito bonito e se fica no sopé da serra, talvez Covilhã...Tortosendo...ou alguma aldeia deste lado...? Não sei...Onde fica?)

João Menéres disse...

ISABEL

O Pousão era um um GRANDE PINTOR !
Lamentável ter-se ido apenas com 25 anos...

Unhais da Serra, isabel.

Um beijo grato e amigo.

Pedro Coimbra disse...

O quadro é muito bonito, faz o meu género.

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Este ( e outros de muitos outros pintores ) também ficava muito bem na minha casa, Pedro !

Um abraço num dia com um pedaço de céu azul ( de novo, outra vez ).

Ana Freire disse...

Uma imagem fantástica... que retratou muito bem... este pedaço de talento... de facto, bem à frente do seu tempo... fiquei de queixo caído, quando me apercebi, que era uma pintura do século XIX...
Grata por esta partilha super interessante, João!... E de um autor, que desconhecia...
Enquadramento, tonalidades... no seu melhor, bem como o nível de detalhe...
Beijinhos! Continuação de uma boa semana
Ana

Os olhares da Gracinha! disse...

Já visitei esse museu inúmeras vezes em visitas de estudo com os meus alunos!
Um dia destes ... regresso!
Adorei a escolha! Bj
...
Quanto a Pombal ... sempre passei ao lado e olha que há quase 40 anos!
Mas ... desde que me reformei em 2010 e passei a cuidar dos meus pais até setembro passado (os dois deixaram muita saudade) ...
tenho andado a conhecer a zona centro que pouco conhecia!
Viajar cá de dentro tem sido uma boa opção pois o nosso país está cada vez mais interessante!
Pombal foi uma agradável surpresa!!!

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Bom, de facto nunca podemos e saber TUDO.
Mas fico um tanto surpreendido por Henrique Pousão te ser desconhecido.
Sugiro que vás ao Google para tomares consciência do muito que fez em tão pouco tempo e como foi rica a sua curta vida.
O MNSR tem duas salas com obras dele em exposição permanente !
Quando puderes vem cá e visita ( masavisa-me ! ).

Talvez a curto prazo apresente outra que fotografei no Domingo.

Um beijo muito grato.

L.Reis disse...

Em primeiro lugar quero aqui declarar que apanhei um grande susto quando olhei para o meu computador! Primeiro pensei: Mas...mas...mas...mas como é que ele pintou com uma fotografia???! Fiquei muito, mas muito mais aliviada, quando percebi que era uma fotografia de um quadro do Henrique Pousão (acho que só tinha ouvido falar deste nome a propósito de uma pintura de Nápoles e lembro-me de ter ficado curiosa em relação ao seu trabalho) Obrigada por nos" alimentares" com estas coisas que vais encontrando por aí.

João Menéres disse...

L. REIS

Estás fartinha de saber que só terei uma letra ± bonita ( e só às vezes ! ), portanto nem uma recta sou capaz de fazer e se utilizar uma régua, é certo que a meio a régua se me escapa !
Bom...fica uma oblíqua, que não deixa de ser uma recta...
Portanto, concluo que és muito esquecidinha...

Fica o Tratado do PORTO desta noite assinado firmemente :

Quando cá vieres ( eu arranjo maneira de te OBRIGAR a tal, descansa ! ), vamos ambos os dois ao MNSR apreciarum acervo de grande qualidade !

João Menéres disse...

GRACINHA

Perdi-me com as interrupções constantes que faço ao acompanhar muita coisa quase em simultâneo.
desculpa a "desordem", sim ?

Então, conheces muito bem as duas salas e tudo que elas apresentam !

O quadro ( grande ) RAPARIGA DEITADA NO TRONCO DE UMA ÁRVORE é notável, não achas ?

Não sabia dos tristes acontecimentos de Setembro último. Lamento, claro.

Não me vou esquecer de rever Pombal !

Um beijo amigo.

Isabel disse...

Unhais da Serra!!
Há mais de quarenta anos que ali passo, pelo menos uma vez por ano, a caminho da aldeia da minha mãe.
Já passei ao lado do coreto, então! Mas não tenho a certeza se já o vi...creio que sim...não o identifiquei.

Obrigada por me ter esclarecido!

Um beijinho:)