.

quarta-feira, 1 de março de 2017

UMA JANELA COM VARANDA

© João Menéres


PARA OS APRECIADORES
DE JANELAS.

40 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Para mim? Obrigada. É bem bonita.
Um abraço e um Março sereno e feliz

Eduardo P.L. disse...

É preciso que se diga que há porta na varanda.

Presépio no Canal disse...


Gostei imenso do varandim em ferro forjado. Muito bonito!
Beijinho e abraço apertado, João!

Jorge Pinheiro disse...

Bem lançada, quase gótica.

GL disse...

Que bonita! E o trabalhado do ferro forjado? Um mimo, uma maravilha que cria em nós uma imensa nostalgia. Onde é que se encontra, na arquitectura moderna, estes pedacinhos de sonho? Onde está a sensibilidade que guiava a mão destes Homens?

Muito obrigada por este miminho. Talvez te tivesses lembrado desta fã, incondicional, de janelas e portas.:)

Beijinho, Amigo.

Giga disse...

Eu gosto do formato das janelas, cortinas e grade varanda. Saudações.

jose jaime disse...

Linda. Adoro janelas. Abraços.

Os olhares da Gracinha! disse...

Eu ... aprecio e este registo em tons de azul ficou lindo!
bj

L.Reis disse...

Esta apreciadora de janelas agradece a generosa oferta...até já me vejo por detrás dela a beber um cafezinho :):)

Gosto deste olhar ogival sobre quem passa, adornado por dois brincos de tule (deve ser tule...digo eu :):))
Os azulejos conseguem, ainda, realçar as formas desta bonita janela.
(Estive aqui a fazer experiências com um crop à esquerda, mas não me consegui decidir, por tirar alguma amplitude à imagem. Fico-me pela decisão do mestre:):))

Rasuras do Aparo disse...

... isto de janelas encantadoras e ainda por cima com varanda é que as torna extremamente sedutoras ... porque a questão existencial da varanda leva-me sempre a pensar ... devo conseguir revê-la nem que seja na altura de vir regar as plantas ... ( bela janela e varanda com a sua saia de ferro forjado )

bea disse...

Digo que é uma beleza sóbria, elegante de todo o o tempo.

João Menéres disse...

ELVIRA CARVALHO

Para ti e para quem gostar...

Um beijo amigo.

João Menéres disse...

EDUARDO

Mostro um bocadinho da porta para o Eduardo poder cronicar...

João Menéres disse...

SANDRA

É como dizes : Muito bonito.

Um beijo grato e amigo.

João Menéres disse...

JORGE

De um equilíbrio notável.

João Menéres disse...

GL

Lembrei-me de ti e de ouras amigas que ainda não deram sinal de si.

Os arquitectos de agora nem sabem desenhar...É tudo feito no computador e este não tem alma !


Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

GIGA

A varanda é extensa mas pouco larga.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

JOSE JAIME

Um dia destes teremos outra !

Um abraço grato.

João Menéres disse...

GRACINHA

Será azul ?
Ora revê, por favor.

Um beijo grato.

João Menéres disse...

L. REIS

Neste 2º andar, talvez por ser bastante elevado, não servem café como tu !
Bem tentam cativar a freguesia mostrando todas essas belezas...

O que era oreciso era endireitar as verticais à esquerda, nas falta-me a ferramenta...e o saber.
( Ou foi culpa de um DUAS QUINTAS ? )

Um beijo com as minhas desculpas.

João Menéres disse...

RASURAS

Virá ?
Não sei não...
Mas há uns bancos na praça fronteiriça e logo à porta um café que vende jornais e revistas.
Quem sabe ?

João Menéres disse...

BEA

Quando as belezas são genuínas, são eternas.

Um beijo amigo.

Pedro Coimbra disse...

Faz-me recordar a casa de um amigo dos tempos de juventude logo à entrada da Figueira.
Que lá dentro era quase um museu.
Aquele abraço

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Excelente detalhe!
Abraço

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Pois, estas casas com dependências enormes e pés direitos altíssimos permitem tudo conservar, tudo coleccionar.

Agora, mal nos podemos mover...

Abraço amigo.

João Menéres disse...

RUI PIRES

Pelo menos tentei mostrar...

Um abraço grato.

Ana Freire disse...

Uma janela repleta de pormenores interessantes... e dá-me ideia de que até tem uma mangueira luminosa aplicada como decoração... a avaliar pelos fios que contornam as cantarias das janelas...
Um belo achado, João! Janelas, também é um tema que aprecio imenso!
Beijinhos!
Ana

Maria Manuela disse...

Lindíssima !!!
Uma beleza intemporal e cativante... em todos os seus detalhes !
Aquele rectângulo de azulejos que a acompanha dá-lhe uma graça infinita e grande equilíbrio de proporções.
E faz sobressair como se fossem olhos... os centros das circunferências enleadas do belo varandim.
Feliz e humanizado este conjunto a que o bocadinho de porta iluminou à sua maneira.
Gostei imenso desta graciosa fotografia !
Beijinhos.:)

Agostinho disse...

Para os apreciadores? Uma janela magnífica... Vale bem a apreciação, tal como a fotografia. Mas não podemos restringir-nos à própria janela. Também a envolvente, o cenário armado para o espetáculo merecem referência.
Abraço.

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Nesta praça, as instalações eléctricas nunca se retiram.
Ponte de Lima está constantemente em festa !
Consulta a net...


Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Muito obrigado.
E todos os mais pequenos pormenores que apontaste estão virados para o Rio Lima !
Por isso, tão sorridentes são.
O bom gosto e o cuidado moram por aqui.
Mas, Ponte de Lima é uma vila toda ela muito cuidada e que bem merece uma visita demorada.

Um beijo muito amigo.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

Tem toda a razão !
E há bons restaurantes...
Cada visita, cada restaurante !

Um abraço grato.

DiDa disse...

Tenho uma janela. Tenho uma varanda.
Igual a esta?
Não.
Mas também gosto da minha, especialmente quando está sol. :-)
É um belo exemplar que deve ser preservado.

João Menéres disse...

DIDA

Então mostra para nós, por favor !
E activa o teu blog, sim ?

Um beijo.

Remus disse...

Será que é uma janela com varanda, ou será uma varanda com janela?
O que é nasceu primeiro, a janela ou a varanda?
:-)

Quem lá vive, gosta de ter tudo bem cuidado e arranjado. Gostei de ver o pormenor do "nó" nos cortinados. Essa era uma moda que via muitas vezes nas casas quando era miúdo. E sempre achei graça. Ficava a pensar que as "donas" andavam a comprar e gastar dinheiros em cortinados, para depois os prender desta forma.
:-D

João Menéres disse...

REMUS

No projecto, quem nasceu primeiro foram as janela.
Na obra, já não sei responder.
Depende do empreiteiro e da sua metodologia.

Se houver muita luz, a dona desfaz cada nó.
E à noite também para o tecido esticar.

myra disse...

linda, linda, lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

João Menéres disse...

MYRA

É mesmo uma beleza, Myra !

Beijos amigos.

Luísa disse...

Floreira à janela!

João Menéres disse...

LUÍSA

Melhor dizendo, à varanda...