.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

5 CABINES TELEFÓNICAS

© João Menéres

42 comentários:

Kaipiroska disse...

Adoro estas antigas cabines telefónicas, típicas de Inglaterra, que vão aparecendo um pouco por todo o mundo, pelo seu formato tão caraterístico e único. Em Ponta Delgada, temos uma destas, mas que não é usada como cabine telefónica, mas sim como uma biblioteca self-service.

Jorge Pinheiro disse...

Esta já tem uns anos.

Agostinho disse...

Agora são relíquias dignas de figurarem nos museus.
Boa fotografia.
Abraço.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo olhar gostei da perspectiva.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

Isabel disse...

Que gira! Nunca tinha visto assim tantas pegadinhas!

Um beijinho e que tenha um bom dia:)

Maria Manuela disse...

Lindas !
E muito interessante a fotografia !
E bem documentada...
Beijinhos e continuação de um um bom lindo dia...

Os olhares da Gracinha! disse...

Obrigado pela visita!
Escaroupim ... fica a 7 Km (?) de Salvaterra de Magos!
Há informação de indicação da estrada que o conduz a um belíssimo recanto!

Gosto destas cabines telefónicas ... mas há muito que não via este conjunto!
Espera-se que estejam funcionáveis!

Remus disse...

Excelente sentido gráfico.
É uma fotografia que enche-me as medidas. É um grafismo (considero que seja um grafismo) muito bem conseguido.
O pormenor de ter apanhado o homem a sair, é a cereja em cima do bolo.

© Piedade Araújo Sol disse...

João

autênticas relíquias

esta foto está perfeita.

boa semana.

beijinhos

:)

João Menéres disse...

CARIN

Uma excelente ideia para deixar livros ao abrigo do tempo !
E as pessoas levam e deixam outro ?

Agora as cabines telefónicas servem a poucos.

Um beijo.

João Menéres disse...

JORGE

É muito recente...é de Agosto de 1977.

João Menéres disse...

AGOSTINHO

A KAIPIROSKA informa que em Ponta Delgada há uma cabine telefónica agora a funcionar como biblioteca self-service.
Há tempos, os vândalos até arrancavam as listas telefónicas !...

Obrigado pela apreciação.

João Menéres disse...

ANDARILHAR

Muito obrigado pelo amável comentário.

João Menéres disse...

ISABEL

Estavam guardadas no baú...

( Confirma aqui aquela regra ).

Um beijo.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Mais um reencontro !
( Há 39 anos guardada...).

Um beijo agradecido.

João Menéres disse...

GRACINHA

Quem precisa actualmente de cabines telefónicas ?
Qualquer bicho careta tem um portátil e quantos não são sofisticados...

MUITO OBRIGADO PELA INFORMAÇÃO !

Um beijo.

João Menéres disse...

REMUS

Fico muito contente pela sua apreciação !
E a cereja é um elemento que dá vida, sem dúvida.

João Menéres disse...

PIEDADE

Que bom ver-te por aqui !

E agradeço o amável comentário.

Um beijo.

GL disse...

Olha que coisa mais lindinha!
Não conhecia, ou melhor, conhecia mas não em modo de "fila indiana".:)

Um "boneco" muito bonito com a "marca" inconfundível do Amigo João Menéres.:)

Continuação de boa semana.

Beijinho.

João Menéres disse...

GL

Muito obrigado por me prestares atenção e ainda por cima por dizeres que tem a chancela cá da casa !

Um beijo amigo.

Pedro Coimbra disse...

Uma espécie em vias de extinção.
Mas que pode ser de grande beleza.
Aquele abraço

Eduardo P.L. disse...

Do tempo da carruagem...srsrs

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bela foto e logo em jeito de encher uma mão... e já agora qual o local?
No passado domingo dei uma saltada ao Porto e nos Aliados está uma bastante mal tratada...

Abraço

João Menéres disse...

PEDRO COIMBRA

Ainda é tempo de salvaguardar algumas...

Um abraço.

João Menéres disse...

EDUARDO

Tudo que hoje existe, amanhã é passado.
O tempo passa a uma velocidade supersónica.

João Menéres disse...

RUI PIRES

Londres.

Há decadências, é um facto.
Mas há muito a mexer no bom sentido.

Um abraço.

Fatyly disse...

Uma foto magnífica embora estas e outras cabines telefónicas sejas agora "peças de adornos em alguns lugares". Pena é que muitas sejam vandalizadas.

Gostei imenso de recordar algo que está completamente ultrapassado o que é pena, porque muita gente não tem os meios tecnológicos para comunicar e em muita parte têm de recorrer aos CTT por exemplo:)

Beijos e um bom dia

Tété disse...

Olá João!
Uma fotografia que nos deixa saudosos do antigamente. Mas se não fosse o agora também não haveria evolução, era excusado é ser à velocidade do som.
Um beijinho
PS: Já leu o meu mail de 8 de Dezº sobre o seu livro?

Manu disse...

Autênticas relíquias, hoje já pouco se vêem. A última que vi foi em Leiria.
A foto ficou fantástica.

Beijos João

João Menéres disse...

FATYLY

O plananço do grifo são assim mesmo: ao sabor do vento.

Eu vejo toda a gente com telemóveis.
E não me refiro às cidades.

Um beijo com guarda-chuva para amanhã.

João Menéres disse...

TÉTÉ

Qualquer memória é uma realidade da história.

Dia 8 ?
- Li com certeza.
Não agradeci, nem disse nada ?

Vou à procura dele, Tété !

Um beijo amigo e à cautela ficam já as minhas desculpas.

João Menéres disse...

MANU

E queres saber que eu não estou certo se há ainda alguma à vista nos meus vôos ?

Obrigado pelo teu simpático e amigo comentário.

Um beijo.

Ana Freire disse...

Que saudades dos tempos, em que por cá se viam bem idênticas!...
Ainda se continuam a ver imensas em Londres! Mais em vermelho, creio eu!...
Como sempre, um enquadramento criteriosamente escolhido!...
Uma imagem que me transmitiu uma nostalgia boa desta época...
Beijinhos! Continuação de uma boa semana, João!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Aquele saíu de uma cabine e eu amanhã tenho que ir aos CTT despachar uma coisa !

Perfeito o teu comentário ( como sempre ! )

Um beijo e as melhoras para a tua distensão (se por acaso ainda tiveres sinal disso ).

Kaipiroska disse...

Sim, João, a ideia é mesmo essa. A partilha de livros gratuita, em que cada pessoa leva e traz o que quiser e apenas toma nota num caderno que lá está.

João Menéres disse...

CARIN

E tem funcionado bem ?

Ana Simões disse...

O Sr. a sair da cabine foi oportuno e deu um excelente registo. O clile na hora certa.

Boa noite.

João Menéres disse...

ANA SIMÕES

Conforme entrou, havia de sair.
Deu tempo para pensar.

Um beijo e muito obrigado.

Luísa disse...

Comunicações ultrapassadas...
Conversas findas...
Encapsulamento dos diálogos. ..

Tudo passa...tãoooooooo rápido!

João Menéres disse...

LUÍSA

Só as verdadeiras amizades resistem às tecnologias.

Um beijo amigo.

Rasuras do Aparo disse...

... lembrança de quando estas eram um autêntico mealheiro ... levavam-me as moedas todas ... mas ela era assim ... toldava-me o raciocínio ...

João Menéres disse...

RASURAS

Bons tempos !...

Um abraço amigo.