.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

CANTO TRISTE


© João Menéres



ERA MADRUGADA ONTEM.
AS TUAS PALAVRAS
DEIXARAM-ME SEM OUTRAS
PARA TE RECONFORTAR.
NEM DEVES TER OUVIDO,
PALAVRAS MINHAS
CADA VEZ MAIS BAIXAS...
EU ESCUTEI 
 AS MINHAS LÁGRIMAS
QUE ME SECARAM A GARGANTA.
E FIQUEI COM O TEU
BEIJO ABRAÇADO
SÓ PARA NÓS.

*****
( INFORMO QUE JÁ FIZ OS AGRADECIMENTOS
À MINHA POSTAGEM DE 12 DE JULHO. )


31 comentários:

ana disse...

Muito bonito.
Desejo fique bem.
Beijinho.

bea disse...

É muito bonito o que escreveu.

João Menéres disse...

ANA

Muito obrigado.

João Menéres disse...

BEA

O meu email está no blogue.
Podes mandar-me o teu ?

Um beijo grato.

Presépio no Canal disse...

João,

Um beijinho e abraço apertado.

João Menéres disse...

SANDRA

Muito obrigado pela visita e palavras.

Um beijo.

Jorge Pinheiro disse...

UMA SETEIRA TEMPLÁRIA.

Maria Manuela disse...

Canto triste... de uma nota só... deslizando nada furtiva por ela, a cruz...
Lindas coisas escreve, João !
Beijinho.

Isabel disse...

Uma postagem muito interessante e tendo em conta que o poema não tem autor, suponho que seja do João. Achei muito bonito!

Um beijinho e uma boa semana!:)

Majo Dutra disse...

~~~
Gostei muito do teu belo poema, João.
Foi uma enorme surpresa! Achas que eu seria capaz?
A hora e a ilustração sugerem uma partida, tristezas
que não podemos evitar...

Dias agradáveis e ternos.
Beijinhos.
~~~~~

João Menéres disse...

JORGE

Foi feita no Centro , mas não me lembro onde exactamente.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Quando os sentimentos afloram.

Um beijo muito grato.

João Menéres disse...

ISABEL

Bem preferia não o ter escrito, minha AMIGA...


Um beijo.

João Menéres disse...

MAJO

Já não sei a razão da tua pergunta...( Achas que eu seria capaz? ).

É como dizes, uma partida...

Beijo amigo e agradecido.

bea disse...

Não encontrei o seu mail. Pode ser mesmo da minha pessoa. Ou não estará visível.

Uma curiosidade, visita mesmo esses blogues todos?! São muitérrimos:)

Rasuras do Aparo disse...

... por várias vezes a não vida deixa-nos sem palavras ... difícil é ser consolo em altura de despedidas e abandonos não anunciados ...

João Menéres disse...

BEA

Se fosses ver o meu PERFIL, encontravas...
Mas é :
jm@joaomeneres.com

Claro que não, até porque alguns estão muito ausentes e alguns há anos !
Mas tenho outros que não aparecem nos que SIGO mas que estão aqui no monitor à minha vista e que diariamente visito e comento.

Satisfeita a curiosidade ?

Um beijo amigo e grato.

João Menéres disse...

RASURAS

Ontem tentei informar, mas no portátil não tinha o seu endereço.

Um abraço, meu caro amigo.

Luísa disse...

Quantas palavras intensamente escritas!
Soltas no papel a alma! A calma!
Toda a sabedoria de vida escrita em ti!
Imensamente grata por te poder LER, VER...grifo planante!
Mil beijinhos

João Menéres disse...

LUÍSA

Obrigado pelo comentário, querida amiga.

Um beijo.

Remus disse...

Acho que não é preciso dizer mais nada, porque sei bem ao que se refere.
Mas aproveito para fazer minhas, as suas palavras.

João Menéres disse...

REMUS

Imensamente grato.

João Menéres disse...

JORGE ( II )

Foi em Ferreira do Alentejo.

L.Reis disse...

Estas coisas não se agradecem e todas as palavras que conheço não fazem aqui qualquer sentido. Por isso, deixo apenas um beijo, à laia de gesto inacabado, para te lembrar a minha gratidão, por esta forma de estares meu lado.

João Menéres disse...

L. REIS

Bem sabes que estou SEMPRE !

Um beijo.

Ana Freire disse...

Palavras sentidas, em tom de conforto, desabafo e homenagem... que não poderiam ter melhor representatividade na imagem... que fala por si...
E pela sua beleza, simplicidade, despojamento... e simbólico significado... mais uma das minhas favoritas, por aqui...
Beijinhos, João!
E porque o tempo falta... já virei logo mais, ver os restantes posts, que ainda não tive oportunidade de comentar!...
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Sabes que és uma querida ?
Sabes VER e LER !
E depois...sabes ESCREVER !

Muito obrigado e um beijo amigo.

Li Ferreira Nhan disse...

Há madrugadas que o canto é triste
e as lágrimas solitárias.

Lindo o teu escrito
e a imagem também.
Beijo querido.

Maria Gloria D'Amico disse...

Muito bonito e tocante, João!

João Menéres disse...

LI

Desculpa mas só AGORA vi que havia dois comentários mais.

Preferia não o ter escrito, sabes querida Li...mas não podia calar a minha solidariedade com uma GRANDE AMIGA.

Um beijo e obrigado.

João Menéres disse...

MARIA GLORIA

O que respondi à LI NHAN, posso e devo escrever para ti.
Por favor, lê acima.

Um beijo e desculpa o atraso.