.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

PORTA

© João Menéres


COMO HÁ MUITOS APRECIADORES
DE PORTAS, APRESENTAMOS ESTA
QUE TEM UM BELO TRABALHO
EM FERRO FORJADO.

21 comentários:

Fatyly disse...

Eu gosto muito e eis outra muito bonita. A tua fotografia é excelente.

Beijos

João Menéres disse...

FATYLY

Muito te agradeço o simpático comentário.

Tem um bom dia.

Um beijo amigo.

Eduardo P.L. disse...

Porta e janelas são apreciadas por fotógrafos, pintores e escritores. Aqui no Brasil o Caio F. em seus livros abusa das janelas.

Kaipiroska disse...

Apesar de não terem a mesma segurança que uma porta mais atual, adoro estas portas antigas, principalmente este tipo com o ferro e que abre em duas partes. Têm um certo encanto...

João Menéres disse...

EDUARDO

Por cá, também as portas e as janelas são motivo para muitos pintores e alguns trabalham muito bem o tema.
Penso que portas e janelas são preferidos por poetas.
Escritores a usarem esse tema, não me estou a lembrar de nenhum português.
Falha minha, certamente.

Remus disse...

Ao ver esta fotografia, fico com uma dúvida: Porquê este enquadramento assimétrico? Neste caso em particular, como a fotografia foi tirada mesmo de frente, ela não ficaria a ganhar se o enquadramento fosse o mais simétrico possível?
Na fotografia anterior, devido à diagonal, o uso da simetria não fazia sentido. Mas neste caso, penso que já faria...

Mas sei que alguma justificação o João terá. Afinal de contas, o único mestre que existe é o João. O resto do pessoal é tudo meros aprendizes.

João Menéres disse...

CARIN

Claro que as portas blindadas oferecem mais segurança, mas podem ser também bonitas, embora num estilo mais contemporâneo.
Temos que estar atentos à insegurança...

Um beijo e muito obrigado.

João Menéres disse...

REMUS

Uma vez que a luminosidade não era homogénea ( tanto na bandeira, como na na 1ª folha da porta ), optei por esta perspectiva.
E não acho que tenha feito mal...
E deixe-se dessas coisas de "mestre", pois estou cada vez a saber menos.

Grande e amigo abraço agradecido.

© Piedade Araújo Sol disse...

a foto está bem e a porta é muito sugestiva no seu trabalho...
beijinho
:)

João Menéres disse...

PIEDADE

Muito grato pelo teu simpático comentário e visita que me deixa bem contente.

Um beijo amigo.

Luísa disse...

É na dureza da renda que a porta se fecha segura. Renda trabalhada a ferro e fogo, com destaque no topo e no nível que os olhos alcançam...
Casamento feliz, este da madeira e do ferro.
Beijinhos pelo teu olhar à entrada!

João Menéres disse...

LUÍSA

Acho que ainda vês melhor e mais do que eu.
Consegues ver e descrever na perfeição.

Um beijo e os desejos de uma BOA NOITE.

Ana Freire disse...

E no entanto a simetria de ambos os lados da porta... está perfeita...
Gosto imenso das tonalidades serenas da foto, e dos seus desenhos harmoniosos, apontando para um certo revivalismo do passado...
E gosto imenso da transição da mudança de iluminação, ao longo da porta...
Eu sou uma fã de portas e janelas...
Beijinhos, João! Desejando-lhe já um bom fim de semana, com alguma antecedência, pois terei um fim de semana, bastante ocupado, e estou a contar que a Net termine aqui na Ericeira, por estes dias!... Na próxima semana, já estou de volta ao meu poiso habitual...
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

É uma alegria imensa sempre que tu comentas !
Até parece que estás por dentro de mim...

Eu também vou andar muito contra o tempo até ao fim da 1ª quinzena de Novembro, mas arranjo sempre um tempinho para este enorme prazer de agradecer quem comenta e me transmite alento.

Um beijo grande deste teu amigo grato.

tulipa disse...


Adoro captar portas, mais que janelas

Faço os dois géneros de fotos, mas há portas fabulosas.

Portas antigas, são uma perdição:
Têm um certo encanto...

Linda a tua porta, João.

Obrigado pela partilha.

João Menéres disse...

ESTER

Grato pelo teu comentário a esta "minha" porta".
Portas e janelas antigas têm uma história para contar.
Será que as modernas também virão a ter algo para contar um dia ?

Bom sábado e um beijo amigo.

Maria Manuela disse...

Sim, João, um trabalho artesanal belíssimo de tempos idos...

Gosto particularmente da bandeira.
A leveza e o requinte daquelas linhas ondulantes que partem do ponto central como flores espiraladas... e o diálogo com as dos postigos e a cantaria branca;
o marron da madeira (com seus almofadados a vários níveis) à mistura com bordeaux, (parece), impregnado do timbre claro da parede, à direita, bem contrastante mas luminoso e harmonioso... conferem mais que harmonia, melodia que dá som a esta porta...

E há a soleira tão gasta ! Gerações terão passado por ela...
Gostei muito da fotografia !

Isabel disse...

Lindíssima porta! Não me importava nada de morar numa casa assim!

Beijinhos:)

Rasuras do Aparo disse...

... olho para ela e toda ela é sedução ... poderia dizer mesmo que usou grinalda e brincos como se fosse dia de festa ... com uma delicadeza que só o relevo em si talhado me faz sonhar em adormecer em ma das suas almofadas ...

João Menéres disse...

ISABEL

Pelo menos o ascensor nunca avariava !


Um beijo amigo.

João Menéres disse...

RASURAS

E como uma porta tanto dá para dizer...
Sobretudo se houver uma almofada que aconchegue...

E mais não digo...