.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

WINDSURF


© João Menéres

NA ALBUFEIRA DA VENDA NOVA.

23 comentários:

Fatyly disse...

Um desporto que gosto de ver...e a foto para mim tem apenas um se não e irás desculpar-me pf: azul a mais:))))

Beijocas e um bom dia

Maria Manuela disse...

Que maravilha de foto, João !

Sente-se o vento sobre esse azul pontilhado de prata...

Entende-se que seja um desporto apaixonante !

Beijinho grande e um bom dia.:))

Presépio no Canal disse...

Devia estar um dia de sol espectacular! Pelo brilho da água...que maravilha!
Também gosto de ver todo aquele equilíbrio em cima das ondas.
Beijo amigo! :-)

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Excelente trabalho e bela fotografia.
Um abraço e bom fim de semana.
http://andarilharar.blogspot.pt/

Remus disse...

Se eu continuar a ter o juízo que tenho, acho que nunca ninguém me vai apanhar em cima de uma coisa destas. Só se a prancha estiver pousada na praia em cima da areia...
:-D

O nível de detalhe/definição da prancha e da vela não é o ideal. Mas o azulão do mar, resplandecente de reflexos, mata esse pequeno defeito.
Além que o contraste das cores, fez uma perfeita harmonia.

João Menéres disse...

FATYLY

Notas alguma diferença ?

Agradeço sempre as observações que fazem.
Quando constato que são pertinentes, não sou casmurro !

Um beijo grato.

João Menéres disse...

MARIA MANUELA

Ai a Vela...
Comecei aos 10 anos...e só parei de velejar quando fiz o 1º enfarte há vinte e tantos anos !
Já lá vão tantos anos...
Uma vida dedicada a esta bela modalidade desportiva.
Depois, transferi-me para dirigente....

Agora, BLOGS !
A Fotografia é e será para os intervalos.

Muito obrigado, minha boa amiga.

Um beijo.

João Menéres disse...

SANDRA

E logo na Holanda que tão bons velejadores tem !
Conheci vários da Classe Vaurien.

Um beijo grato.

João Menéres disse...

FRANCISCO OLIVEIRA

Se a memória me não atraiçoa, esta é a primeira vez que deixa aqui a sua impressão.
Agradeço e espero ter o prazer de o ver por cá mais vezes.

Um abraço ( e já visitei dois dos seus blogues que achei deveras interessantes ).

João Menéres disse...

REMUS

Como me constou que tudo quanto a si diz respeito é segredo de estado ( cuidado com as vendas ilícitas para a Rússia ), não posso avaliar acerca do seu estado mental tendo em linha de conta a idade biológica.
Tem tiradas com imenso humor ( e isso é espantosamente salutar ! ), o que me leva a pressupor que o tino ( não o de Rans ! ) está bem de saúde.
Em Ostende, vi pela primeira vez, uma forma de velejar na areia.
Vá até lá e...força !

Não é para o contrariar, mas reparou que a vela não está enfunada ?
- Isso traduz, face ao vento que se adivinha, que a vela está a bater.
Aliás, pouco depois,ele virou, isto é, foi ao charco...
A posição da vela é absolutamente incomum : a rasteira devia estar numa posição mais paralela à prancha e o mastro na vertical !
Ou seja, o inverso !
Eu comecei nos Lusitos, depois nos Vougas, nos Snipes, no Sharpie 9m2, no Sharpie 12m2 e passei nos Stars.
Mas a "minha" Classe é o Snipe !

Grato pela sua opinião quanto à imagem.

Um abraço.

João Menéres disse...

REMUS ( II )

Esqueci-me de mencionar a Classe Finn, onde também velejei...

Ana Freire disse...

O que eu sei dizer, é que esta imagem está uma maravilha de se apreciar!...
E independentemente da posição das velas... a combinação de cores, tem um efeito quase hipnótico...
Uma daquelas imagens para apreciar... e continuar a apreciar!...
E agora... vou espreitar as últimas novidades, destes dias, que por aqui andei perdendo, entretanto!...
Beijinhos! Bom fim de semana! Esperando que já esteja totalmente restabelecido, João!
Ana

João Menéres disse...

ANA FREIRE

Totalmente recuperado ?
- Isso é que era bom...
Ainda vou ter para mais uns dias e o enfermeiro vem cá todos os dias !
Mas estou melhor, sem dúvida, muito obrigado.


Um beijo muito amigo.

Tété disse...

Gosto da foto, parece que estamos mesmo lá, e como não percebo de técnicas fotográficas só sei dizer se gosto ou não gosto e desta gosto e muito.
Sobretudo o mar, a sua imensidão e aquele brilho inconfundível.
Vamos ao que interessa mais, já percebi que vai melhorando mas mais devagarinho do que a vinda desse contratempo.
Já pode andar, ainda lhe dá dores ou só desconforto?
As melhoras o mais rapidinho possível e um abraço apertado.

Rute disse...

JOÃO, parece uma belíssima tela. Não entendo nada deste desporto por isso nem perceberia que a vela não estava no sitio certo...Ah o azul do mar!!!...

1 beijinho e um excelente fim-de-semana

João Menéres disse...

TÉTÉ

O mar é o Rio Cávado, ou não se tratasse de uma albufeira.
Fico satisfeito com o teu comentário.
Ou se gosta ou não...

Já vou andando por casa.
Às vezes com custo, diga-se.
Mas estou melhor, muito obrigado.
Recuperação total : Não sei quando acontecerá...

Um beijo Amigo e muito agradecido.

João Menéres disse...

RUTE

Muito obrigado pelo teu comentário.

Também faço votos de um óptimo fim de semana.

Um beijo amigo.

Isabel disse...

Que belo mar! E que saudades de o ver...
Obrigada por este pedacinho.

Um beijinho e um bom fim-de-semana:)

João Menéres disse...

ISABEL

Como não é mar, pois trata-se de uma albufeira, não estás assim tão longe...

Igualmente para ti, minha boa amiga.

Maria Gloria D'Amico disse...

É belo ver o mar com algo, em algum canto, a chamar atenção. Ainda mais, colorido assim.
Excelente João.

João Menéres disse...

MARIA GLORIA

Os Açores tem duas jóias : O mar e cada ilha.

Um beijo e bom Domingo.

Rasuras do Aparo disse...

e eis que ele chegou hoje mais brilhante do nunca ... agitado como daquela primeira vez ( sentido quase borboletas no estômago ) na ânsia de a ver passar num eterno vislumbre de felicidade tentando vislumbrar um rosa na coloração da sua amada vela ... ( que foto .. agradecido pela postagem )

João Menéres disse...

RASURAS

Nem por aquela janela circular, meu caro...

Obrigado por comentário que tanto diz.

Ainda outro abraço +